Brigada Militar – RS: novo edital oferta 100 vagas em 25 cidades

Processo seletivo Brigada Militar do Rio Grande do Sul (BM-RS) abre oportunidades para monitores cívicos militares.

A Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Sul está com inscrições abertas para o processo seletivo Brigada Militar – RS, vinculado ao Programa Mais Efetivo, que vai designar militares estaduais para o exercício das funções de Monitor Cívico Militar.

Conforme edital nº 01/PME-2021, podem se candidatar a uma das 100 vagas reservistas cadastrados no Banco de Dados da DReSA-PME. Entre os pré-requisitos estipulados no capítulo IV do edital, estão: comportamento registrado, no mínimo, como “bom” e não ter passado à reserva há mais de cinco anos.

As inscrições serão realizadas entre os dias 11 de outubro e 09 de novembro de 2021, pelo site da Brigada Militar do Rio Grande do Sul (BM-RS).

Edital Brigada Militar – RS: vagas

O quantitativo de 100 vagas está distribuído entre 25 cidades de atuação – confira:

  • Arvorezinha – 22º BPM: 4 vagas;
  • Tupanciretã – 16º BPM: 6 vagas;
  • Cruz Alta – 16º BPM: 2 vagas;
  • Cacequi – 5º RPMon: 2 vagas;
  • Júlio de Castilhos – 1º RPMon: 2 vagas;
  • São Vicente do Sul – 5º RPMon: 4 vagas;
  • São Gabriel – 2º RPMon: 5 vagas;
  • Dom Pedrito – 6º RPMon: 6 vagas;
  • São Borja – 2º BPAF: 8 vagas;
  • Ibiaçá – 10º BPM: 3 vagas;
  • Sananduva – 10º BPM: 4 vagas;
  • Lagoa Vermelha – 10º BPM: 2 vagas;
  • Garibaldi – 3º BPAT: 4 vagas;
  • São Miguel das Missões – 7º RPMon: 3 vagas;
  • Três Passos – 7º BPM: 4 vagas;
  • Santo Augusto – 7º BPM: 3 vagas;
  • Coronel Bicaco – 7º BPM: 3 vagas;
  • Vicente Dutra – 37º BPM: 3 vagas;
  • Frederico Westphalen – 37º BPM: 6 vagas;
  • Santa Rosa – 4º BPAF: 2 vagas;
  • Balneário Pinhal – 8º BPM: 7 vagas;
  • Carazinho – 38º BPM: 3 vagas;
  • Casca – 3º RPMon: 4 vagas;
  • Canoas – 15º BPM: 5 vagas;
  • Gravataí – 17º BPM: 5 vagas.

Seleção BM-RS: etapas

O processo seletivo será realizado em quatro fases: exame de saúde, entrega da documentação necessária paro o ingresso, investigação social do candidato e estágio de readaptação.

O estágio não remunerado, requisito para a designação do profissional, contará com duração máxima de 14 dias. De acordo com o edital, todas as etapas terão datas, locais e horários divulgados no site da Brigada Militar.

Mais detalhes sobre o processo seletivo Brigada Militar – RS podem ser acessados diretamente no edital, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE). Outras informações podem ser solicitadas pelos canais (51) 3288-2700 ou [email protected]

Leia também

você pode gostar também

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Aceitar Ler mais