FGTS: proposta da Câmara prevê liberação de saque para compra de carro

A compra de carro, seja ele novo ou usado, é uma motivação de “maior relevância” para o saque FGTS, segundo deputado.

Está tramitando na Câmara dos Deputados um projeto de lei (PL) que permite nova modalidade de retirada do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O PL n° 2679/22, de autoria do deputado Pedro Lucas Fernandes, prevê saque do FGTS para compra de carro.

Em sua justificativa, o autor afirma que “o saldo disponível na conta vinculada pertence ao trabalhador, nada mais justo que ele possa dele usufruir em momentos de necessidade”. Caso o texto seja aprovado, quem tem conta no Fundo poderá utilizar os valores para aquisição de veículo novo ou usado.

Entenda o saque FGTS para compra de carro

saque fgts, saque-aniversário, saque triplo fgts
Novo saque FGTS pode garantir compra de carro novo ou usado. Foto: montagem / Pexels – Canva PRO

Trabalhadores formais de carteira assinada tem um percentual de seu salário recolhido mensalmente e depositado no Fundo de Garantia. O acesso a essa conta só é permitido em ocasiões específicas como financiamento de casa própria, doença grave, calamidade pública e aposentadoria, além da modalidade de aniversário.

No entanto, segundo Fernandes, entre essas motivações “não se encontra uma que consideramos da maior relevância”, que seria a compra de veículos automotores. De acordo com o texto, os trabalhadores devem ficar livres para fazer saque FGTS visando compra de carro.

“A permissão dessa nova modalidade de saque fomentará o mercado de automóveis novos e usados. Isso redundará em aquecimento da economia e na criação de postos de trabalho no setor”, pontuou o autor. O deputado ainda explicou que os trabalhadores poderão utilizar o carro para prestar serviços de transporte por aplicativo e aumentar sua renda.

Quando o novo saque do FGTS começará a valer?

Para que os trabalhadores tenham acesso ao saque do FGTS para compra de carro, o PL n° 2679/22 precisa ser aprovado e transformado em lei. O primeiro passo para que isso aconteça é receber o aval da Câmara dos Deputados. Na Casa Legislativa, o texto deverá ser analisado e votado por:

  • Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP)
  • Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC);
  • Comissão de Finanças e Tributação (CFT).

No dia 16 de novembro de 2022, a CTASP acusou recebimento do texto, mas até agora não houve votação. Caso o projeto de lei ganhe parecer favorável em todas as Comissões, deverá ser enviado para o Senado Federal. Na segunda Casa Legislativa, o saque do FGTS para compra de carro passará por novo Plenário.

Se o texto passar por alguma alteração, deverá retornar para a Câmara dos Deputados. Já se os senadores aprovarem a proposta sem nenhuma mudança, ela seguirá para sanção presidencial. Contudo, não há previsão para quando cada uma dessas etapas será realizada.

Leia também

você pode gostar também

Governo vai realizar pente-fino no Bolsa Família

O pente-fino do Bolsa Família é uma manobra do novo governo para incluir novos grupos necessitados no sistema de pagamentos do benefício social.

Saque-aniversário FGTS já está liberado para novo grupo

Com o início de mais um mês, os trabalhadores que optarem pela modalidade do Saque-Aniversário devem ficar atentos aos prazos de liberação e novos grupos considerados elegíveis.

BPC tem critério de renda: veja como calcular e saber se você tem direito

O Benefício de Prestação Continuada é um programa assistencial da Previdência Social. No entanto, existem critérios de renda que os brasileiros devem atender para ter direito aos pagamentos mensais.

Consulta do abono PIS/Pasep será liberada na próxima semana

Os beneficiários do abono PIS/Pasep devem ficar atentos ao cronograma do benefício, que será liberado para consulta na próxima semana.

Como consultar o Auxílio Gás de fevereiro? Veja se você tem direito

O Auxílio Gás dos Brasileiros é um programa de transferência de renda para atender os brasileiros de baixa renda. A consulta está disponível para os beneficiários que tem direito aos pagamentos de fevereiro.

Inscrição no CadÚnico dá acesso a 15 benefícios federais; veja quais são

A inscrição no CadÚnico é essencial para garantir alguns benefícios do Governo Federal. Confira quais são eles.