Quer trocar o presente de Natal? Confira os direitos do consumidor

Como faltam pouquíssimos dias para o Natal é muito importante que você conheça seus direitos frente a troca daquele presente que você não gostou ou não serviu.

O Natal é celebrado tradicionalmente no dia 25 de dezembro. Nesta data, muitas famílias se reúnem e fazem a troca dos presentes. No entanto, existem algumas situações em que o presente de Natal não serve ou vem com algum defeito que necessita da troca.

A troca de um produto é obrigatória somente em algumas situações que logo mais serão apresentadas. Isso porque a depender da condição do presente, isto é, se ele não apresentar nenhum problema ou se o consumidor já tinha conhecimento do defeito no ato da compra, a troca vai depender da política da loja onde o produto foi comprado.

O Código de Defesa do Consumidor (CDC) esclarece que a troca deve respeitar o valor integralmente pago pelo produto, mesmo que ocorra liquidações posteriores à compra ou aumento de preço. Além disso, nos casos de troca pelo mesmo produto, o estabelecimento comercial não pode exigir complemento de valor.

Desse modo, é fundamental que o consumidor guarde a nota fiscal da compra, pois ela é o instrumento necessário para uma eventual troca. No caso de roupas e sapatos, por exemplo, a etiqueta deve ser mantida na peça para que a troca seja efetuada.

Veja a seguir alguns dos seus direitos como consumidor que garantem a troca do seu presente de Natal.

Em quais situações é possível efetuar a troca do presente de Natal?

Quando o produto tiver vício ou defeito

Quando o produto apresentar um vício ou defeito o consumidor possui o direito de realizar a troca do mesmo, desde que a pessoa que comprou o presente não tenha conhecimento do problema e nem tenha sido avisada no momento da compra.

Se o defeito for aparente, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC) o consumidor tem o prazo de 30 dias para solicitar a troca, caso o presente seja um bem não durável, como alimentos por exemplo.

No entanto, se o presente for um bem durável, como produtos eletrônicos ou eletrodomésticos, por exemplo, o prazo para solicitar a troca será de 90 dias.

Arrependimento em compras online

Com a tecnologia oferecida nos dias de hoje, muitas pessoas realizam suas compras de forma online. Dessa forma, caso o presente de Natal tenha sido comprado pela internet, o consumidor tem, segundo a legislação, o direito de arrependimento da compra no prazo de 7 dias, a contar da data que você recebeu o produto.

 Além disso, também existe a possibilidade da compra chegar quebrada ou não corresponder ao que estava na foto do produto no site, nesse caso, a devolução também pode ser feita e o dinheiro pago deve ser integralmente restituído, inclusive os valores referentes ao frete.

Por fim, caso o consumidor não consiga ter seu problema solucionado, isto é, trocar o seu presente, basta procurar o Procon da sua cidade para tomar as medidas cabíveis. Além disso, o consumidor também pode registrar uma contestação dentro da plataforma online de reclamações do governo federal.

Leia também

você pode gostar também

Por que os palitos de pirulito têm um pequeno furinho na ponta?

Sempre fez questão de aprimorar os seus conhecimentos e tem a curiosidade aguçada, concurseiro? Então, descubra para que serve o furinho na ponta dos palitos de pirulito.

Entenda de onde surgiu o “sentido horário” dos relógios

Você já se perguntou por que o relógio gira em sentido horário? Este é um padrão que vem de relógios de sol antigos. Leia e entenda a seguir.

Afinal, qual é a verdadeira diferença entre poema e poesia? Entenda aqui

Apesar de parecerem idênticos, o poema e a poesia possuem algumas diferenças vitais, e que são de conhecimento essencial no mundo literário.

Grampeador tem função “secreta” que muitas pessoas ainda não conhecem

Embora todos nós usemos um grampeador de vez em quando, você provavelmente não conhece este tipo de uso secreto para ele.

15 nomes antigos que voltaram a ser populares no Brasil

Alguns dos nomes retrôs são muito populares hoje em dia no Brasil, sejam femininos ou masculinos. Confira alguns deles abaixo.

Como começar a empreender? Veja 7 dicas para ter um negócio de sucesso

Está querendo começar a empreender em 2023 e pretende alcançar o êxito profissional? Fique por dentro de sete dicas para ter um negócio de sucesso.