Teve o Bolsa Família bloqueado neste mês? Saiba como resolver

Como voltar a receber o Bolsa Família no caso de bloqueio sem razão aparente? Explicamos na matéria.

O programa Bolsa Família é pago às pessoas em situação de vulnerabilidade social com o valor médio de R$ 600, sem contar os benefícios complementares. Para ter direito aos repasses, é necessário atender a algumas exigências do Ministério da Cidadania.

continua depois da publicidade

Uma delas diz respeito ao critério de renda mensal. Ou seja, as unidades familiares precisam receber, no máximo, R$ 218 por pessoa. Os beneficiários também precisam estar com os dados atualizados no CadÚnico para continuarem fazendo jus às parcelas do programa.

Mas e quando o Bolsa Família fica bloqueado mesmo quando não existe nenhuma irregularidade, aparentemente? Nesse caso, a pessoa que está passando por esse problema tem algumas opções para resolver o problema - vamos te explicar mais detalhes ao longo da matéria.

Compartilhe o artigo com amigos e familiares que são beneficiários do programa para que eles entendam como funciona o procedimento. Não se esqueça de conferir outros conteúdos de nosso site, como simulados gratuitos e notícias sobre conhecimentos gerais.

continua depois da publicidade
Leia também

Além de economia, também cobrimos tópicos relacionados com dicas de estudo, técnicas de aprendizagem e muito mais.

Bolsa Família bloqueado: como resolver o problema?

Caso o seu Bolsa Família apareça como bloqueado, o primeiro passo é sanar todas as suas dúvidas com o Ministério da Cidadania. A central de atendimento pode ser contactada pelo número 121. Também é possível falar com a Caixa Econômica Federal ligando para o número 111.

continua depois da publicidade

Se realmente não houver nenhuma irregularidade no seu cadastro, então o problema pode estar relacionado simplesmente à falta de atualização de dados ou algum erro no sistema. O beneficiário, então, pode ir diretamente a um posto de atendimento da assistência social.

O principal deles é o próprio CRAS. Na ocasião, o atendente pode solicitar seus documentos pessoais e comprovante de renda para fazer a atualização no sistema. Os cidadãos que moram sozinhos terão que assinar um termo informando a condição específica.

Feita a regularização do seu cadastro, o município deverá desbloquear o benefício do Bolsa Família para você. As parcelas voltarão a ser pagas logo em sequência, de acordo com o calendário tradicional de repasses do Ministério da Cidadania.

continua depois da publicidade

A situação atual do seu benefício pode ser consultada pelo aplicativo do Bolsa Família e, também, por meio da plataforma do Caixa Tem. Lembrando que os seus dados do CadÚnico precisam estar sempre atualizados para que você não perca o direito ao benefício.

Calendário do Bolsa Família em setembro

O governo federal já divulgou o calendário oficial de pagamentos para este mês de setembro. No geral, a ordem segue o último dígito do NIS (Número de Identificação Social). Confira as datas:

  • NIS final 1: 18 de setembro;
  • NIS final 2: 19 de setembro;
  • NIS final 3: 20 de setembro;
  • NIS final 4: 21 de setembro;
  • NIS final 5: 22 de setembro;
  • NIS final 6: 25 de setembro;
  • NIS final 7: 26 de setembro;
  • NIS final 8: 27 de setembro;
  • NIS final 9: 28 de setembro;
  • NIS final 0: 29 de setembro.

Compartilhe essa notícia

Leia também

Concursos em sua
cidade