Golpe da restituição do IR começa a ser aplicado; saiba como não cair

Contribuintes precisam ficar atentos ao novo golpe da restituição do IR realizado por criminosos via e-mail se passando pela Receita Federal.

A Receita Federal (RF) anunciou que um novo golpe da restituição do IR (Imposto de Renda) está sendo realizado por e-mail. As fraudes estão acontecendo na reta final da entrega da declaração do Imposto de Renda, que deve terminar no dia 31 de maio. No alerta, a instituição pede para os cidadãos terem cuidado com as mensagens eletrônicas.

“Os alertas enviados pela Receita Federal por e-mail ou mensagem não possuem links de acesso. Todas as informações recebidas devem ser confirmadas diretamente no Portal e-CAC, com acesso seguro por meio da conta gov.br”, afirmou a RF. O órgão ainda não tem o número de pessoas que foram lesadas pelo golpe da restituição do IR.

Como funciona o golpe da restituição do IR

Os criminosos estão enviando e-mails para os contribuintes com dados de autenticação para transação Pix. Na mensagem, é informada a data da suposta transferência junto com o CPF do cidadão, além do falso valor e a chave-Pix. Abaixo há um botão e um link para visualizar um comprovante.

Para fazer as pessoas acreditarem que o e-mail é oficial, de acordo com a RF, os fraudadores usam “uma cópia não autorizada da logomarca comemorativa dos 100 anos do Imposto de Renda, além da conta gov.br”. O órgão ainda divulgou um exemplo de falso e-mail que está sendo encaminhado aos contribuintes.

Confira a imagem abaixo de como o golpe da restituição do IR está sendo aplicado:

golpe da restituição do IR, restituição do Imposto de Renda
Foto: Receita Federal

É preciso ficar atento e não clicar em nenhum link, já que a Receita Federal não envia links via e-mail. Além disso, também é necessário prestar atenção ao calendário da restituição do Imposto de Renda, que só será iniciado no dia 31 de maio. A devolução de valores acontecerá em cinco lotes.

Leia também

você pode gostar também