Novo benefício é aprovado por Comissão da Câmara; entenda regras

O novo benefício, oriundo do Projeto de Lei nº 3685/21, é destinado a um público específico. Descubra neste texto qual é esse público e as regras para fazer parte.

A Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei (PL) nº 3685/21 que prevê a criação de um novo benefício com valor básico mensal de R$ 15.500. O PL, de autoria da ex-deputada Celina Leão (PP-DF), foi apresentado à Casa em 2021. Agora, ele está na Comissão de Finanças e Tributação (CFT), onde aguarda a designação de um relator para a realização do parecer.

O novo benefício é destinado a atletas que conquistarem medalhas em Jogos Olímpicos ou Paralímpicos. Hoje, esses atletas já recebem um benefício com valor básico mensal de R$ 3.100, por meio do Bolsa-Atleta. Porém, o PL visa estabelecer um repasse financeiro com um valor cinco vezes maior do que o atual recebido. Assim, eles passariam a receber o equivalente a R$ 15.500.

Atualmente, somente recebem o benefício mensal de R$ 15.000 os atletas de modalidades olímpicas e paralímpicas individuais que estejam entre os 20 melhores do mundo em sua prova. É o que determina a Lei nº10.891/04, que instituiu o Bolsa-Atleta.

Por que a criação de um novo benefício?

Segundo a ex-deputada Celina Leão (PP-DF), autora do PL, a criação de um novo benefício aos atletas medalhistas olímpicos e paralímpicos influenciaria positivamente sua trajetória no esporte, prolongando a duração de sua carreira esportiva. A ex-parlamentar completa ao dizer que o novo benefício se configura como uma forma de reconhecimento e valorização de toda uma vida de dedicação.

O que falta para o PL que institui o novo benefício vire lei?

Como dito, a Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados aprovou o PL que cria o novo benefício. Agora, o texto está na Comissão de Finanças e Tributação (CFT) onde aguarda a designação de um relator para a realização de um parecer.

Em seguida, a proposta seguirá para a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ). Em ambas as comissões, o PL tramita em caráter conclusivo. Por esse motivo, se for aprovado em todas elas, o texto seguirá para o Senado sem precisar passar pelo Plenário. Entretanto, o projeto pode ir a Plenário se 52 deputados recorrerem.

Com a aprovação pelas duas Casas Legislativas, a proposta será enviada ao presidente da República para sanção. Mas, ele pode também vetar o projeto. O veto pode ser total ou parcial. Caso isso aconteça, os vetos têm de ser votados pelo Congresso Nacional.

Quem tem direito ao Bolsa Atleta

O Bolsa-Atleta foi instituída em 2004 com a Lei nº 10.891. Tal legislação exige que os candidatos ao benefício preencham alguns requisitos, quais sejam:

  • Deve possuir idade mínima de 14 anos para a obtenção das Bolsas-Atleta de Base, Nacional, Internacional, Olímpico ou Paralímpico, Pódio;
  • Deve possuir idade entre 14 e 20 anos para a obtenção da Bolsa-Atleta Estudantil, até o término das inscrições;
  • Deve estar devidamente vinculado a alguma entidade de prática desportiva;
  • Deve estar em plena atividade esportiva;
  • Deve apresentar declaração sobre valores recebidos a título de patrocínio de pessoas jurídicas públicas ou privadas. Nessa declaração deve estar incluído todo e qualquer montante percebido eventual ou regulamente, diverso do salário, assim como qualquer tipo de apoio em troca de vinculação de marca;
  • Deve ter participado de competição esportiva em âmbito nacional ou internacional no ano imediatamente anterior em que tiver sido solicitada a concessão da Bolsa-Atleta, exceto a Categoria Atleta Pódio;
  • Deve estar regulamente matriculado em instituição de ensino pública ou privada. Mas somente aqueles atletas que desejam receber a Bolsa-Atleta Estudantil;
  • Deve encaminhar, para aprovação, plano esportivo anual, contendo plano de treinamento, objetivos e metas esportivas para o ano de recebimento do benefício;
  • Deve estar ranqueado na sua respectiva entidade internacional entre os 20 primeiros colocados do mundo em sua modalidade ou prova específica. Mas somente atletas da Categoria Atleta Pódio.

Leia também

você pode gostar também

Saque FGTS: novo grupo começa a receber nesta semana

Calendário 2023 da Caixa segue em andamento para trabalhadores que optarem pela modalidade aniversário. Saiba quem tem direito.

Bolsa Família de janeiro tem último repasse; veja quem recebe R$ 600

Pagamento do benefício do Bolsa Família é finalizado para o mês de janeiro. Cerca de 21,9 milhões de famílias foram contempladas com o valor mínimo de R$ 600.

Lucro FGTS: veja quem tem direito aos valores em 2023

O Lucro FGTS consiste em um repasse anual realizado pelo fundo, através da Caixa Econômica Federal. Porém, nem todos tem direito aos valores em 2023.

BPC pode ser solicitado por representante legal; veja quando

Entenda o que é o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e quando ele pode ser solicitado por um representante legal do idoso ou pessoa com deficiência.

Tarifa Social de Energia: veja quem tem direito ao desconto na conta de luz

Medida foi criada para proporcionar descontos na conta de luz de pessoas que se declararam em situação de baixa renda.

Calendário INSS: novo grupo de segurados recebe a parcela de janeiro

Pagamentos do calendário INSS continuam sendo feitos. Milhões de pessoas deverão receber os valores referentes ao mês de janeiro.