Concurso Nacional Unificado: principais dúvidas dos candidatos

Muitas dúvidas sobre o Concurso Nacional Unificado já têm respostas, e os candidatos já podem ter uma ideia de como será esse certame.

A divulgação do Concurso Nacional Unificado tem gerado muitas dúvidas aos concurseiros, uma vez que esse formato é totalmente novo. Em vez de cada órgão realizar o seu próprio certame, vários deles devem se juntar para realizar uma única seleção com cerca de 8 mil vagas.

continua depois da publicidade

A ideia partiu do Ministério de Gestão e Inovação em Serviços Públicos (MGI) como forma de "experimentar institucionalmente novos e melhores métodos de recrutamento e seleção de pessoas para o serviço público", segundo a pasta. Por enquanto, o modelo está em fase de planejamento.

Tire suas dúvidas sobre o Concurso Nacional Unificado

O conceito de um concurso único realizado em todo o país para diferentes órgãos pode ser confuso para muitas pessoas. Mas o chamado "Enem dos Empregos" é menos complexo do que você pode imaginar. Pensando em sanar as dúvidas acerca das regras do Concurso Nacional Unificado, o Concursos no Brasil reuniu as principais perguntas dos candidatos, Veja as respostas abaixo:

Leia também
  • Por que estão chamando de "Enem dos Empregos"?

A inspiração do Concurso Nacional Unificado vem do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) realizado num único modelo em todo o país, permitindo o acesso às universidades. Então, o certame terá uma prova única aplicada em diferentes locais dando a oportunidade de emprego no serviço público em diversos órgãos federais.

continua depois da publicidade
  • Quantos órgãos vão oferecer vagas nesse certame?

Ao todo, 35 órgãos federais foram convidados para participar do Concurso Nacional Unificado. Essas entidades participaram de reunião junto ao MGI para entender o funcionamento do certame único.

  • Os 35 órgãos são obrigados a participar?

O MGI informou que a adesão dos órgãos é opcional. Eles terão até o dia 29 de setembro para confirmar ou negar sua participação.

  • Algum órgão já confirmou?

O Concursos no Brasil entrou em contato com todas as autarquias convidadas para o do Concurso Nacional Unificado, mas só obteve resposta de 15 delas até agora. Estão em processo de análise da proposta: ANA, ANAC, ANS, ANTT, Capes, Censipam, INPI, Ministério da Justiça, Ministério do Planejamento e Orçamento e Ministério da Saúde.

continua depois da publicidade

As entidades que ainda não possuem um parecer são: Anvisa, CVM, DNIT e IBGE. O único órgão que já resolveu acerca da adesão ao Enem dos Empregos foi o Incra. Em resposta ao Concursos no Brasil, a autarquia informou que está planejando sua própria seleção e deve contratar banca organizadora em breve.

  • Quando será divulgado o edital?

Essa é, com certeza, uma das principais dúvidas acerca do Concurso Nacional Unificado. Ainda não existe uma data específica para divulgação do edital, uma vez que ainda está em processo de organização. No entanto, o MGI prevê a publicação do documento para até dia 20 de dezembro de 2023.

continua depois da publicidade
  • Quem vai poder participar do Concurso Nacional Unificado?

Todos os brasileiros que tiverem interesse poderão se inscrever na seleção, desde que cumpram os requisitos para os cargos desejados conforme a definição de cada órgão participante.

  • Como os candidatos vão escolher o cargo?

No ato da inscrição, cada candidato deverá informar o cargo ou carreira desejado. Será possível escolher mais de um e colocar em ordem de prioridade. Eles estarão divididos em oito blocos de conhecimento, e cada pessoa só poderá participar de um bloco.

  • Como será a avaliação?

Os candidatos do Concurso Nacional Unificado irão realizar prova única dividida em duas etapas. A primeira será comum a todos os inscritos e contará com questões objetivas de conhecimentos gerais. Já a segunda será composta por questões específicas de acordo com o bloco em que o candidato se inscreveu.

  • Por que uma prova única?

Muitos candidatos ainda têm dúvidas de por que o do Concurso Nacional Unificado terá uma única prova para todos. De acordo com o MGI, a ideia é "centralizar os certames autorizados para o recrutamento e a seleção de servidores públicos federais nas vagas autorizadas em diferentes órgãos e entidades públicas do Governo Federal".

  • Onde será aplicada a prova?

O governo federal informou que o Concurso Nacional Unificado será aplicado em 179 municípios brasileiros. Os nomes das cidades ainda não foram divulgados.

  • Qual será a data da prova?

O cronograma divulgado pelo MGI informa que a prova única deve acontecer na data prevista de 25 de fevereiro de 2024. Ou seja, as duas etapas serão aplicadas no mesmo dia. No entanto, o MGI já afirmou que isso acontecerá em dois turnos diferentes.

Compartilhe essa notícia

Leia também

Concursos em sua
cidade