Dinheiro esquecido em bancos: saiba como consultar e agendar saque

Consulta e solicitação de devolução acontece gratuitamente por meio do Sistema Valores a Receber do Banco Central.

Na última segunda-feira (21), o Banco Central do Brasil liberou o dinheiro esquecido em bancos para quem nasceu ou abriu empresa após 1983. Desse modo, cidadãos que se encaixem nesse grupo podem acessar a quantia disponível pelo Sistema Valores a Receber para requisitar o dinheiro.

Nessa primeira fase da movimentação, a estimativa é que o Banco Central faça a devolução de R$ 3,9 bilhões do total de R$ 8 bilhões deixados em contas encerradas no país. Segundo a previsão, a segunda etapa começa a partir de maio, com liberação dos R$ 4,1 bilhões restantes.

Como consultar o dinheiro esquecido em bancos?

  1. Acesse o site do Valores a Receber para consultar se existe dinheiro esquecido em seu CNPJ ou CPF;
  2. Informe seu CPF e a data de nascimento, no caso de consultas de pessoas físicas, ou então o CNPJ e a data de abertura, no caso de pessoas jurídicas;
  3. Caso não tenha valores a receber, retorne na data e horário apresentado no sistema, pois os dados do Banco Central estarão atualizados;
  4. Se o sistema apontar que você tem valores a receber, verifique a data informada para consultar a quantia e solicitar devolução;
  5. Com o horário e data do seu agendamento em mãos, acesse a plataforma novamente e clique em “Acessar Meus Valores a Receber”;
  6. Logo em seguida, faça seu login na conta gov.br com as informações cadastradas;
  7. Leia e aceite o Termo de Ciência;
  8. Consulte as informações de valores, instituição e origem do dinheiro esquecido;
  9. Selecione a transferência do valor via Pix ou entre em contato com a instituição para combinar a forma de devolução do dinheiro;
  10. Anote o número de protocolo para segurança.

Como sacar os valores?

O Valores a Receber oferece suas opções para saque. Ao optar por “Solicitar por aqui”, o Banco Central oferece a devolução do valor através do Pix, em um prazo de até 12 dias úteis. Nesse caso, é preciso que o usuário informe seus dados pessoais e a chave para a transferência.

Por outro lado, a opção “Solicitar via instituição” significa que o agente financeiro em questão não oferece devolução por Pix. Desse modo, o cidadão precisa entrar em contato pelo telefone, e-mail ou presencialmente para combinar a devolução do dinheiro.

Porém, a instituição financeira pode requisitar documentos específicos que comprovem a titularidade sobre esses valores, o que prolonga o processo da devolução.

Sobretudo, os casos possíveis para recebimento dos valores esquecidos nos bancos referem-se às contas correntes ou poupanças encerradas, mas que ainda tenham saldo disponível.

Ademais, refere-se a cotas de capital e rateio de sobras líquidas para participantes de cooperativas de crédito, recursos não procurados quanto a grupos de consórcio encerrados e operações de crédito cobradas indevidamente.

Leia também


você pode gostar também

Concurso INSS: veja 5 dicas infalíveis para aplicar durante os estudos

As dicas infalíveis para aplicar durante os estudos do concurso INSS permitem que o concurseiro tenha mais organização nas etapas de aprendizagem e revisão do conteúdo.

Veja 5 coisas que você não pode colocar no seu currículo em 2022

Está procurando emprego? Saiba o que não colocar no currículo em 2022 e aumente as chances de ser convocado para uma entrevista.

5 profissões que pagam bem aos que desejam ter jornada de 20 horas semanais

Se você sempre sonhou em ter um alto salário mas sem trabalhar demais, conheça cinco profissões que pagam bem e trabalham pouco.

Profissões de Humanas: veja os 5 cargos mais bem pagos do Brasil

Sonha em começar uma carreira que paga um alto salário? Conheça cinco profissões de Humanas que podem transformar isso em realidade.

Este cargo de TI pode obter salário de R$ 17 MIL no país; veja qual é

Está pensando em se tornar um profissional da área da tecnologia? Confira o cargo de TI que pode ter salário de R$ 17 mil por mês.

7 profissões mais bem pagas para quem quer trabalhar no exterior

Sonha em uma carreira profissional fora do Brasil? Conheça sete profissões para quem quer trabalhar no exterior e que pagam altos salários.