Abono retroativo do PIS/Pasep: saiba fazer reemissão de valores pendentes

Os trabalhadores brasileiros que não solicitaram os valores relativos ao abono salarial do PIS/Pasep poderão realizar a remissão de valores pendentes, mas dentro do prazo previsto.

O Ministério do Trabalho e da Previdência, através da Caixa Econômica Federal, está oferecendo uma nova oportunidade de acessar os valores pendentes do abono retroativo do PIS/Pasep. Em específico, a previsão é atender os trabalhadores que esqueceram de retirar as quantias do benefício trabalhista.

Sendo assim, ainda há possibilidade de solicitar o dinheiro devido, vinculado ao PIS/Pasep. Porém, os profissionais brasileiros precisam ficar atentos aos prazos previstos, e também as regras de elegibilidade de cada ano-base. No geral, o abono salarial de 2020 não estará disponível para reemissão. Saiba mais a seguir:

Como solicitar o abono retroativo do PIS/Pasep?

Os trabalhadores que não realizaram o saque do abono salarial PIS/Pasep poderão acessar as quantias até o dia 29 de dezembro. Neste caso, serão contemplados os profissionais da iniciativa privada, vinculados ao Programa de Integração Social (PIS).

Em 2022, o grupo recebeu as quantias nas contas vinculadas à Caixa Econômica Federal, ou seja, tanto as contas corrente quanto as contas poupanças foram atendidas com depósitos automáticos dentro do calendário previsto. Quem não possuía contrato com a instituição recebeu os valores por meio da poupança social digital.

Os brasileiros que deixaram de requisitar o abono salarial de anos anteriores devem realizar uma requisição formal de reemissão para o saque. Neste caso, o prazo é o mesmo e se encerra no dia 29 de dezembro.

A previsão é que, quem não sacar, poderá acessar os valores pendentes somente no ano que vem. Contudo, será necessário efetuar uma nova solicitação de reemissão, dentro dos parâmetros específicos previstos na legislação atual e dos cronogramas do PIS/Pasep.

Para solicitar o abono retroativo do PIS/Pasep e acessar os valores pendentes deve-se:

  • Comparecer presencialmente em uma das unidades regionais do Ministério do Trabalho, no posto mais próximo da sua região, com um documento com foto para abertura do recurso administrativo formal;
  • Enviar um e-mail para o endereço trabalho.uf@economia.gov.br. Entretanto, o cidadão deve substituir o “uf” pela sigla do estado de residência, a fim de encaminhar a solicitação para a unidade responsável.

No geral, a consulta da solicitação é realizada por meio da Central Alô Trabalho do MTP, no telefone 158, ou pela Carteira de Trabalho Digital, disponível para Android e iOS. Ademais, pode-se efetuar o acompanhamento nas plataformas de atendimento das instituições responsáveis.

Atualmente, a Caixa Econômica Federal atende os trabalhadores da iniciativa privada vinculados ao PIS e oferece mais informações através da central disponível em seu site. Por outro lado, o Banco do Brasil é responsável por atender os servidores públicos, vinculados ao Pasep, e também oferece mais informações no site oficial.

Quem pode requisitar os valores pendentes?

Em resumo, o abono PIS/Pasep refere-se ao benefício trabalhista vinculado ao Programa de Integração Social e o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público, respectivamente. De acordo com a legislação vigente, poderão requisitar os valores pendentes todos os trabalhadores que:

  • Estiverem cadastrados no PIS/Pasep há 5 anos, no mínimo;
  • Receberam uma remuneração mensal média de até dois salários mínimos;
  • Exerceram atividade remunerada para Pessoa Jurídica durante, no mínimo, 30 dias, sejam eles consecutivos ou não;
  • Estão com os dados informados na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) ou no eSocial, por parte do empregador;
  • São considerados trabalhadores formais, com carteira assinada e regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Leia também

você pode gostar também

Calendário INSS inicia pagamentos para quem recebe acima de R$ 1.302

O calendário INSS para beneficiários que recebem valores acima de um salário mínimo já começou a ser pago. Confira as datas oficiais.

Caixa libera saque FGTS de até R$ 6,2 mil para ESTAS pessoas

A modalidade especial do saque FGTS que prevê o pagamento de até R$ 6,2 mil atende a um grupo específico. Além disso, possui critérios de elegibilidade para liberação dos valores vinculados ao fundo.

Projeto prevê bolsas de estudo para crianças e adolescentes

O Projeto de Lei Complementar em tramitação na Câmara dos Deputados pretende distribuir bolsas de estudo para crianças e adolescentes, mas existem regras específicas para o acesso.

Acompanhantes de PcD têm direito a desconto em passagens aéreas

Por enquanto, as pessoas com deficiência que não podem viajar sem acompanhante ainda dependem das decisões das empresas aéreas para os descontos nas passagens; veja detalhes.

Seguro-desemprego tem valores atualizados em 2023; saiba como pedir

Com o novo salário mínimo, os valores do seguro-desemprego foram atualizados para 2023. Veja aqui quais são eles e como pedir o benefício.

Aposentados do INSS têm direito a adicional de 25%; saiba em qual caso

Determinado grupo de aposentados do INSS tem direito a receber mensalmente o adicional de 25%. Saiba aqui se você tem esse direito e como solicitar.