Caixa lança app para renegociar dívidas com o Fies; veja como usar

Divulgado nesta semana, o aplicativo Fies Caixa permite que os estudantes façam renegociações das dívidas, mas também acessem outras informações sobre os contratos.

A partir desta quinta-feira (01), os estudantes que contrataram empréstimos pelo Fundo de Financiamento da Educação (Fies) poderão renegociar as dívidas através do aplicativo Fies Caixa. Lançado pela Caixa Econômica Federal, a plataforma irá permitir o refinanciamento de parcelas em atraso com até 99% de desconto.

Além disso, a plataforma ainda permite que os estudantes consultem as informações relativas a contratos e geração de boletos. Portanto, podem consultar se existem contratos disponíveis para negociação, além de simular os pagamentos e modificar as condições previstas para o perfil do estudante.

Conforme apurações feitas pela equipe do Concursos no Brasil, ainda não é possível encontrar o aplicativo nas lojas virtuais para Android e iOS. A plataforma, no entanto, deverá ser liberada em breve.

Como funciona a renegociação de dívidas com o Fies?

O aplicativo Fies Caixa está disponível para download para aparelhos com sistema Android e iOS. A previsão da Caixa Econômica é que mais de 1,85 milhão de clientes poderão consultar os dados, sendo que 1,2 milhão poderão renegociar as dívidas diretamente no aplicativo.

De acordo com a previsão da instituição, a renegociação da dívida com o Fies pode acontecer até 31 de dezembro deste ano. No entanto, irá seguir as regras estabelecidas pela resolução número 51, publicada em julho de 2022, que autoriza o parcelamento dos débitos com descontos que variam entre 12% a 99%, dependendo do contrato.

Além do aplicativo, os acordos poderão ser estabelecidos por meio do site do Fies. No caso dos estudantes que estão com as parcelas em dia dentro dos respectivos contratos, a Caixa Econômica Federal oferece a quitação do financiamento com até 12% de desconto no valor devido.

Como usar o aplicativo para renegociar as dívidas?

Os estudantes que optarem pela renegociação através do aplicativo precisam verificar o contrato para saber se essa opção está disponível dentro do acordo estabelecido. É fundamental conferir os dados do contrato antes de simular os tipos de negociação disponíveis.

Basta confirmar os dados da negociação, aceitando os termos aditivos e novas condições previstas para a quitação das dívidas. Com esses processos realizados, é só emitir o boleto de entrada.

Por via de regra, a negociação será oficializada somente quando o estudante pagar a primeira parcela. Caso necessário, o usuário pode acessar outras informações por meio do aplicativo, como o resumo dos dados do contrato, as parcelas em aberto e em quanto tempo será possível encerrar a dívida.

Através da seção Perfil, o usuário pode acessar os dados pessoais cadastrados no Fies, e também realizar alguma correção ou modificação. Em todos os casos de atualização cadastral, é necessário enviar as informações por meio da plataforma.

Quais são as condições de negociação com o Fies?

De acordo com a Caixa Econômica Federal, os estudantes com atraso de 90 dias poderão ter desconto da totalidade de encargos, além de 12% do valor principal para os pagamentos realizados à vista. No caso dos estudantes com atraso há mais de um ano, que sejam inscritos no CadÚnico ou beneficiários do Auxílio Emergencial, a condição é outra.

Neste caso, o desconto será de 92% do valor total da dívida, mas também para o pagamento à vista. No geral, os estudantes precisam acessar o site do Fies e consultar as condições para o próprio perfil.

Leia também


você pode gostar também

Eleições 2022: saiba como consultar o local de votação pelo seu CPF

Os cidadãos podem consultar o local de votação das Eleições 2022 pelo CPF através do site do Tribunal Superior Eleitoral, mas também por meio de aplicativo e bot no WhatsApp.

Quase 200 mil motoristas poderão ficar sem dirigir em breve, informa Detran

Prazo de suspensão da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) será entre dois meses até um ano, dependendo da situação do condutor.

Enfermagem: quando o piso de R$ 4,7 MIL começará a valer no país?

O Congresso está analisando projetos que podem viabilizar o piso salarial para a Enfermagem, que está suspenso desde o início de setembro.

CNH: se você cometer ESTA infração, poderá receber multa de quase R$ 20 MIL

A multa mais cara do país é uma infração gravíssima multiplicada 60 vezes e pode gerar outras penalidades na CNH.

É possível antecipar o pagamento do 13º salário neste ano de 2022?

Alguns trabalhadores ativos e aposentados podem antecipar o 13° salário? Saiba mais detalhes e como ser beneficiado.

IR: mais de 1 milhão de pessoas entram na malha fina; saiba resolver o problema

Atualmente, já foram retidas um total de 1.032.272 declarações do IR que caíram na malha fina, 2,7% de mais de 38 milhões.