O que mudará na aposentadoria do INSS neste ano? Confira regras oficiais

As regras para aposentadoria do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) sofreram alteração em 2023. Veja quem pode se aposentar.

Quem está perto de solicitar a aposentadoria INSS deve ter atenção às novas regras que passam a valer em 2023. Após a aprovação última reforma da Previdência, feita no governo Jair Bolsonaro (PL), mudanças nos benefícios serão realizadas anualmente, por idade e por tempo de contribuição, até o ano de 2033.

É importante lembrar que a Reforma da Previdência entrou em vigor no dia 13 de novembro de 2019 e alterou muitas normas. Atualmente, há diferentes maneiras de se aposentar, como por pontuação mínima, idade mínima progressiva ou aposentadoria por idade.

Aposentadoria INSS 2023: quem pode solicitar?

Pela regra geral da aposentadoria, que considera o tempo de contribuição de 15 anos à Previdência, a idade mínima para se aposentar em 2023 é de 62 anos para as mulheres e de 65 anos para homens. Essa requisito já atingi o estipulado na Reforma.

A segunda regra de transição para dar entrada na aposentadoria do INSS soma o tempo de contribuição mais idade mínima. Desde a Reforma da Previdência, é adicionado seis meses na idade do trabalhador e, em 2023, o sistema fica da seguinte maneira:

  • Mulheres devem ter 58 anos de idade e 30 anos de contribuição;
  • Homens devem ter 63 anos de idade, com 35 anos de contribuição.

A regra de pontos é a que mais sofre alterações com o passar do tempo, pois o segurado precisa atingir uma avaliação mínima, somando idade com o tempo de contribuição. Para o ano de 2023, homens precisam somar 100 pontos, enquanto as mulheres precisam acumular 90 para ter direito à aposentadoria.

Esse sistema também será alterado, anualmente, até atingir a regra geral de 100 pontos para mulheres e 105 para homens.

Aposentadoria INSS: confira calendário com novo valor

Após reajuste do salário mínimo para 2023, em vigor desde 1° de janeiro, o piso dos beneficiários do INSS saltou de R$ 1.212 para R$ 1.302. A atualização para aposentados será implementada nos pagamentos da rodada de janeiro, marcada para começar no próximo dia 25.

Com o reajuste do piso salarial, o teto da aposentadoria INSS, valor máximo que pode ser pago, também subiu. Ele aumentou de R$ 7.087,22 para R$ 7.718,69.

Os pagamentos dos benefícios são realizados conforme o penúltimo dígito (999.999.999-9) do Número do Beneficiário (NB). Além disso, há calendários distintos para quem recebe até um salário e os segurados que possuem direito a repasses acima do piso nacional.

Confira o calendário de depósitos do INSS na rodada de janeiro de 2023:

Segurados que recebem até um salário mínimo

  • NB dígito final 1: 25 de janeiro de 2023;
  • NB dígito final 2: 26 de janeiro de 2023;
  • NB dígito final 3: 27 de janeiro de 2023;
  • NB dígito final 4: 30 de janeiro de 2023;
  • NB dígito final 5: 31 de janeiro de 2023;
  • NB dígito final 6: 1 de fevereiro de 2023;
  • NB dígito final 7: 2 de fevereiro de 2023;
  • NB dígito final 8: 3 de fevereiro de 2023;
  • NB dígito final 9: 6 de fevereiro de 2023;
  • NB dígito final 0: 7 de fevereiro de 2023.

Segurados que recebem mais de um salário mínimo

  • NB dígito final 1 ou 6: 1 de fevereiro de 2023;
  • NB dígito final 2 ou 7: 2 de fevereiro de 2023;
  • NB dígito final 3 ou 8: 3 de fevereiro de 2023;
  • NB dígito final 4 ou 9: 6 de fevereiro de 2023;
  • NB dígito final 5 ou 0: 7 de fevereiro de 2023.

Consulta dos benefícios

Para conferir mais detalhes sobre a aposentadoria INSS e outros benefícios que serão repassados em 2023, o segurado pode entrar em contato por telefone com a Central de Atendimento, no número 135.

Além disso, é possível realizar a consulta por meio do site do Meu INSS ou o aplicativo do Meu INSS (Android e iOS). Em ambos os casos, será preciso ter uma conta no gov.br. Se ainda não tiver, é possível criar o acesso gratuitamente.

Leia também

você pode gostar também

Saque FGTS: novo grupo começa a receber nesta semana

Calendário 2023 da Caixa segue em andamento para trabalhadores que optarem pela modalidade aniversário. Saiba quem tem direito.

Bolsa Família de janeiro tem último repasse; veja quem recebe R$ 600

Pagamento do benefício do Bolsa Família é finalizado para o mês de janeiro. Cerca de 21,9 milhões de famílias foram contempladas com o valor mínimo de R$ 600.

Lucro FGTS: veja quem tem direito aos valores em 2023

O Lucro FGTS consiste em um repasse anual realizado pelo fundo, através da Caixa Econômica Federal. Porém, nem todos tem direito aos valores em 2023.

BPC pode ser solicitado por representante legal; veja quando

Entenda o que é o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e quando ele pode ser solicitado por um representante legal do idoso ou pessoa com deficiência.

Tarifa Social de Energia: veja quem tem direito ao desconto na conta de luz

Medida foi criada para proporcionar descontos na conta de luz de pessoas que se declararam em situação de baixa renda.

Calendário INSS: novo grupo de segurados recebe a parcela de janeiro

Pagamentos do calendário INSS continuam sendo feitos. Milhões de pessoas deverão receber os valores referentes ao mês de janeiro.