Calendário INSS: lote de dezembro começa a ser liberado

As datas de recebimento variam conforme o valor do benefício, por isso há dois calendários disponíveis. Confira mais informações a seguir.

O calendário de pagamentos do INSS, referente ao mês-base de dezembro, já foi liberado e os pagamentos começam a ser realizados nesta sexta-feira, 23. Como os valores são distribuídos no fim do mês, os pagamentos terminam de acontecer no começo do mês seguinte, ou seja, em janeiro de 2023.

Conforme dados divulgados pelo Instituto Nacional do Seguro Social, mais de 36 milhões de brasileiros têm direito a receber os valores. Desse total de beneficiários, 60% recebem até um salário mínimo vigente e apenas 1% sacam o teto, que atualmente é de R$ 7.087,22.

O restante dos beneficiários recebem valores que variam entre um salário mínimo e o teto, por isso é importante frisar que o calendário referente aos benefícios acima de R$ 1.212 é diferente.

Calendário de pagamento do INSS de dezembro

A ordem dos pagamentos do INSS leva em conta o penúltimo dígito do Número de Beneficiário (NB). Sendo assim, quem ganha um salário mínimo receberá os pagamentos conforme o seguinte cronograma:

  • Penúltimo número da inscrição 1: 23 de dezembro;
  • Penúltimo número da inscrição 2: 26 de dezembro;
  • Penúltimo número da inscrição 3: 27 de dezembro;
  • Penúltimo número da inscrição 4: 28 de dezembro;
  • Penúltimo número da inscrição 5: 29 de dezembro;
  • Penúltimo número da inscrição 6: 02 de janeiro;
  • Penúltimo número da inscrição 7: 03 de janeiro;
  • Penúltimo número da inscrição 8: 04 de janeiro;
  • Penúltimo número da inscrição 9: 05 de janeiro;
  • Penúltimo número da inscrição 0: 06 de janeiro.

Os beneficiários que têm direito a valores acima do salário mínimo se enquadram neste calendário:

  • Penúltimo número da inscrição 1 ou 6: 02 de janeiro;
  • Penúltimo número da inscrição 2 ou 7: 03 de janeiro;
  • Penúltimo número da inscrição 3 ou 8: 04 de janeiro;
  • Penúltimo número da inscrição 4 ou 9: 05 de janeiro;
  • Penúltimo número da inscrição 5 ou 0: 06 de janeiro.
Calendário INSS 2022
Calendário INSS 2022. Foto: Divulgação / INSS

Como consultar o benefício do INSS?

Os pagamentos do INSS são feitos 15 dias após a liberação do benefício aos segurados que se enquadram nos critérios de recebimento. A consulta dos valores pode ser feita através do telefone 135, de segunda-feira a sábado, entre às 07h e às 22h.

Os segurados também podem realizar as consultas virtualmente, pelo site do Meu INSS, ou pelo app Meu INSS (Android e iOS). O acesso é feito com os mesmos dados de login do Gov.br.

Reajuste do pagamento do INSS em 2023

Em 2023, o benefício provavelmente será reajustado seguindo a Orçamento definido pelas Casas Legislativas e Governo Federal. A estimativa atual é a de que o salário mínimo nacional passe a ser de R$ 1.320 no próximo ano.

Importante lembrar que, até o momento, esse valor é apenas uma estimativa para separar os futuros gastos do Governo Federal. Os valores oficiais serão divulgados somente em janeiro de 2023.

Leia também

você pode gostar também

Abono PIS/Pasep 2023 começa a ser pago neste mês; veja quem recebe

O abono PIS/Pasep é um valor destinado aos trabalhadores da iniciativa privada e aos servidores públicos. Confira quem pode receber e quais são os valores de 2023.

Bolsa Família de fevereiro terá datas diferentes; confira o calendário

Pagamentos do Bolsa Família para o mês de fevereiro já possuem datas definidas. Programa repassa R$ 600 ao beneficiário.

Salário-família é pago para trabalhadores com filhos; veja as regras

O salário-família é um benefício pago pelo INSS. Para terem direito, os trabalhadores com filhos devem preencher os requisitos de acesso. Veja aqui quais são.

Auxílio Gás volta a ser pago neste mês; veja calendário completo

Pagamentos do Auxílio Gás para o mês de fevereiro começarão no dia 13. Milhões de pessoas deverão ser beneficiadas pelo programa.

Bolsa Família vai mudar em 2023? Veja quais são os planos do governo

O Bolsa Família é um programa governamental essencial para milhões de famílias do país. Com a volta do governo Lula, o benefício deve passar por algumas mudanças em 2023.

Nova Prova de Vida é regulamentada pelo INSS; veja como será o processo

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deverá comprovar que cerca de 17 milhões de beneficiários continuam vivos, em 2023.