Pix: dados relacionados a 160 mil chaves são vazados, confirma BC

O Banco Central divulgou o vazamento de mais de 160 mil chaves Pix que estavam sob responsabilidade de um banco digital. Saiba mais.

O Banco Central confirmou informações, nesta sexta-feira, 21 de janeiro de 2022, sobre o vazamento de mais de 160 mil chaves Pix que estavam sob responsabilidade do banco digital Acesso Soluções de Pagamento. De acordo com o BC, não foram divulgadas senhas, histórico de movimentações e saldos.

Ainda de acordo com a autarquia, o vazamento foi reflexo de uma falha no sistema da instituição de pagamento. Os dados que vieram a público são de natureza cadastral e, por isso, não podem ser usados, sozinhos, para movimentações de recursos ou acesso às contas.

Vazamento de chaves Pix

As ocorrências reveladas agora teriam ocorrido entre os dias 03 e 05 de dezembro de 2021. O Banco Central informa que as pessoas que foram vítimas do vazamento serão notificadas, exclusivamente, por meio do aplicativo ou internet banking da instituição em que a chave é cadastrada.

O BC destacou que está apurando o caso e medidas de sanções que estão previstas na regulação atual do Pix serão aplicadas.

É importante lembrar que esse não é o primeiro caso de vazamento de chaves Pix. Em setembro do ano passado, por exemplo, o Banco Central informou vazamento de dados da mesma natureza sob responsabilidade do Banco do Estado de Sergipe (Banese).

Sobre o Pix

O Pix foi criado com o objetivo de ser um meio de pagamento bastante amplo e inserido no avanço tecnológico mundial. Assim, transferências realizadas por TED, cartão, boleto e outras, podem ser realizados apenas com o Pix, na palma da mão, com o celular.

Pouco mais de um ano após seu lançamento, dados apontam que o Pix se tornou a preferência nacional, ultrapassando a Transferência Eletrônica Disponível (TED) e o Documento de Ordem de Crédito (DOC) em número de transações.

Com o Pix, os usuários podem, dentre outras facilidades:

  • Fazer movimentações a qualquer hora, 24 horas por dia, sete dias por semana, inclusive nos feriados;
  • Realizar transferência em poucos segundos;
  • Realizar transferência de forma gratuita para pessoa física.

Leia também

você pode gostar também