ID Jovem garante meia-entrada em cinemas, shows e passagens de ônibus

O documento já beneficiou mais de 3,6 milhões de jovens de 15 a 29 anos de famílias de baixa renda desde que foi lançado, em março de 2016.

Além de vagas gratuitas ou descontos no sistema de transporte coletivo interestadual, a Identidade Jovem, ou simplesmente ID Jovem, permite a meia-entrada em eventos artísticos, culturais e esportivos.

O cartão é emitido sem custo e serve como comprovante de condição social, facilitando o acesso dos jovens aos direitos previstos no Estatuto da Juventude, conforme estabelecido pelo Decreto nº 8.537, de 2015. Continue lendo e veja como obter a ID Jovem.

Como obter a ID Jovem?

Para obter a ID Jovem, é preciso ter idade entre 15 e 29 anos e possuir renda bruta mensal familiar de até dois salários mínimos. Além disso, os solicitantes ​​devem estar inscritos no Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico) e manter seus dados cadastrais atualizados.

Os interessados podem solicitar o cartão pelo aplicativo oficial da ID Jovem 2.0 ou pelo site do benefício. O documento é válido por seis meses, podendo ser renovado ao final do período.

Como usar o documento para ter descontos em eventos?

Para ter acesso a descontos em eventos artísticos, culturais e esportivos, o portador da ID Jovem deverá apresentar o cartão, acompanhado de documento oficial com foto, nos pontos de venda de ingressos.

O cartão pode ser utilizado em formato digital através do aplicativo ou em versão impressa. O cartão é aceito em cinemas, cineclubes, teatros e espetáculos realizados em estabelecimentos públicos ou privados. Também é aceito em eventos educativos, esportivos, de lazer e entretenimento com entrada ou participação paga.

Como usar o documento para viajar de graça?

Para ter acesso a passagens interestaduais gratuitas ou com desconto de 50%, os beneficiários devem solicitar uma passagem única com antecedência mínima de três horas em qualquer guichê rodoviário.

Também é possível solicitar a emissão de uma passagem de volta com antecedência. O benefício é válido para viagens interestaduais por rodovia, ferrovia e hidrovia, em linhas regulares.

As empresas prestadoras do serviço são obrigadas a oferecer duas vagas gratuitas ou com desconto por viagem. Em caso de recusa, o jovem pode exigir documento que justifique o motivo da recusa e registrar reclamação na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), no terminal rodoviário ou por telefone, e-mail ou WhatsApp.

Como emitir a ID Jovem pelo aplicativo?

A primeira etapa é o cadastro por meio do NIS. Em suma, o jovem deve verificar previamente se possui o Número de Identificação Social (NIS). Há diversas maneiras de consultá-lo em meios como:

  • Site do CadÚnico;
  • Aplicativo Meu CadÚnico;
  • Cartão Cidadão;
  • Extrato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS);
  • Carteira de Trabalho;
  • Telefone 0800 707 2003.

Caso você não tenha o NIS ou não esteja com o CadÚnico atualizado há mais de dois anos, procure o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo da residência. Lembre-se de levar comprovantes de renda, de endereço e documentos oficiais.

Por fim, depois de estar com o NIS em mãos, você poderá gerar a Identidade Jovem pelo aplicativo ID Jovem, disponível para os sistemas Android e iOS, ou pelo site. Basta informar os dados abaixo:

  • Número de Identificação Social – NIS;
  • Nome completo;
  • Data de nascimento;
  • Nome completo da mãe.

Leia também

você pode gostar também

Aposentadoria por invalidez: veja as regras e quem tem direito

A aposentadoria por invalidez é uma das modalidades previstas na legislação do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). No entanto, existem critérios específicos sobre as regras e quem tem direito aos pagamentos mensais nessa categoria.

Empresa é obrigada a pagar vale-alimentação? Veja as regras do benefício na CLT

Vale-alimentação é um dos benefícios oferecidos por empresas aos seus colaboradores. Entenda se o repasse é obrigatório ou não, diante do exposto na CLT.

Qual é a idade mínima para se aposentar? Veja as regras do INSS 2023

A idade mínima para se aposentar é alterada anualmente, com base nas normas da Reforma da Previdência. Confira quais são as regras do INSS de 2023.

Projeto de lei cria mais um saque FGTS; entenda a nova modalidade

Novo Projeto de Lei quer permitir que mais uma modalidade do saque FGTS seja liberada. Proposta já está na Câmara dos Deputados.

Quem trabalha de carteira assinada pode receber o Bolsa Família?

Bolsa Família retorna como programa assistencial do governo atendendo famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade; confira regras.

Calendário INSS para o mês de março: datas de pagamento

Calendário INSS, referente ao mês de março, inicia os repasses nesta segunda-feira (27/03). Veja todas as datas.