Concurso PM ES já tem banca organizadora definida; 40 vagas

Concurso PM ES deve ter seu edital publicado no início de 2024. Os candidatos já devem se preparar para pleitear o cargo de Oficial.

A Polícia Militar do estado do Espírito Santo vai realizar uma nova seleção para contratação de efetivos. O concurso PM ES já deu o próximo passo para o lançamento do edital. O órgão publicou sobre a contratação de banca organizadora, que ficará responsável por todas as etapas, nesta quinta-feira (14/12).

continua depois da publicidade

O Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (IDECAN) foi a empresa escolhida. Com isso, a expectativa cresce ainda mais para o lançamento do edital no início de 2024. A previsão é de que sejam ofertadas 40 vagas imediatas para profissionais de nível médio que irão compor o quadro de Oficiais Combatentes.

Concurso Polícia Militar do Espírito Santo: situação atual

No dia 14 de dezembro de 2023, o Comandante Geral do órgão, Douglas Caus, publicou aviso de dispensa de licitação para contratar o IDECAN como banca organizadora do novo concurso PM ES. O instituto irá realizar prestação de serviço de coordenação, organização, planejamento e execução de todas as etapas.

Leia também

O documento foi divulgado no Diário Oficial do Estado do Espírito Santo (DOE ES), edição nº 26.129, página 11. A escolha da empresa aconteceu cinco meses após a autorização do certame, em julho de 2023. Na época, além de fazer a publicação no DOE ES, a Polícia Militar também anunciou em suas redes sociais oficiais.

continua depois da publicidade

Agora, o próximo passo é o lançamento do edital. Normalmente, isso acontece no prazo de até dois meses após a contratação da banca. Sendo assim, é possível que as regras do concurso PM ES saia no primeiro bimestre de 2024. O documento contará com as informações de etapas, cronograma, requisitos e muito mais.

Concurso PM ES: quais serão as vagas ofertadas?

De acordo com a autorização do governo do Espírito Santo, devem ser abertas 40 vagas para Oficiais Combatentes. Esse cargo requer escolaridade mínima de ensino médio completo. Outros requisitos são:

continua depois da publicidade
  • Ter idade mínima de 18 anos completos;
  • Ter idade máxima de 28 anos;
  • Ter altura mínima de 1,65m se homem e de 1,60m se mulher;
  • Conhecer o Hino Nacional Brasileiro.

O último edital do concurso Polícia Militar do Espírito Santo para Oficiais informava que a remuneração dos aprovados durante o Curso de Formação (CF) ficava entre R$ 2,5 mil e R$ 3,4 mil por mês. Aqueles que conseguissem aprovação no CF passariam a receber cerca de R$ 5,8 mil na função de Aspirante-a-Oficial. Sendo assim, o valor ainda poderia aumentar após a efetivação.

Já para o novo concurso PM ES, essas quantias devem ser corrigidas considerando os reajustes salariais entre 2018 e 2023. Os salários serão confirmados no edital. As tarefas inerentes à função de Oficial Combatente da PM ES estão definidas pela Lei Estadual nº 3.196/1978.

Concurso PM ES: como serão as etapas?

As fases de classificação ainda serão informadas oficialmente no edital. Contudo, é possível esperar algumas etapas que são comuns a esse tipo de seleção. Caso o novo certame siga o mesmo modelo do anterior (2018), devem ser aplicados exame intelectual e exame de aptidão física.

continua depois da publicidade

Outras etapas de entrega de documentos e exames também devem compor o concurso da Polícia Militar do Espírito Santo. Veja o que esperar das duas principais fases citadas:

Exame intelectual

Este deve ser composto por duas partes, sendo a primeira uma prova objetiva de questões de múltipla escolha. Os candidatos podem ter que responder acerca de temas de:

  • Língua Portuguesa;
  • Raciocínio Lógico e Matemático;
  • Noções de Informática;
  • Conhecimentos Específicos.

Já a segunda parte da avaliação escrita do concurso PM ES deve ser uma prova de redação. Essa deve consistir num texto dissertativo acerca de tema indicado no dia da aplicação.

O que estudar para o concurso PM ES?

Os conteúdos programáticos serão descritos no novo edital. Enquanto o documento não é publicado, os candidatos podem se preparar com base no que foi cobrado na prova de 2018. Então, a dica é montar um cronograma de estudos inspirado no edital anterior e, depois, adaptar para as disciplinas oficiais.

Veja o que você pode começar a estudar:

Língua Portuguesa

  • Compreensão, interpretação e inferências de textos.
  • Tipologia e Gêneros textuais.
  • Variação Linguística.
  • O processo de comunicação e as funções da linguagem.
  • Relações semântico-lexicais, como metáfora, metonímia, antonímia, sinonímia, hiperonímia, hiponímia, reiteração, comparação, redundância e outras.
  • Norma ortográfica.
  • Morfossintaxe das classes de palavras: substantivo, adjetivo, artigo, pronome, advérbio, preposição, conjunção, interjeição, numerais e os seus respectivos empregos.
  • Verbo.
  • Concordância verbal e nominal.
  • Regência nominal e verbal.
  • Coesão e Coerência textuais. Sintaxe: relações sintático-semânticas estabelecidas entre orações, períodos ou parágrafos (período simples e período composto por coordenação e subordinação).
  • Pontuação.
  • Funções do “que” e do “se”.
  • Fonética e Fonologia: som e fonema, encontros vocálicos e consonantais e dígrafos.
  • Formação de palavras.
  • Uso da Crase.

Raciocínio Lógico e Matemático

  • Estruturas lógicas.
  • Lógica de argumentação.
  • Diagramas lógicos.
  • Teoria de conjuntos: conjuntos numéricos, números naturais, inteiros, racionais e reais.
  • Relações, Equações de 1º e 2º graus, sistemas.
  • Inequações do 1º e do 2º grau.
  • Funções do 1º grau e do 2º grau e sua representação gráfica.
  • Matrizes e Determinantes.
  • Sistemas Lineares.
  • Análise combinatória.
  • Geometria espacial.
  • Geometria de sólidos.

Noções de Informática

  • Informática: Conceitos e fundamentos básicos.
  • Conhecimento e utilização dos principais softwares utilitários (compactadores de arquivos, chat, clientes de e-mails, reprodutores de vídeo, visualizadores de imagem, antivírus).
  • Identificação e manipulação de arquivos.
  • Backup de arquivos.
  • Periféricos de computadores.
  • Ambientes operacionais: utilização dos sistemas operacionais Windows XP Profissional e Windows 7 e Windows 10.
  • Utilização dos editores de texto (Microsoft Word e Libreoffice Writer).
  • Utilização dos editores de planilhas (Microsoft Excel e Libreoffice Calc.).
  • Utilização do Microsoft PowerPoint e Libreoffice Impress.
  • Conceitos de tecnologias relacionadas à Internet e Intranet, busca e pesquisa na Web.
  • Navegadores de internet: Mozilla Firefox, Google Chrome.

Conhecimentos Específicos

  • Leis nº 3196/1978 (estatuto).
  • Decreto-Lei 1001/1969 (art. 1º ao 10).
  • Decreto Lei nº 1002/1969 (art. 7º ao 10).
  • Decreto Estadual nº 254-R/2000 (RDME) – Art. 1º ao 132).
  • Constituição Federal de 1988: Artigo 5º – Capítulo I – Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos e Artigo 144 – Capítulo III – Da Segurança Pública, com suas alterações até a data de publicação do Edital.
  • Defesa do Estado e das instituições democráticas: segurança pública; organização da segurança pública.
  • Ordem social.
  • Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Noções de Direito Penal Militar

  • Crime militar: conceito.
  • Da violência contra superior ou oficial de serviço.
  • Do desrespeito a superior e do vilipêndio a símbolo nacional ou farda.
  • Da coação irresistível e da obediência hierárquica.

Compartilhe esse concurso

Você também pode
gostar
ÓrgãoVagas
CREFITO 15 260
Correios Várias
SEE PB 2.000
PGM Vitória 3
TJ PB Várias
Veja todos » Concursos Abertos

Concursos em sua
cidade