Passe livre: gratuidade de ônibus para idosos é retomada NESTE estado

A gratuidade de ônibus para idosos deve ser iniciada no ano de 2023 sem considerar faixa de renda. Saiba mais.

Pessoas com idade entre 60 e 64 anos poderão utilizar o transporte público sem pagar nada a partir do próximo ano. O Passe Livre irá garantir gratuidade em ônibus e metrô para mais idosos em 2023 em um estado da região sudeste do país. A medida deve começar a vigorar já no dia 1° de janeiro.

De acordo com o Estatuto do Idoso, quem tem 65 anos ou mais já possui acesso livre em ônibus municipais, intermunicipais, metrô e trens em todo o país. Contudo, cada localidade pode definir se irá abranger idosos com idade inferior ou não.

Qual estado vai dar Passe Livre para idosos?

passe livre, passe livre para idosos, gratuidade no ônibus para idosos
Foto: montagem / Pixabay – Canva PRO

O governo do estado de São Paulo determinou a retomada da gratuidade na passagem de ônibus para idosos a partir de 60 anos de idade. A decisão foi tomada após receber a maioria dos votos no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), permitindo que mais pessoas tenham acesso ao benefício.

O projeto original do Passe Livre foi enviado à Assembleia Legislativa (Alesp) no mês de outubro, contemplando apenas os idosos que vivem em situação de pobreza e extrema pobreza. Contudo, a medida anunciada pelo governador Rodrigo Garcia, em evento na zona leste da capital paulista nesta quinta-feira (15/12), se estende a todos os idosos.

“Nós vamos, a partir de 1º de janeiro, dar a gratuidade para pessoas de 60 a 64 anos no transporte coletivo do Estado. É uma lei aprovada pela Assembleia e que será sancionada por mim. A Assembleia avançou em relação a voltar a gratuidade por idade e não mais por faixa de renda, e é isso que deve valer a partir de 1º de janeiro, junto também com uma decisão que a Prefeitura de São Paulo está tomando a partir de hoje”, disse o governador.

O Passe Livre foi concedido em São Paulo, pela primeira vez, no ano de 2013 após manifestações contra o aumento da passagem. No entanto, em dezembro de 2020, o direito à gratuidade no ônibus foi suspendida para idosos de 0 a 64 anos. Na capital estadual, a política já está valendo. No restante dos municípios, deve começar a vigorar no próximo ano.

Tarifa zero no ônibus pode acontecer em todo país

Além de implementar a gratuidade para idosos no ônibus, o governador de São Paulo foi citado como um dos apoiadores da tarifa zero em todo o país. Uma proposta do deputado federal Jilmar Tatto prevê a criação de um Sistema Integrado de Mobilidade, com gratuidade no transporte público em todo o país.

Segundo Tatto, a inspiração vem do Sistema Único de Saúde que oferece atendimento gratuito para todas as pessoas. O deputado afirmou que a implantação, caso a proposta seja aprovada, deve ser feita de forma gradual ao longo de dois anos. Dessa forma, até mesmo quem não é idoso poderá transitar sem pagar nada.

Leia também

você pode gostar também

Abono PIS/Pasep 2023 começa a ser pago neste mês; veja quem recebe

O abono PIS/Pasep é um valor destinado aos trabalhadores da iniciativa privada e aos servidores públicos. Confira quem pode receber e quais são os valores de 2023.

Bolsa Família de fevereiro terá datas diferentes; confira o calendário

Pagamentos do Bolsa Família para o mês de fevereiro já possuem datas definidas. Programa repassa R$ 600 ao beneficiário.

Salário-família é pago para trabalhadores com filhos; veja as regras

O salário-família é um benefício pago pelo INSS. Para terem direito, os trabalhadores com filhos devem preencher os requisitos de acesso. Veja aqui quais são.

Auxílio Gás volta a ser pago neste mês; veja calendário completo

Pagamentos do Auxílio Gás para o mês de fevereiro começarão no dia 13. Milhões de pessoas deverão ser beneficiadas pelo programa.

Bolsa Família vai mudar em 2023? Veja quais são os planos do governo

O Bolsa Família é um programa governamental essencial para milhões de famílias do país. Com a volta do governo Lula, o benefício deve passar por algumas mudanças em 2023.

Nova Prova de Vida é regulamentada pelo INSS; veja como será o processo

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deverá comprovar que cerca de 17 milhões de beneficiários continuam vivos, em 2023.