Devolução de taxa CNU: solicitou e não recebeu? Saiba por quê

O MGI informou previsão de prazo para devolução de taxa CNU 2024. Mais de 31 mil pessoas vão receber os valores de volta. Entenda os detalhes.

O Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI) divulgou, na tarde desta segunda-feira (08/07), quantas pessoas solicitaram cancelamento de inscrição no Concurso Nacional Unificado. De acordo com a pasta, 31.050 candidatos pediram a devolução de taxa CNU e não realizarão as provas.

continua depois da publicidade

Agora, essas pessoas devem receber os valores de volta integralmente. As quantias são de R$ 60 para quem havia se candidatado a cargos de nível médio ou técnico, e de R$ 90 para aqueles que concorreriam a funções de nível superior.

Quando vou receber a devolução de taxa CNU?

O prazo para cancelar a inscrição no Enem dos Concursos ficou aberto entre os dias 05 e 07 de julho, conforme atualização das regras do edital. Esse período foi divulgado na última quinta-feira (04/07) pelo MGI em coletiva de imprensa. Para a solicitação, os interessados precisaram informar dados bancários de conta corrente de que são titulares.

Leia também

No entanto, os valores ainda não foram liberados para os candidatos. Quem pediu a devolução de taxa CNU não precisa se preocupar pela quantia ainda não ter sido estornada. Segundo o Ministério responsável por todos os trâmites do certame, o dinheiro será totalmente devolvido a quem solicitou após a data da prova.

A avaliação escrita está prevista para ser aplicada no dia 18 de agosto de 2024, conforme cronograma confirmado. Somente depois dessa data é que a organização do Concurso Nacional Unificado irá restituir o dinheiro daqueles que não concorrem mais às vagas.

Enem dos Concursos: novos locais de prova

No mesmo período em que foi possível solicitar a devolução de taxa CNU, o MGI também abriu a possibilidade de mudança de local de prova. No entanto, o público abrangido por essa novidade foi bastante restrito. A alteração só estava disponível para pessoas que moram no Rio Grande do Sul ou que iriam realizar a prova nesse estado.

Essa opção foi liberada por causa dos vastos prejuízos causados pelas enchentes em diversas cidades do RS. No dia 07 de julho, foram divulgados os novos cartões de confirmação desses candidatos.

A previsão é de que o cronograma do CNU siga normalmente, com as provas no dia 18 de agosto, resultados finais em novembro de 2024 e convocações dos aprovados em janeiro de 2025. Caso outra calamidade natural atinja qualquer parte do país, a banca organizadora poderá solicitar realização de provas extraordinárias, sem prejudicar os demais inscritos.

Leia também

Concursos em sua
cidade