O que é Taxa Referencial (TR) e qual sua relação com FGTS e poupança?

Descubra o que é a Taxa Referencial (TR) e quais os principais investimentos que são influenciados pelas suas variações.

Se você tem dinheiro guardado na poupança ou possui saldo em suas contas do FGTS, esse artigo é do seu interesse, já que existem diversas taxas que incidem sobre os investimentos em geral, e uma delas é a Taxa Referencial (TR). Por isso, vamos te mostrar do que se trata e qual é a relação da TR com o FGTS e a poupança. Confere aí.

Leia também

O que é a Taxa Referencial?

Criada pelo Governo Federal nos anos 1990, a Taxa Referencial é uma das variáveis que definem a rentabilidade do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e da caderneta de poupança. Essa taxa também é usada para calcular a rentabilidade de investimentos, como títulos de capitalização e fundos imobiliários.

A Taxa Referencial é um importante indexador do Banco Central e já teve um papel relevante no controle da inflação através das taxas de juros da economia, que atualmente é função da Taxa Selic.

Como a Taxa Referencial é calculada?

A TR é calculada diariamente, sendo um pouco mais baixa do que a Taxa Básica Financeira (TBF). O cálculo desta é feito de acordo com as taxas médias que são praticadas pelos investidores durante as negociações dos títulos públicos prefixados, chamados de Letras do Tesouro Nacional (LTN).

A partir do ano de 2018, a referência de cálculo da TR passou a ser a taxa média dos certificados de depósitos bancários (CDBs) e dos recibos de depósitos bancários (RDBs) já prefixados e que foram emitidos nos 30 dias anteriores. A Taxa Referencial pode ser calculada no site do Banco Central.

Qual é o impacto da TR sobre a caderneta de poupança?

A famosa caderneta de poupança, desde 2012, oferece dois tipos de rendimentos, em que a Taxa Referencial é usada como base juntamente com a Taxa Selic. Ou seja, a rentabilidade da poupança varia sempre com base na taxa de juros da nossa economia.

Por exemplo, quando a Taxa Selic estiver acima de 8,5% ao ano, os rendimentos da poupança pagam a variação da TR mais o acréscimo de 0,5% ao mês. Mas caso a Selic esteja abaixo de 8,5% ao ano, o valor do rendimento de uma conta poupança ficará em torno de 70% da Taxa Selic mais a variação da TR.

É conveniente salientar que essa variação da Taxa Referencial pode oscilar bastante ao longo de vários meses. O índice médio de variação é de quase 1% ao ano.

E no FGTS?

Quem trabalha com carteira assinada (CLT) tem direito ao recebimento do valor total do FGTS, se for demitido sem justa causa, dentre outros motivos. Essa reserva financeira dos trabalhadores, que é formada a partir de depósitos mensais de 8% do valor do salário bruto do colaborador, sofre reajuste mensal todo dia 10 de cada mês.

Quando se faz esse ajuste do FGTS de acordo com cada mês, o cálculo desse direito trabalhista é baseado em uma soma de 3% do valor total de taxa de juros anual mais a TR.

Financiamentos imobiliários

Se você pretende fazer o financiamento do seu imóvel, as instituições financeiras se baseiam na Taxa Referencial para que seja feita a atualização do valor total do financiamento. Dessa forma, o valor que deverá ser pago é a soma entre a TR e o valor dos juros fixados.

Vale frisar que nem todos os contratos de financiamentos imobiliários se baseiam nesse cálculo para estipular o valor do montante a ser pago. Muitos bancos usam os índices inflacionários, como o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Títulos de capitalização

Já os títulos de capitalização, que são oferecidos por diversas instituições financeiras, possuem rendimento de acordo com a TR correspondente ao tempo em que o dinheiro ficou aplicado e sem resgates nesse período.

Mesmo que não seja considerado um investimento, os títulos de capitalização são oferecidos pelos bancos como uma alternativa mais rentável do que a poupança, em que o valor aplicado concorre a diversos sorteios de prêmios mensais.

Os títulos de capitalização sofrem atualização através da Taxa Referencial, desde que seja desconsiderada qualquer outra variável para a remuneração dos mesmos.

Mas se você acha que esse tipo de aplicação possui o mesmo rendimento da poupança, está enganado. A caderneta de poupança considera a taxa de juros e a atualização monetária, o que não acontece com os títulos de crédito.

E aí, ficou alguma dúvida a respeito desse importante assunto? Por mais que a TR seja ainda desconhecida para milhares de pessoas, ela afeta diretamente os rendimentos de quem tem dinheiro na poupança e no FGTS.

Leia também


você pode gostar também

Confira 9 profissões incríveis para quem é apaixonado por animais

Você gosta de bichos? Então, conheça nove profissões para quem é apaixonado por animais e decole rumo ao sucesso em sua carreira profissional.

Veja os Signos que não abrem mão da liberdade no dia a dia

Alguns signos do zodíaco precisam se sentir mais livres no dia a dia e nas relações, portanto não abrem mão do seu próprio tempo sozinhos.

Veja 3 truques infalíveis para cortar cebola sem chorar

A cebola cortada libera um tipo de ácido que acaba levando às lágrimas quem está cortando o alimento. Saiba o que fazer para evitar o choro.

É possível aumentar o limite de Pix no app do Nubank; veja como

Banco digital criou uma nova funcionalidade, permitindo que clientes façam ajustes em limites diários de transações feitas via Pix.

Estes 5 comportamentos comuns no trânsito podem render multa

Alguns motoristas têm atitudes que acabam gerando multas e notificações no trânsito. Veja os erros mais comuns e não reproduza mais.

15 palavras parecidas, mas com significados bem diferentes

As palavras parecidas que possuem significados bem diferentes fazem parte de uma categoria gramatical chamada parônimas, mas nem todos conhecem os usos e regras.