Comprovante de vacinação servirá como prova de vida do INSS em 2023?

A partir de 2023, o sistema da prova de vida do INSS passará por atualizações. Com a modernização, entenda se o comprovante de vacinação servirá como prova de vida.

A prova de vida do INSS é um procedimento obrigatório para todos os aposentados, pensionistas e outros beneficiários do instituto. Normalmente, ela exigia que os cidadãos comparecessem às agências uma vez por ano, para apresentar os documentos necessários. Em 2023, porém, o sistema deve ser modernizado, e até mesmo o comprovante de vacinação deve servir como prova de vida.

As alterações no ano que vem devem afetar diretamente mais de 36 milhões de brasileiros, de acordo com dados do instituto. Ao contrário dos outros anos, a responsabilidade do processo da prova de vida passará a ser do INSS. Neste sentido, ele também poderá retomar bloqueios ou suspensões de repasses por conta da falta de comprovação.

Vale lembrar que a prova de vida foi suspensa de 2020 a 2021, e flexibilizada ao longo de 2022, por conta da pandemia da COVID-19. Já em 2023 a manutenção deve se tornar muito mais simples, exigindo menos dos segurados.

Comprovante de vacinação vai valer como prova de vida do INSS?

No geral, para efetuar a prova de vida, o instituto deve passar a cruzar os dados dos segurados para confirmar que o titular do benefício realizou algum ato registrado que comprove sua atualização nos sistemas. Serão utilizadas bases de dados próprias da autarquia ou aquelas mantidas e administradas por órgãos públicos federais.

Isso significa que, sim, será possível utilizar comprovantes de vacinação para a confirmação, bem como consultas no Sistema Único de Saúde (SUS), comprovantes de votação nas eleições, carteiras de identidade ou de motorista e até mesmo emissão de passaportes.

A seguir, confira a lista de dados e procedimentos oficiais divulgados por portaria que poderão ser localizados de forma automática pelo sistema, e serão utilizados como prova de vida pelo INSS:

  • Vacinação;
  • Votação nas eleições;
  • Inscrição no CadÚnico atualizada pelo responsável da família;
  • Cadastro ou recadastramento nos órgãos de trânsito ou segurança pública;
  • Emissão/renovação de documentos pessoais como Carteira de Identidade (RG), Carteira de Motorista (CNH), Carteira de Trabalho (CTPS), alistamento militar e passaporte, além de documentos oficiais que necessitem de comparecimento presencial ou reconhecimento biométrico;
  • Acesso ao aplicativo Meu INSS com o selo ouro ou a outros apps/sistemas de órgãos e entidades públicas que apresentem certificação e controle de acesso, no Brasil ou no exterior;
  • Realização de empréstimo consignado, desde que efetuado via reconhecimento biométrico;
  • Atendimentos no INSS ou por reconhecimento biométrico nas entidades ou instituições parceiras;
  • Atendimentos de perícia médica, presenciais ou na modalidade telemedicina;
  • Atendimentos no sistema público de saúde (SUS) ou na rede conveniada;
  • Recebimento de pagamento de benefício com reconhecimento biométrico;
  • Declaração de Imposto de Renda (IR), como titular ou dependente.

Quando a nova prova de vida deve ser implementada?

Com base nas expectativas do INSS, é provável que o sistema seja implementado até o próximo dia 31 de dezembro. É possível acompanhar as atualizações diretamente na página do instituto.

Da mesma forma, para saber se a nova prova de vida foi realizada, o beneficiário será notificado no mês anterior ao do aniversário, para que fique ciente da realização do procedimento. O levantamento, por sua vez, utilizará a base de dados de órgãos como Serpro, Dataprev e empresas de tecnologia do governo federal.

Leia também

você pode gostar também

Calendário INSS inicia pagamentos para quem recebe acima de R$ 1.302

O calendário INSS para beneficiários que recebem valores acima de um salário mínimo já começou a ser pago. Confira as datas oficiais.

Caixa libera saque FGTS de até R$ 6,2 mil para ESTAS pessoas

A modalidade especial do saque FGTS que prevê o pagamento de até R$ 6,2 mil atende a um grupo específico. Além disso, possui critérios de elegibilidade para liberação dos valores vinculados ao fundo.

Projeto prevê bolsas de estudo para crianças e adolescentes

O Projeto de Lei Complementar em tramitação na Câmara dos Deputados pretende distribuir bolsas de estudo para crianças e adolescentes, mas existem regras específicas para o acesso.

Acompanhantes de PcD têm direito a desconto em passagens aéreas

Por enquanto, as pessoas com deficiência que não podem viajar sem acompanhante ainda dependem das decisões das empresas aéreas para os descontos nas passagens; veja detalhes.

Seguro-desemprego tem valores atualizados em 2023; saiba como pedir

Com o novo salário mínimo, os valores do seguro-desemprego foram atualizados para 2023. Veja aqui quais são eles e como pedir o benefício.

Aposentados do INSS têm direito a adicional de 25%; saiba em qual caso

Determinado grupo de aposentados do INSS tem direito a receber mensalmente o adicional de 25%. Saiba aqui se você tem esse direito e como solicitar.