Valor do Bolsa Família de Fevereiro já foi definido pelo Governo

Valor mínimo das parcelas, bem como benefícios adicionais, já foram definidos para o calendário Bolsa Família de fevereiro. Confira todos os detalhes.

Com o fim dos pagamentos do mês-base de janeiro, os beneficiários do Bolsa Família já estão aguardando as informações da próxima rodada de depósitos. O calendário para fevereiro, bem como valores da parcela, já foram definidos e você confere todos os detalhes a seguir.

continua depois da publicidade

Lembrando que o auxílio é destinado para unidades familiares que têm renda per capita e até R$ 218,00. Todos também precisam estar inscritos no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico), sendo o registro feito em unidades especializadas, bem como os CRAS.

Não há necessidade de solicitar o benefício em meio específico, já que o próprio governo avalia a base de dados para verificar quem passou a atender todos os critérios. A análise é feita mensalmente e, em linhas gerais, o aviso de aprovação é dado em correspondência ou aplicativo.

A plataforma de consulta, inclusive, é a oficial do Bolsa Família e pode ser baixada em celulares com sistemas Android e iOS. Por lá, os cidadãos têm o direito de consultar o status, valores em conta, benefícios aprovados, calendário de pagamentos e outras informações.

continua depois da publicidade
Leia também

Aproveite que está aqui em nosso site e não se esqueça de conferir outros conteúdos que já publicamos. Temos de tudo um pouco para te manter constantemente informado, a exemplo de pautas sobre economia, dicas de estudo, atualidades e notícias de concursos abertos.

Calendário Bolsa Família de Fevereiro: quais são as datas atualizadas?

Conforme anúncio dado pelo governo federal, a nova rodada de pagamentos, que diz respeito ao mês-base de fevereiro, começará a ser liberada no dia 16/2. Ou seja, a partir da segunda quinzena do mês. As datas foram escalonadas conforme a lógica anteriormente aprovada.

continua depois da publicidade

A organização, portanto, ocorre por meio do último dígito presente no NIS (Número de Identificação Social) dos beneficiários. Diferentemente de janeiro, não há previsão de adiantamento das parcelas para cidades onde houve declaração de estado de emergência.

No primeiro mês do ano, a medida foi liberada somente os beneficiários que vivem em cidades do Rio de Janeiro que tiveram o decreto de calamidade ou emergência devido às fortes chuvas na época. Até o momento, a decisão de pagar todos no calendário regular está mantida.

Ou seja, em fevereiro, todos devem ser escalonados conforme a lógica já conhecida. Em 16/2, o valor será transferido aos inscritos com NIS terminado em 1 - e assim por diante até chegar ao algarismo 0. Confira, abaixo, o calendário de pagamentos para você já se planejar:

continua depois da publicidade
  • NIS terminado em 1: 16 de fevereiro de 2024;
  • NIS terminado em 2: 19 de fevereiro de 2024.
  • NIS terminado em 3: 20 de fevereiro de 2024;
  • NIS terminado em 4: 21 de fevereiro de 2024;
  • NIS terminado em 5: 22 de fevereiro de 2024;
  • NIS terminado em 6: 23 de fevereiro de 2024;
  • NIS terminado em 7: 26 de fevereiro de 2024;
  • NIS terminado em 8: 27 de fevereiro de 2024;
  • NIS terminado em 9: 28 de fevereiro de 2024;
  • NIS terminado em 0: 29 de fevereiro de 2024.
Calendário oficial do Bolsa Família em 2024

Calendário oficial do Bolsa Família em 2024. Foto: Reprodução / Governo Federal

Valor da nova rodada de pagamentos já foi confirmada

Assim como ocorreu em janeiro e nos meses anteriores, o valor mínimo de R$ 600,00 continuará vigente em fevereiro. Ou seja, as unidades familiares não podem receber menos do que isso, independentemente da quantidade de membros. Também existem valores adicionais:

  • R$ 150,00 por criança de até seis anos de idade;
  • R$ 50,00 por gestante;
  • R$ 50,00 por jovem com idade entre sete e 18 anos incompletos;
  • R$ 50,00 por bebê com idade de até seis meses, conforme regras vigentes do Bolsa Família.

Compartilhe essa notícia

Leia também

Concursos em sua
cidade