Concurso COMLURB RJ: novo edital continua sem data definida

Concurso COMLURB RJ (Companhia Municipal de Limpeza Urbana do Rio de Janeiro) necessitará fazer reposição de pessoal na função de Gari.

A Companhia Municipal de Limpeza Urbana do Rio de Janeiro, que não abre um edital desde 2014, aguarda um aval para poder contratar Garis. O novo concurso COMLURB é aguardado há pelo menos três anos e, até o momento, prosseguem sem emitir sinais de que será mesmo realizado no curto prazo…

Para quem não se recorda, desde 2019 que vem sendo veiculada uma previsão de edital para o preenchimento de, pelo menos, 1.000 vagas na função de Gari. O principal motivo para nada acontecer de concreto é a situação orçamentária do município do Rio de Janeiro. Apesar dessa relativa frustração, os candidatos devem manter seus estudos.

Último concurso COMLURB para Garis

Exclusivamente para o cargo Profissional de Operações de Limpeza e Serviços Urbanos, nível 1, na função de Gari, a COMLURB realizou sua última seletiva pública no ano de 2014, com o lançamento do edital nº 01/2014.  Sob os cuidados do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), o certame contou com 100 vagas, mais a formação de cadastro de reserva.

A ocupação de Gari requer apenas o ensino fundamental incompleto (até o 5º ano, antiga 4ª série) e tem uma jornada semanal árdua, de 44 horas. O valor da remuneração inicial no último edital foi de R$ 1.100,00, mas ultrapassava facilmente os R$ 2,1 mil, por conta dos acréscimos, que eram os seguintes:

  • 40% de insalubridade (R$ 440,00, na época);
  • Tíquete no valor de R$ 600,00, na época;
  • Vale-transporte;
  • Plano de saúde e odontológico;
  • Seguro de vida;
  • Auxílio creche, de R$ 259,90, na época;
  • auxílio ao filho com deficiência, de R$ 476,48; e
  • Cesta natalina.

Provas do concurso COMLURB

Os candidatos ao concurso público dessa companhia de limpeza devem estar cientes de que, se for lançado um novo edital, a primeira etapa que terão pela frente poderá ser uma prova objetiva escrita. A boa notícia é que, provavelmente, a banca organizadora somente cobre questões sobre Língua Portuguesa.

É possível que a segunda etapa do certame seja uma prova de capacitação física, tendo um caráter eliminatório e classificatório, composta por:

  • Flexão de cotovelos sobre solo;
  • Flexão abdominal;
  • Teste de Shuttle Run; e
  • Corrida de 12 minutos.

Assim como ocorreu no passado, é possível que os candidatos com deficiência que se inscreverem no futuro concurso tenham avaliações um pouco diferentes. Veja:

  • Prova objetiva de Língua Portuguesa;
  • Prova de capacitação física: apenas teste de Shuttle Run e corrida de 12 minutos.

Leia também

você pode gostar também