ONG Recode oferece curso gratuito para programadores

A formação para Programador conta com diversas horas de atividade. Fique por dentro dos detalhes sobre o curso gratuito da ONG Recode, e confira onde e como se inscrever.

A Recode é uma Organização Não Governamental (ONG) focada em apresentar tecnologias e formar agentes de transformação na sociedade. Neste ano, a instituição está oferecendo um curso gratuito para a formação de Programadores Full Stack.

Com foco em jovens em situação de vulnerabilidade social, a proposta do curso é conectar esses indivíduos ao mercado de trabalho. Conhecido como Recode Pro, a iniciativa conta com 540 horas de atividade, superando até mesmo algumas pós-graduações na área. Saiba mais a seguir:

Como funciona o curso gratuito Recode Pro?

O Recode Pro pretende selecionar 420 pessoas de diferentes regiões do país para um curso de formação técnica com foco na área de tecnologia. Neste caso, estão incluídas também as pessoas que não possuem experiência ou conhecimento neste setor.

De acordo com os números dos cursos anteriores, estima-se que 84% dos formandos da instituição estão inseridos no mercado de trabalho. Com a média salarial de R$ 3.960 e alto índice de empregabilidade, a formação se propõe a estabelecer o conhecimento com bases sociais.

Neste sentido, os pilares do Recode Pro estão pautados na diversidade, engajamento, aprendizagem significativa e empoderamento dos estudantes. Ao longo das mais de 540 horas de atividade, os candidatos selecionados terão contato com aulas técnicas, palestras e mentorias com profissionais.

A grade curricular também conta com o suporte de especialistas e programadores em atuação. Em complemento, a formação garante o desenvolvimento de habilidades socioemocionais, a fim de potencializar o desempenho em processos seletivos.

Com lançamento em 2019, o curso está alinhado com as informações do mercado de trabalho acerca da necessidade de profissionais dentro desse setor. Enquanto ONG, a Recode utiliza da formação em tecnologia para impulsionar o desenvolvimento social e a formação de líderes.

“Mais do que uma formação em desenvolvedores full stack, nosso foco é colocar esses profissionais no mercado de trabalho, conectando-os com grandes empresas, para que possam ser vetores de transformação em suas famílias e comunidades, gerando benefícios para todos”, afirma o CEO e fundador da Recode, Rodrigo Baggio.

Como se inscrever no curso?

Em primeiro lugar, é fundamental ter entre 18 e 39 anos para participar do Recode Pro. Além disso, existe um critério de renda que determina a elegibilidade daqueles que recebem até um salário mínimo per capita.

A inscrição é realizada através do portal do Recode Pro, mas é feita inteiramente pela internet. Na etapa de cadastro, o estudante precisa informar as informações pessoais e de endereço para posteriormente preencher o formulário descritivo.

Basicamente, o formulário descritivo leva em consideração os aspectos de diversidade. A ONG Recode valoriza candidatos negros, Pessoas com Deficiência, membros da comunidade LGBTQIA+, mulheres e outras categorias socialmente vulneráveis.

Sendo assim, a inscrição considera os aspectos socioeconômicos de seus candidatos. Além dos aspectos de identidade de gênero, sexualidade e etnia, existem perguntas sobre a condição financeira, disponibilidade de equipamentos e expectativas acerca da formação.

Os candidatos também podem informar em qual turno gostariam de cursar a formação em Programação Full Stack. Após preencher todos os campos, é importante ler os termos de consentimento e de privacidade antes de enviar a candidatura.

Por meio do e-mail ou número de telefone indicado no formulário, o candidato será informado a respeito do andamento do processo seletivo. Ademais, o contato pela internet auxiliará nos próximos passos caso o estudante participe da turma de 420 membros do Recode Pro.

Para mais informações, dúvida ou necessidade de atendimento, pode-se entrar em contato pelo e-mail da ONG, no endereço recodepro@recode.org.br ou na aba de contato no site.

Leia também

você pode gostar também

Nova EJA Fortaleza irá distribuir 10 mil tablets e auxílio de R$ 150

A iniciativa que garante o auxílio de R$ 150 para os estudantes é um esforço local para incentivo à escolaridade e a adesão ao novo currículo acadêmico.

Governo Federal oferece curso sobre Previdência Privada

Curso sobre previdência privada ofertado pelo governo federal é gratuito. Participante poderá obter um certificado de conclusão.

MEC oferece cursos online gratuitos de qualificação; saiba se inscrever

Oportunidades são direcionadas para diferentes áreas do conhecimento e pretendem capacitar pessoas interessadas.

Fies: projeto amplia prazo para o pagamento de dívidas pendentes

O PL 3016/22 que visa estender o prazo para a renegociação das dívidas do Financiamento Estudantil (Fies), tramita em caráter conclusivo e passa por análise na CE, CFT e CCJ.

Provas do Encceja já têm data para 2023; confira o calendário completo

As provas do Encceja, exame que oferece certificação de conclusão do ensino fundamental e médio, já têm data para 2023. Confira o cronograma e mais informações sobre o programa.

Inscrições do SiSU 2023 acontecerão em fevereiro; veja o cronograma

As inscrições do processo seletivo do SiSU 2023 devem acontecer em fevereiro, após antecipação do cronograma pelo MEC. Confira as datas oficiais deste e dos demais programas do governo.