Fies 2023: MEC altera calendário de inscrições; confira o novo prazo

O MEC alterou o calendário de inscrições de processos seletivos como o Sisu, ProUni e o Fies 2023. Os estudantes devem se atentar às novas datas para realizarem seus cadastros.

O Ministério da Educação alterou recentemente os calendários de inscrições para alguns processos seletivos do próximo ano, como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) 2023.

Para o Sisu, os estudantes devem ficar atentos quanto às novas datas. O prazo de inscrição agora é de 16 a 24 de fevereiro, e a divulgação do resultado ocorre no dia 28. Em outros anos, o resultado deveria sair no dia 7 de março.

Já no caso do ProUni, as inscrições abrem no dia 28 do fevereiro, indo até o dia 3 de março. O resultado da primeira chamada sai no dia 7. Por sua vez, a segunda chamada sai no dia 21 de março.

Todos os editais com seus critérios e cronogramas para a seleção devem ser publicados a partir de janeiro. Por meio dos novos prazos, os processos seletivos ficarão mais organizados em relação com os calendários de instituições de ensino públicas e privadas. Com a aproximação da abertura das inscrições, o MEC deve divulgar os quantitativos de vagas ofertadas na primeira edição de 2023 para os sistemas.

Fies 2023: novo calendário de inscrições

As novas datas para o Fundo de Financiamento Estudantil também já foram definidas. Agora, as inscrições serão feitas entre 7 e 10 de março, e o resultado deve sair no dia 14 de março.

No geral, todas as inscrições para o ensino superior são gratuitas. Elas podem ser feitas pela internet, no portal Acesso Único, por qualquer estudante que tenha prestado o Enem. Vale lembrar que a classificação é realizada com base na nota obtida na última edição do Enem, e este critério vale para todos os processos seletivos.

Neste sentido, no caso do ProUni, as notas obtidas no Enem de 2021 também serão válidas; para o Fies, cidadãos que tenham concorrido a qualquer edição do exame a partir de 2010 até a mais recente, em 2022, estará apto a se inscrever no financiamento.

Sobre o Fies

O Fundo de Financiamento Estudantil é um programa do Ministério da Educação, que tem como função financiar a graduação de ensino superior para estudantes matriculados em cursos do tipo, desde que em instituições privadas. Para recorrer ao financiamento, é necessário ter uma avaliação positiva em algum dos processos seletivos conduzidos pelo MEC.

A inscrição no Fies é feita com base na nota que o candidato obteve no Enem, sendo possível escolher entre suas notas de provas de 2010 até a edição mais recente. A gestão pode ser feita por meio do aplicativo do fundo, disponível para Android e iOS.

Este programa pode garantir o ingresso em instituições de ensino superior privadas com avaliação exemplar nos parâmetros do MEC. Certos indivíduos, como aqueles que possuem renda familiar de até 1,5 salário mínimo, ainda podem ter direito a condições especiais.

Em relação à forma de pagamento, existem várias opções para custear os estudos, de acordo com a realidade do contratante. É possível fazê-lo por débito na conta corrente ou por boletos. Seja como for, as inscrições só podem ser realizadas por meio do portal específico para seleção do Fies.

Antes de realizar o procedimento, porém, é preciso se atentar aos requisitos. Além de ter sido candidato de alguma das edições do Enem a partir de 2010, é necessário ter uma nota nas provas igual ou superior a 450 pontos, não ter zerado a redação e ter renda familiar mensal bruta de até três salários mínimos por pessoa.

Leia também

você pode gostar também

Enem 2023 já será no novo formato? Entenda o que muda na prova

O Enem é a principal porta de entrada para universidades públicas e faculdades privadas no país; veja a seguir como será a aplicação do exame neste ano.

Capes dará prêmio de R$ 5 mil a universitários; veja como concorrer

Premiação busca reconhecer o desempenho de estudantes que se destacam, além de subsidiar estudos e pesquisas em várias áreas.

ProUni 2023: inscrições começam no próximo mês; saiba como participar

O Ministério da Educação (MEC) já divulgou os calendários de inscrições para os primeiros processos seletivos do Programa Universidade para Todos (ProUni), bem como do Sisu e Fies.

Nova EJA Fortaleza irá distribuir 10 mil tablets e auxílio de R$ 150

A iniciativa que garante o auxílio de R$ 150 para os estudantes é um esforço local para incentivo à escolaridade e a adesão ao novo currículo acadêmico.

ONG Recode oferece curso gratuito para programadores

A formação para Programador conta com diversas horas de atividade. Fique por dentro dos detalhes sobre o curso gratuito da ONG Recode, e confira onde e como se inscrever.

Governo Federal oferece curso sobre Previdência Privada

Curso sobre previdência privada ofertado pelo governo federal é gratuito. Participante poderá obter um certificado de conclusão.