BPC: o que pode levar à suspensão do benefício em 2023? Veja

Benefício previsto em lei é pago a um grupo de pessoas que se enquadram em alguns requisitos necessários para repasse.

O Benefício de Prestação Continuada (BPC) é um auxílio do governo federal, previsto na Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS), pago a idosos com idade igual ou superior a 65 anos e à pessoa com deficiência, de qualquer idade.

Nesse sentido, o BPC é a garantia de um salário mínimo e recentemente sofreu um reajuste, que acompanhou a alta do salário mínimo. A partir deste ano, o valor pago mensalmente aos beneficiários do BPC é de R$ 1.320,00.

Entretanto, para receber o benefício é preciso estar cadastrado no Cadastro Único (CadÚnico), além de seguir outros critérios. Todavia, outras situações podem levar à suspensão do benefício do BPC, caso algumas orientações não sejam seguidas.

O que pode levar à suspensão do BPC

O Benefício de Prestação Continuada (BPC) é destinado a pessoas idosas (com 65 anos ou mais) ou com deficiência de qualquer idade, que comprovem viver em situação de baixa renda. Sendo assim, o BPC é a garantia de um salário mínimo (R$ 1.320,00) e atualmente é repassado a cerca de 8 milhões de famílias brasileiras.

Para receber o benefício é necessário preencher requisitos e se encaixar no perfil de renda, além de estar com os dados atualizados no Cadastro Único (CadÚnico) e comprovar a condição física ou mental por meio de perícia médica.

Alguns casos podem fazer com que o BPC não seja repassado mais. Nesse sentido, o que pode levar à suspensão do benefício são os seguintes casos:

  • O BPC será suspenso quando forem superadas as condições que deram origem ao repasse do benefício;
  • Caso o beneficiário não tenha inscrito no Cadastro Único dentro do prazo determinado;
  • Em motivo de comprovada irregularidade na concessão ou manutenção do benefício;
  • Em caso de morte do beneficiário.

Todavia, em casos de suspensão do BPC, o beneficiário pode apresentar a defesa usando os canais de atendimento do INSS. Nessas situações, o benefício é mantido durante o período de análise pelo órgão, caso o beneficiário apresente defesa em até 30 dias.

Suspensão do BPC em caso de atividade remunerada

Caso o beneficiário comece a exercer atividade remunerada ou até mesmo se transforme em um Microempreendedor Individual (MEI), o pagamento do BPC é suspenso e pode ser reativado após o término da relação trabalhista ou atividade empreendedora, ou após o prazo de pagamento do seguro-desemprego ou do benefício previdenciário.

Nesse sentido, em caso de suspensão do BPC por alguma atividade remunerada, se a pessoa com deficiência grave ou moderada receber até dois salários mínimos, é possível fazer o requerimento do Auxílio-Inclusão, atendendo aos critérios para receber o benefício.

Informações sobre o BPC

O beneficiário que deseja conseguir mais informações sobre o BPC pode ligar para a Central de Atendimento do INSS, pelo número de telefone 135 – disponível de segunda a sexta, das 7h às 22h.

Outras formas de obter mais informações e até mesmo de fazer a solicitação do BPC é através do site gov.br e do aplicativo Meu INSS, disponível no Google Play e na App Store, para Android e iOS.

Leia também

você pode gostar também

Saque FGTS: novo grupo começa a receber nesta semana

Calendário 2023 da Caixa segue em andamento para trabalhadores que optarem pela modalidade aniversário. Saiba quem tem direito.

Bolsa Família de janeiro tem último repasse; veja quem recebe R$ 600

Pagamento do benefício do Bolsa Família é finalizado para o mês de janeiro. Cerca de 21,9 milhões de famílias foram contempladas com o valor mínimo de R$ 600.

Lucro FGTS: veja quem tem direito aos valores em 2023

O Lucro FGTS consiste em um repasse anual realizado pelo fundo, através da Caixa Econômica Federal. Porém, nem todos tem direito aos valores em 2023.

BPC pode ser solicitado por representante legal; veja quando

Entenda o que é o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e quando ele pode ser solicitado por um representante legal do idoso ou pessoa com deficiência.

Tarifa Social de Energia: veja quem tem direito ao desconto na conta de luz

Medida foi criada para proporcionar descontos na conta de luz de pessoas que se declararam em situação de baixa renda.

Calendário INSS: novo grupo de segurados recebe a parcela de janeiro

Pagamentos do calendário INSS continuam sendo feitos. Milhões de pessoas deverão receber os valores referentes ao mês de janeiro.