Confira as situações que podem negativar e sujar o seu nome

Dívidas em aberto, cheques sem fundo e até falência podem negativar e sujar o nome de uma pessoa. Veja como funciona cada situação.

Pendências financeiras são as principais razões que podem negativar e sujar o nome de alguém. Quando uma pessoa deixa de pagar uma conta, por exemplo, o CPF dela pode acabar restrito nos órgãos de proteção ao crédito. Esse cidadão fica impedido de conseguir financiamentos bancários, pode ter bens bloqueados, entre outros problemas.

Infelizmente, milhares de brasileiros estão nessa situação, especialmente por conta da crise econômica gerada pela pandemia. Parte da população perdeu total ou parcialmente sua renda e não conseguiu arcar com os débitos. Algumas dessas pessoas, talvez, nem saibam que estão com o nome sujo.

Situações que podem negativar e sujar o nome

É possível ter restrições no seu CPF por uma série de razões e isso pode trazer várias consequências. Existem cinco situações mais comuns que podem negativar e sujar o seu nome, por isso é preciso estar sempre atento. Veja quais são:

  • Dívidas com empresas (negativação): quando você faz uma compra ou contrata um serviço e deixa de pagar por ele, os órgãos de proteção enviam uma notificação. Caso você não quite o valor, o CPF fica restrito no Serasa, SPC ou SCPC até o pagamento da dívida;
  • Protesto: esse caso normalmente está relacionado a dívidas a prazo. A pessoa/empresa que deveria receber o pagamento informa o cartório que a dívida ainda está em aberto, deixando o nome do devedor negativado;
  • Cheque sem fundo: isso significa pagar por um produto ou serviço por meio de cheque, sem haver dinheiro no banco para descontar o valor. A pessoa que assinou o cheque é notificada e, caso não resolva o problema, no segundo aviso já fica com o nome sujo;
  • Falência: se você é dono ou sócio de uma empresa que foi à falência, seu CPF ficará restrito até que a dívida seja paga ou perdoada, havendo envolvimento da Justiça;
  • Ação na Justiça: ações judiciais sobre dívidas de pessoa física podem negativar o nome. Isso não vale para empresas.

Como verificar se meu CPF está negativado/sujo

O Banco Central (BC) possui todas as informações bancárias dos brasileiros, incluindo dados de dívidas. Para verificar se há alguma pendência no seu nome, basta acessar o site do BC na página do Registrato. Nela, você fará o login com seu CPF e senha cadastrados no Gov.BR e verificar os débitos em aberto.

Você também pode fazer uma consulta gratuita pelo site do Serasa. Ao entrar no portal, informe seu CPF, clique em “Consultar grátis” e insira sua senha. O órgão vai te informar sobre as restrições e se existe possibilidade de negociação. Em ambas as plataformas, quem ainda não tiver uma conta pode se registrar em alguns minutos.

Leia também

você pode gostar também