Não perca o Auxílio Brasil: conheça as condicionalidades do programa

Para não perder o Auxílio Brasil, os beneficiários e futuros ingressantes no programa devem conhecer as condicionalidades do benefício.

O Auxílio Brasil é um programa essencial para muitas famílias brasileiras. Baseado na transferência direta e indireta de renda, ele auxilia grupos em situação de pobreza e extrema pobreza a superarem a situação de vulnerabilidade social. Para participar dele, porém, é preciso cumprir alguns requisitos e se atentar às condicionalidades do programa.

Este benefício é gerido pelo Ministério da Cidadania, que envia os recursos para o pagamento. O pagamento, por sua vez, é de responsabilidade da Caixa. Ele é enviado para as famílias selecionadas pelo ministério.

Não perca o Auxílio Brasil: condicionalidades do benefício

No geral, podem participar deste programa as famílias que estejam em situação de pobreza e extrema pobreza, que tenham em sua composição gestantes, mães que amamentam, crianças, adolescentes e jovens de 0 a 21 anos incompletos.

Vale lembrar que a situação de pobreza é configurada por famílias que têm renda familiar per capita entre R$ 105 e R$ 210. Já a situação de extrema pobreza consiste em uma renda familiar per capita igual ou inferior a R$ 105.

Antes de mais nada, para se candidatar ao programa, é essencial que o grupo esteja inscrito no Cadastro Único, com os dados atualizados e regularizados nos últimos dois anos. Não é possível receber este benefício sem o cadastramento, e apesar dele ser um pré-requisito, ele não implica na entrada imediata da família no Auxílio Brasil. A seleção é automatizada, e ocorre mensalmente.

Os cidadãos que atendam aos requisitos de renda, mas não estão inscritos no CadÚnico devem procurar um responsável pelo programa em sua cidade, de forma que possam realizar o cadastramento. Após a solicitação, o benefício só será mantido caso a família cumpra as condicionalidades impostas. São elas:

  • Realização do pré-natal;
  • Acompanhamento do calendário nacional de vacinação;
  • Acompanhamento do estado nutricional;
  • Frequência escolar mínima definida em regulamento;
  • Matrícula em estabelecimento de ensino regular para jovens entre 18 a 21 anos.

Calendário Auxílio Brasil Dezembro

O Auxílio Brasil é um benefício mensal, e seu valor é de R$ 600, com base na atualização deste semestre por meio da PEC “Kamikaze”, que previa um aumento dos valores de programas sociais fora do teto de gastos.

Para fins de organização, a Caixa distribui os beneficiários em dez grupos ao longo de dez dias, para que haja uma sequência de pagamento. Este escalonamento é feito com base no Número de Inscrição Social (NIS) dos beneficiários, obtido após inscrição e efetivação no sistema. Neste mês, o cronograma possui a seguinte ordem para envio das parcelas:

  • NIS com número final 1: 12 de dezembro de 2022;
  • NIS com número final 2: 13 de dezembro de 2022;
  • NIS com número final 3: 14 de dezembro de 2022;
  • NIS com número final 4: 15 de dezembro de 2022;
  • NIS com número final 5: 16 de dezembro de 2022.
  • NIS com número final 6: 19 de dezembro de 2022;
  • NIS com número final 7: 20 de dezembro de 2022;
  • NIS com número final 8: 21 de dezembro de 2022;
  • NIS com número final 9: 22 de dezembro de 2022;
  • NIS com número final 0: 23 de dezembro de 2022.

Os envios são feitos nas contas dos beneficiários, normalmente na conta poupança social digital da Caixa. Ela é uma poupança simplificada, aberta de forma automática em nome dos responsáveis pela família. É possível acessá-la pelo aplicativo Caixa Tem, que permite que sejam realizadas compras com o cartão de débito virtual, pagamento de contas de água, luz e telefone, boletos e outros.

Leia também

você pode gostar também

Calendário do INSS: aposentadoria é depositada para mais um grupo

Nesta sexta-feira, o INSS também paga o benefício a pensionistas e a trabalhadores que recebem o auxílio-doença; veja o calendário de janeiro.

Como saber quanto vou receber de Abono PIS/Pasep? Saiba calcular

Com a chegada de 2023, muitos trabalhadores passam a aguardar pela liberação dos valores do abono PIS/Pasep. Saber quanto irá receber é essencial para se organizar durante os envios.

Desempregados podem ter acesso a transporte público gratuito

Projeto de Lei está tramitando na Câmara dos Deputados. Caso seja aprovado, população de baixa renda e desempregados podem ter acesso a transporte público gratuito.

CadÚnico dá direito à isenção em concurso público? Entenda as regras

Pagar a taxa de inscrição para participar de concursos públicos pode desestruturar as finanças de muitas pessoas; veja se o cadastro no banco de dados do governo ajuda.

Auxílio Gás terá sua primeira parcela de 2023 em fevereiro; confira o valor

O pagamento do Auxílio Gás, benefício destinado às famílias de baixa renda, ocorre a cada dois meses. A primeira parcela deste ano será paga em fevereiro.

Benefício de R$ 1,2 mil é pago para ESTE grupo de trabalhadores

Uma iniciativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) garante a um grupo específico de trabalhadores um benefício de R$ 1,2 mil em parcela única. Saiba mais sobre o assunto.