Concurso Receita Federal prorroga as inscrições; veja o novo prazo

FGV informa que registros no concurso Receita Federal foram prorrogados. Participantes devem se inscrever de forma online.

A Fundação Getúlio Vargas (FGV), banca organizadora do concurso Receita Federal, anunciou que o certame prorrogou os prazos para a inscrição. Assim, os candidatos terão um período maior para poderem se registrar e concorrer a uma das 699 vagas ofertadas.

Do total de oportunidades, 230 vagas são para o cargo de Auditor-Fiscal e 469 para Analista-Tributário, sendo que ambas exigem nível superior. O Auditor-Fiscal receberá R$ 21.029,09 mensais e o Analista-Tributário ganhará R$ 11.684,39 por mês. Todos terão jornada de 40 horas semanais.

O certame também terá reserva de 5% das oportunidades de forma exclusiva para Pessoas com Deficiência (PcD) e 20% para pessoas negras.

Como se inscrever no Concurso Receita Federal

Como informado, as inscrições do concurso Receita Federal foram prorrogadas. Agora, será possível se registrar até às 16h do dia 25 de janeiro de 2023, no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

A taxa de participação varia de acordo com o cargo:

  • Analista: R$ 115,00;
  • Auditor: R$ 210,00.

A retificação que altera o cronograma pode ser lida no endereço eletrônico da FGV, assim como outros documentos oficiais relacionados ao certame. Dúvidas podem ser sanadas com a Fundação Getúlio Vargas pelo e-mail concursorfb22@fgv.br.

Provas do concurso Receita Federal

Os candidatos passarão por uma avaliação objetiva que será realizada em 19 de março de 2023 (data provável). O conteúdo das provas também passou por retificações e a matéria já se encontra com a atualização mais recente:

Auditor-Fiscal

Turno da manhã

  • Língua Portuguesa: dez questões;
  • Língua Inglesa: oito questões;
  • Raciocínio Lógico Matemático: oito questões;
  • Estatística: seis questões;
  • Economia e Finanças públicas: seis questões;
  • Administração Geral: oito questões;
  • Administração Pública: oito questões;
  • Auditoria: oito questões;
  • Contabilidade Geral e Pública: oito questões;
  • Fluência em Dados: dez questões.

Turno da tarde

  • Direito Administrativo: oito questões;
  • Direito Constitucional: oito questões;
  • Direito Previdenciário: oito questões;
  • Direito Tributário: dez questões;
  • Legislação Tributária: oito questões;
  • Comércio Internacional: oito questões;
  • Legislação Aduaneira: dez questões.

Analista-Tributário

Turno da manhã

  • Língua Portuguesa: 15 questões;
  • Língua Inglesa: dez questões;
  • Raciocínio Lógico-Matemático e Estatística: dez questões;
  • Contabilidade Geral: dez questões;
  • Administração Geral e Pública: dez questões;
  • Fluência em Dados: 15 questões.

Turno da tarde

  • Direito Constitucional: 14 questões;
  • Direito Administrativo: 12 questões;
  • Direito Tributário e Previdenciário: 16 questões;
  • Legislação Tributária: 14 questões;
  • Legislação Aduaneira: 14 questões.

As avaliações do concurso Receita Federal ocorrerão em todas as capitais do Brasil em locais a serem determinados pela banca organizadora (FGV).

Outras etapas do concurso Receita Federal

Além da avaliação objetiva, outras etapas estão previstas para o concurso Receita Federal. No mesmo dia da prova objetiva, os participantes serão submetidos a uma avaliação discursiva, sendo duas questões para Auditor e uma para Analista. O concurso Receita Federal também contará com:

  • Pesquisa de vida pregressa: verificação se a pessoa possui idoneidade moral e não tem antecedentes criminais;
  • Curso de Formação Profissional (CFP): parte do curso será na modalidade de Ensino à Distância (EaD) e outra será presencial.

No caso da parte presencial do CFP, as seguintes capitais receberão os participantes:

  • Brasília – DF;
  • Manaus – AM;
  • Recife – PE;
  • São Paulo – SP;
  • Curitiba – PR.

O certame terá validade de dois anos e poderá ser renovado por mais dois, em caso de necessidade da Receita Federal do Brasil.

Leia também

você pode gostar também

Novidades do MEI 2023: veja o que muda para os empreendedores

Os microempreendedores individuais (MEIs) precisam ficar de olho no reajuste dos valores de contribuição e outras mudanças que ocorrerão neste ano de 2023.

Projeto regulamenta NOVA profissão no setor de turismo

O Projeto de Lei em tramitação no Senado Federal pretende regulamentar uma nova profissão no setor de turismo, a fim de promover mais segurança aos trabalhadores e viajantes.

Brasil criou 2 milhões de postos de trabalho em 2022, segundo o Caged

De acordo com dados divulgados pelo governo federal, houve saldo positivo de postos de trabalho com carteira assinada em 2022.

Valores a Receber: Banco Central alerta para golpe do dinheiro esquecido

Criminosos estão divulgando uma oferta falsa a respeito de montantes supostamente esquecidos no BC; veja como se proteger.

Reforma Tributária deve ser votada sem aumento nos impostos

De acordo com declaração do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, a reforma tributária deve ser neutra, sem aumento nos impostos.

Guia mensal do MEI 2023 já pode ser emitida com os valores atualizados

Reajuste do pagamento mensal está vigente. Taxas para microempreendedores individuais variam de R$ 66 a R$ 162.