BPC de R$ 1,3 mil: projeto da Câmara prevê novo critério de renda

Proposta faz alterações em duas leis que estabelecem os critérios de renda para os segurados que recebem o benefício do governo.

Um projeto na Câmara dos Deputados estabelece um novo critério de renda para beneficiários do BPC (Benefício de Prestação Continuada) de R$ 1,3 mil. O projeto, de autoria do deputado Ivan Valente (Psol-SP), atualmente se encontra em análise pela casa.

O Benefício de Prestação Continuada (BPC) é uma garantia no valor de um salário mínimo pago a idosos com 65 anos, ou mais, e pessoas com deficiência de qualquer idade. Para receber o benefício, também é necessário ter renda mensal familiar inferior a um quarto do salário mínimo.

A proposta, entretanto, faz alterações na Lei Orgânica da Assistência Social e na Lei 14.176/21. Segundo o autor da proposta, o objetivo é corrigir alguns retrocessos encontrados na própria lei.

Projeto na Câmara prevê novo critério de renda para o BPC

O Projeto de Lei 1624/22, de autoria do deputado Ivan Valente (Psol – SP), estabelece um novo critério de renda para os beneficiários do BPC. De acordo com o texto, o novo critério de renda familiar per capita para ter direito a receber o BPC seria de meio salário mínimo.

A proposta faz alterações na Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS) e na Lei 14.176/21, que estabelece vários pontos, bem como estabelece o critério de renda familiar per capita atual para que a família tenha acesso ao benefício.

Segundo o propositor do texto, o Projeto de Lei tem como objetivo fazer algumas correções em retrocessos e inconstitucionalidades existentes na Lei 14.176/21. A regra vigente é que a renda da família seja igual ou inferior a um quarto do salário mínimo por pessoa.

Nesse sentido, a lei cita a possibilidade de flexibilização para meio salário mínimo de acordo com o grau de deficiência, do nível de dependência de terceiros e do quanto é comprometido do orçamento familiar com gastos médicos.

Ainda de acordo com o deputado Ivan Valente, o critério estabelecido de até um quarto do salário mínimo por pessoa não vai de acordo com a proteção social, além de que a flexibilização em vigor não considera de fato a avaliação do contexto da situação de cada pessoa.

Todavia, o projeto que prevê novo critério de renda para receber o BPC de R$ 1,3 mil revoga alguns dispositivos existentes nas leis em questão, além de ainda alterar o item da legislação que diz respeito à realização da avaliação social por meio de videoconferência. O texto do projeto prevê avaliação a distância apenas em caráter excepcional.

Tramitação do projeto de lei

O Projeto de Lei 1624/22, que prevê novo critério de renda para os beneficiários terem direito a receber o Benefício de Prestação Continuada (BPC), tramita em caráter conclusivo na Câmara dos Deputados.

Segundo o caminho estabelecido pela própria Casa, o projeto ainda será analisado pelas comissões de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa; de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência; de Seguridade Social e Família; de Finanças e Tributação e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Leia também

você pode gostar também

Governo vai realizar pente-fino no Bolsa Família

O pente-fino do Bolsa Família é uma manobra do novo governo para incluir novos grupos necessitados no sistema de pagamentos do benefício social.

Saque-aniversário FGTS já está liberado para novo grupo

Com o início de mais um mês, os trabalhadores que optarem pela modalidade do Saque-Aniversário devem ficar atentos aos prazos de liberação e novos grupos considerados elegíveis.

BPC tem critério de renda: veja como calcular e saber se você tem direito

O Benefício de Prestação Continuada é um programa assistencial da Previdência Social. No entanto, existem critérios de renda que os brasileiros devem atender para ter direito aos pagamentos mensais.

Consulta do abono PIS/Pasep será liberada na próxima semana

Os beneficiários do abono PIS/Pasep devem ficar atentos ao cronograma do benefício, que será liberado para consulta na próxima semana.

Como consultar o Auxílio Gás de fevereiro? Veja se você tem direito

O Auxílio Gás dos Brasileiros é um programa de transferência de renda para atender os brasileiros de baixa renda. A consulta está disponível para os beneficiários que tem direito aos pagamentos de fevereiro.

Inscrição no CadÚnico dá acesso a 15 benefícios federais; veja quais são

A inscrição no CadÚnico é essencial para garantir alguns benefícios do Governo Federal. Confira quais são eles.