Proposta da Câmara prevê piso salarial de R$ 7,2 mil para ESTA profissão

Câmara dos Deputados debate Projeto de Lei que propõe o piso salarial de R$ 7,2 mil para alguns profissionais que atuam no país.

A Câmara dos Deputados está analisando o Projeto de Lei 2641/22, de autoria da deputada Alice Portugal (PCdoB-BA), que visa estabelecer o piso salarial de R$ 7,2 mil para alguns profissionais que atuam no país. Para que esse valor seja estabelecido como básico, será preciso aprovação no Congresso Nacional (Câmara dos Deputados e Senado Federal), além da sanção do presidente.

É importante salientar que a maioria das profissões no Brasil são regulamentadas e possuem um piso salarial definido pelos conselhos e sindicatos de cada categoria. Contudo, algumas áreas ainda não têm uma regulamentação e, por isso, não existe uma remuneração mínima praticada.

Piso salarial de R$ 7,2 mil: confira qual a categoria

A deputada Alice Portugal (PCdoB-BA) propõe, por meio do seu projeto de lei, que o piso salarial do Arquivista seja de R$ 7.272,00 para jornada de 40 horas semanais, e de R$ 5.454,00 para jornada de 30 horas semanais.

O texto em análise junto à Câmara dos Deputados visa incluir novos dispositivos à Lei 6.546/78, que trata da regulamentação das profissões de Arquivista – aquele que tem curso superior de arquivologia – e de Técnico de Arquivo.

Esse projeto tramita em caráter conclusivo, e será analisado ainda pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público, de Finanças e Tributação, e Constituição e Justiça e Cidadania. Só após aprovação nelas todas, o projeto seguirá para apreciação do Senado Federal.

O que faz um Arquivista?

O arquivista é aquele profissional responsável por realizar a organização e gestão das informações da empresa, a partir de técnicas de avaliação dos documentos, guarda, preservação e utilização mais adequada dos arquivos.

A arquivologia é ainda pouco conhecida no Brasil e, por isso, muitas pessoas não sabem identificar a real importância dessa área profissional dentro de uma empresa, por exemplo. Ela é o estudo das funções básicas de arquivar documentos, como imagens, textos ou dados.

Os documentos são analisados e transformados para oferecer uma maneira mais fácil de leitura e transmissão de conhecimento. Os arquivistas são aqueles profissionais que possuem nível superior em Arquivologia, reunindo conhecimentos no qual garantir a gestão de informações contidas em documentos.

No geral, esses profissionais podem trabalhar no âmbito público ou privado, com informações históricas, governamentais, administrativas, científicas ou literárias, além de poderem atuar em gravações sonoras ou filmes.

Para entender a importância dessa profissão, basta lembrar que as empresas produzem um excesso de papéis e armazenar eles de forma correta é uma tarefa difícil, aumentando as chances de perda das informações. Assim, para evitar uma situação como essa, é importante a contratar um Arquivista.

Com a ajuda de um profissional da área, uma análise será realizada em todos os documentos da empresa, para depois serem separados por setores, nomes e datas, diminuindo o risco de sumir os arquivos por mau armazenamento.

Depois que os documentos estiverem organizados, os colaboradores não vão perder tempo na procura pelas informações, podendo assim se dedicar às suas atividades específicas, aumentando a produtividade. Essa é uma das vantagens em contratar um Arquivista em empresas.

Os documentos e papéis gerados, quando não são organizados, ocupam espaço em departamentos e repartições. Assim, a falta de local para armazenar pode gerar desordem nos setores e redução da produtividade dos colaboradores. Vale lembrar que apesar de muitos documentos serem digitalizados, alguns deles ainda estão apenas em papel, principalmente nas empresas mais antigas.

Leia também

você pode gostar também

5G: Mais de 75 cidades brasileiras têm sinal autorizado pela Anatel

Nesta semana, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) liberou o sinal de 58 em mais de 75 cidades brasileiras, localizadas próximos de capitais. A expectativa é continuar ampliando o acesso à tecnologia.

Censo 2022: IBGE deve liberar os resultados em abril

Após uma sequência de adiamentos e entraves na realização do Censo 2022, o IBGE atualizou a previsão de divulgação dos resultados. As operações seguem ao longo de fevereiro.

Motocicletas ficarão isentas do IPVA 2023? Entenda a nova lei

No último ano, o projeto legislativo que prevê a isenção para motocicletas foi sancionado com força de lei. Porém, existem condições específicas de elegibilidade para a medida.

Bradesco tem mais de 40 vagas de emprego disponíveis; veja os cargos

Vagas de emprego disponíveis são destinadas a diversas áreas, em agências da instituição bancária, espalhadas por todo o país.

Detran fará mutirão de renovação da CNH; veja onde e como participar

A renovação da CNH deve ser feita periodicamente pelos motoristas. Caso não façam, estarão sujeitos ao pagamento de multa e a perda de sete pontos na carteira, por exemplo.

Vale-alimentação deve ter novas regras a partir de março de 2023

Vale-alimentação deixará de ser regulado pelo Banco Central, facilitando a entrada de novas empresas no mercado. Veja o que muda.