ESTE concurso tem ganhos de R$ 33,6 MIL; vagas para diversos estados

Concurso público com ganhos de mais de R$ 33 mil tem inscrições abertas. As vagas estão espalhadas por diferentes estados brasileiros.

Estão abertas as inscrições para um concurso público que oferece ganhos de R$ 33,6 mil. As vagas são para profissionais de nível superior, com oportunidades em diferentes estados brasileiros. Os candidatos inscritos serão avaliados por meio de prova objetiva, prova subjetiva, prova oral e avaliação de títulos.

O certame visa o preenchimento de 13 vagas imediatas para Procurador da República. Essas pessoas precisam ter nível superior em Direito, com registro na OAB e três anos de atividade jurídica exercida para concorrer ao cargo. Saiba todos os detalhes a seguir.

Concurso oferece ganhos de R$ 33,6 mil

Essa matéria trata do concurso MPF, que abriu suas inscrições no dia 20 de setembro de 2022. As oportunidades deste certame estão distribuídas por diferentes estados brasileiros, confira:

  • Acre;
  • Espírito Santo;
  • Goiás;
  • Paraíba;
  • Pernambuco;
  • Rio de Janeiro;
  • Santa Catarina;
  • São Paulo.

Os profissionais serão contratados para em jornadas semanais de 40 horas, com ganhos mensais de R$ 33.689,11. O próprio MPF será o responsável pela organização e execução do concurso.

Concurso MPF: inscrições via internet

Inscrições no concurso público
Foto: montagem / Pixabay – Canva PRO

As inscrições para o concurso MPF poderão ser realizadas até o dia 19 de outubro de 2022, sendo que o registro precisa ser feito no site do MPF.

A taxa de participação custa R$ 250,00, que deverá ser paga por meio de uma Guia de Recolhimento da União, com os seguintes dados:

  • Código de recolhimento;
  • Código de Referência;
  • Nome do Contribuinte / Recolhedor;
  • CNPJ ou CPF do contribuinte;
  • Nome da Unidade Favorecida;
  • UG/Gestão;
  • Valor do Principal;
  • Valor total.

Etapas do concurso MPF

A seleção dos candidatos será por meio da aplicação das seguintes etapas:

  • Prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Prova subjetiva, de caráter eliminatório e classificatório;
  • Prova oral, de caráter eliminatório e classificatório; e
  • Prova de títulos, de caráter apenas classificatório.

Conheça, a seguir, algumas das etapas que serão aplicadas:

Prova objetiva

A Prova objetiva será aplicada na data prevista de 27 de novembro de 2022, com duração de 5 horas para a resolução de 120 questões. Na oportunidade, serão cobradas as seguintes disciplinas:

  • Direito Constitucional e Metodologia Jurídica;
  • Proteção Internacional dos Direitos Humanos;
  • Direito Eleitoral;
  • Direito Administrativo e Direito Ambiental;
  • Direito Tributário e Direito Financeiro;
  • Direito Internacional Público e Direito Internacional Privado;
  • Direito Econômico e Direito do Consumidor;
  • Direito Civil Direito Processual Civil;
  • Direito Penal Direito Processual Penal.

Provas subjetivas

As provas subjetivas, serão realizadas em 4 dias consecutivos, uma para cada grupo de disciplinas, com a duração de 4 horas para cada prova, prevista para o período de 11 a 14 de março de 2023.

A primeira parte da prova é reservada à redação de texto consistente numa das seguintes hipóteses:

  • Instauração de ação cível ou penal;
  • Parecer, recurso ou peça aplicável;
  • Dissertação sobre instituto jurídico.

Depois, a segunda parte da prova terá 6 questões dissertativas, distribuídas entre as disciplinas que integram cada um dos grupos.

Prova oral

As provas orais consistirão na arguição do candidato sobre os temas contemplados no ponto sorteado, em cada disciplina, e registradas em gravação de áudio ou por qualquer outro meio que possibilite a sua posterior reprodução. Elas estão previstas para serem aplicadas entre os dias 3 e 7 de julho de 2023.

Na arguição oral do candidato, a Comissão de Concurso avaliará o domínio do conhecimento jurídico, a adequação da linguagem, a articulação do raciocínio, a capacidade de argumentação e o uso correto do vernáculo.

Saiba mais sobre o concurso MPF

Este concurso público terá validade pelo período de dois anos, contados da publicação do ato homologatório, prorrogável por igual período.

O Procurador da República é um membro do Ministério Público Federal (MPF), que fiscaliza a lei. Dessa maneira, o profissional visa defender os interesses coletivos e a manutenção do bem-estar social.

Para saber outros detalhes, consulte o edital completo do 30º concurso MPF.

Leia também

você pode gostar também

Litígio Zero: saiba quem pode renegociar dívidas com o governo

O novo programa de renegociação de dívidas, lançado pelo governo federal, possibilitará que pessoas físicas e empresas obtenham descontos para quitar débitos junto à Receita Federal.

WhatsApp tem nova função de Comunidades no Brasil; veja como funciona

Entenda melhor o novo recurso do WhatsApp e aprenda como criar sua própria comunidade no mensageiro da Meta.

Estágio Caixa tem 6,8 mil vagas abertas; saiba como se inscrever

Estágio Caixa Econômica Federal é destinado a estudantes do ensino médio, técnico e superior. Veja como participar.

Pagamento em cheque cai em desuso e Pix pode ter influenciado

Pagamento por meio de cheque especial segue caindo. Redução chega a 94% em comparação com o ano de 1995.

Venda de férias está prevista na CLT; veja as regras e como funciona

Comum entre os trabalhadores, prática acontece em empresas, entretanto existem algumas regras e limites previstos na lei para a venda de férias.

IPTU atrasado gera multa para o contribuinte

A multa para o contribuinte que não paga o IPTU no prazo correto é acumulativa, e varia de acordo com o período de inadimplência do cidadão.