Novas regras da CNH: confira os limites oficiais de pontos em 2022

A atualização do Código de Trânsito trouxe novas regras, um pouco mais flexíveis, sobre o limite de pontos e a suspensão da CNH.

Quem tem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e está acostumado a dirigir por aí precisa ficar atento às infrações de trânsito. Isso porque elas geram pontuação que pode levar à suspensão do documento. O aumento no limite de pontos é uma das principais novas regras da CNH e já está em vigor desde 2021.

Pela norma geral, a pontuação máxima subiu de 20 para 40. Entretanto, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) atualizado prevê uma variação de acordo com a quantidade de multas gravíssimas cometidas. Ao atingir o limite, o condutor pode perder a habilitação por até um ano.

Limite de pontos da CNH: entenda as novas regras

Anteriormente, aqueles que somassem 20 pontos independentemente do tipo de infrações cometidas tinham a carteira suspensa por 12 meses. No entanto, com as mudanças do CTB, houve uma flexibilização e as novas regras da CNH definem o seguinte sobre a pontuação:

  • 40 pontos para quem não cometeu nenhuma infração gravíssima;
  • 30 pontos para quem cometeu uma infração gravíssima;
  • 20 pontos para que cometeu a partir de duas infrações gravíssimas.

É importante ressaltar que se o condutor utilizar a carteira para atividade remunerada, como é o caso de taxistas e motoristas de aplicativo, a norma muda. Esses só perdem o direito de dirigir por prazo determinado quando atingirem os 40 pontos, mesmo se já tiverem cometido alguma infração gravíssima.

Suspensão da CNH: veja o que acontece

As novas regras da CNH também determinam prazo de suspensão de seis meses a um ano, dependendo do tipo de multa. Mas o período de perda do documento pode subir para até dois anos, caso o motorista seja pego dirigindo sem a licença. Nesse caso, existem algumas consequências:

  • Pagamento de multa de, mais ou menos, R$ 900;
  • Retenção do veículo pelo Departamento de Trânsito (Detran);
  • Cassação da carteira por dois anos.

O documento deve ser entregue ao Detran após a autuação. Para ter a permissão de dirigir novamente, o condutor precisa passar por um curso de reciclagem obrigatório. Depois disso, ainda deve realizar um novo teste teórico e ser aprovado para poder recuperar a CNH.

Leia também

você pode gostar também

Auxílio-alimentação tem novas regras aprovadas para trabalhadores

Congresso Nacional aprova novas regras para o auxílio-alimentação. MP ainda trata de home office. Veja principais alterações.

Exame da OAB tem edital divulgado; veja calendário e como se inscrever

Novo Exame da OAB receberá inscrições entre 12 e 19 de agosto de 2022. No edital divulgado, é possível conferir todas as informações.

Restituição do IR: veja prazo para consulta e pagamento do 4º lote

Próximo pagamento da restituição do IR deve ocorrer a partir do dia 31 de agosto, e consulta pode ser feita uma semana antes da data.

Salário mínimo 2023 recebe nova estimativa de valor; veja previsão

Ministério da Economia deverá apresentar nova previsão do salário mínimo de 2023. Aumento não deverá ter ganho real.

Voto facultativo: veja regras oficiais e quem não precisa votar em 2022

No Brasil, o voto facultativo contempla apenas alguns grupos de pessoas que ficam isentas de participar das eleições e de pagar multa.

O que acontece se eu dirigir com a CNH suspensa? Veja consequências

Dirigir com a CNH suspensa pode aumentar o tempo de bloqueio do documento, gerar pagamento de multa triplicada e outras penalidades.