Como saber se meu WhatsApp está sendo espionado? Veja 5 sinais

Caso o usuário tenha alguma suspeita de atividade desconhecida em seu WhatsApp, é essencial reconhecer os sinais caso ele esteja sendo espionado.

O WhatsApp é uma ferramenta de conversas gratuita e universal. É o aplicativo de mensagens mais utilizado no mundo, e oferece grande facilidade para que o usuário se conecte em mais de um dispositivo. Tal função, porém, pode ser perigosa. Por um descuido, outra pessoa pode acessar sua conta, e saber se seu WhatsApp está sendo espionado é essencial.

Boa parte dos clientes do WhatsApp dão à plataforma muita confiança. Assim, não se importam ao enviar fotos íntimas, dados sigilosos e logins e senhas de banco.

Entender que o app pode não ser de fato seguro é importante para evitar futuros problemas. Alguns sinais podem ajudar a desmascarar uma possível espionagem.

Descubra se seu WhatsApp está sendo rastreado ou espionado

WhatsApp
WhatsApp. Foto: Pixabay

1. Observar o histórico de mensagens e de download de mídias

Para tirar a dúvida se o seu WhatsApp está sendo espionado ou não, checar o histórico de mensagens e download de mídias é uma das primeiras opções. Só é preciso verificar conversas recentes para saber se existem mensagens, fotos, áudios ou qualquer mídia enviada em seu nome que você não fez.

Igualmente, mensagens de áudio que você não leu, ou ouviu, mas que estão marcadas como tal, podem indicar a presença de outro usuário. É essencial verificar fotos e vídeos que não foram baixados por você, mas que estão nos downloads.

2. WhatsApp Web ativo

Caso seu WhatsApp Web esteja ativo, mas você não tem costume de acessá-lo, pode ser que alguém tenha acesso a ele.

Para sanar a dúvida, só é preciso clicar em “Ajustes”, escolher a opção “WhatsApp Web” e conferir a lista de aparelhos com sessões ativos. Caso algum aparelho não identificado esteja presente, é preciso desconectar a ferramenta.

Isso pode ser feito clicando no dispositivo específico e então em “Desconectar”, ou rolar a lista até o final e clicar em “Desconectar de todos os aparelhos”.

3. WhatsApp tentando ser registrado em outro aparelho

Apesar desta opção não ser de grande êxito para o usuário tentando acessar sua conta, ela prova que alguém pode estar tentando espionar suas conversas.

O WhatsApp não permite que dois celulares diferentes tenham o aplicativo instalado e funcionando ao mesmo tempo. Isso ajuda a identificar fraudes.

Assim, no momento em que alguém tentar fazer login em seu WhatsApp por meio de outro celular, o seu deve parar de funcionar.

4. Notificação de tentativa de acesso por outro aparelho

Um cliente que possua o WhatsApp logado em seu dispositivo original será imediatamente notificado por SMS caso alguém esteja tentando acessar suas conversas por outro celular. Para evitar o problema, é importante ativar todas as funções de segurança que o aplicativo disponibiliza.

Uma delas é a verificação em duas etapas. Para ativá-la, é preciso abrir o aplicativo e ir até “Configurações”, e então “Conta”. Na opção “Segurança”, é necessário ativar “Exibir Notificações de Segurança”. Na tela anterior, ative também “Verificação em duas etapas”.

5. Aparelho grampeado

Golpes aplicados por quadrilhas através do WhatsApp estão cada vez mais comuns. Esta manobra consiste em criminosos que contam com a ajuda de funcionários de operadoras para desativar o número das vítimas, que os repassam para um chip utilizado por bandidos.

A partir de então, eles podem facilmente acessar sua conta, lendo e enviando mensagens em seu nome. É possível detectar o golpe ao notar mensagens que não tenham sido enviadas por você. Normalmente, um membro da família ou amigo pode perceber a tentativa de fraude.

Reforçar a segurança da conta pode ajudar a evitar que um criminoso siga se passando por você. Por outro lado, caso o número tenha sido efetivamente clonado, é preciso ligar para a operadora e requisitar o bloqueio dele por furto ou roubo. Por fim, é necessário desativar a conta no WhatsApp.

Leia também

você pode gostar também

Conheça 9 profissões que não precisam de diploma

Não pôde concluir os estudos e vai começar a procurar emprego? Conheça nove profissões que não precisam de diploma e que costumam ter uma grande demanda.

Saiba como aumentar sua produtividade em 7 passos

Procura uma forma de aumentar a produtividade nos estudos para as provas do concurso? Fique por dentro de sete dicas incríveis e turbine as suas chances de aprovação.

Síndrome de Burnout: qual é a causa? Descubra como evitar

A Síndrome de Burnout é um distúrbio emocional relacionado com o excesso de trabalho, sendo considerada uma doença ocupacional por especialistas da área de saúde.

9 profissões com bons salários que não exigem nível médio

Sempre sonhou em ganhar bem, mas não quis levar os estudos adiante? Conheça nove profissões com bons salários que não exigem nível médio.

9 informações que não precisam ser citadas em seu currículo

Vai começar a procurar emprego e quer aumentar as chances de ser convocado para um processo seletivo? Então, conheça nove informações que não precisam ser citadas no currículo.

5 profissões que pagam bem e têm vagas sobrando

As profissões que pagam bem e têm vagas sobrando saem das carreiras tradicionais por acompanharem as inovações no mercado de trabalho. Porém, existem requisitos para ocupar os cargos dessa lista.