Auxílio Gás: veja quem tem prioridade para receber o benefício

O programa é um auxílio para famílias de baixa renda que precisam comprar gás de cozinha; sendo preciso se enquadrar em critérios básicos para receber.

O Auxílio Gás é um programa do governo federal, destinado às famílias de baixa renda e gerido pelo Ministério da Cidadania, que fica responsável pelo envio de recursos para o pagamento. Completando a parceria, a Caixa Econômica Federal é a instituição responsável por realizar o pagamento.

O pagamento do Auxílio Gás é feito sempre nos meses pares, juntamente com o Auxílio Brasil. Desse modo, as datas são orientadas pelo final do Número de Identificação Social (NIS). O valor do benefício inicialmente correspondia a 50% do valor do gás, passando para os 100% do valor do botijão posteriormente.

O que é o Auxílio Gás?

O Auxílio Gás é um benefício social criado pelo governo federal para ajudar famílias de baixa renda a comprar o gás de cozinha, visto que desde a pandemia do coronavírus, o item sofreu com a alta dos preços.

O programa é supervisionado pelo Ministério da Cidadania, em parceria com a Caixa, que fica a cargo de realizar o pagamento para as famílias selecionadas, assim como pela disponibilização de canais para atendimento dos beneficiários.

Nesse sentido, o auxílio começou repassando o total de 50% do valor correspondente do botijão de gás. Entretanto, o auxílio atualmente repassa os 100% do valor do botijão de gás de 13 kg para as famílias participantes do projeto. O valor de dezembro será de R$ 112, conforme definido pelo Ministério da Cidadania.

Ainda não se sabe se o benefício continuará repassando o valor integral do gás de cozinha em 2023. Até porque será necessário aprovar a PEC da Transição para manter as regras vigentes. Atualizações a respeito do assunto devem ser divulgadas pelo governo federal.

Quem tem prioridade para receber o benefício

O Auxílio Gás é um benefício voltado para famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico), com renda familiar mensal menor ou igual a meio salário mínimo por pessoa, inclusive famílias que recebem benefícios de programas do governo.

Famílias com alguma pessoa que mora no mesmo domicílio e que recebe o benefício de prestação continuada da assistência social também são elegíveis para receber o benefício do Auxílio Gás (inscritas ou não no CadÚnico). Nesse sentido, o benefício do Auxílio Gás segue os seguintes requisitos:

  • Famílias com registro no CadÚnico, atualizado nos últimos 24 meses;
  • Famílias com menor renda por pessoa;
  • Famílias com maior quantidade de pessoas na constituição;
  • Famílias que recebem o benefício do Auxílio Brasil;
  • Famílias com cadastro qualificado pelo gestor por meio de uso dos dados de averiguação (quando disponíveis).

Todavia, vale dizer que o Auxílio Gás prioriza as famílias com mulheres que foram vítimas de violência doméstica e que estejam passando pelo monitoramento de medidas protetivas em caráter de urgência.

Saques e pagamentos

Os saques do Auxílio Gás podem ser feitos nas lotéricas, correspondentes do Caixa Aqui e também em terminais de autoatendimento. O benefício pode ser repassado também para pessoas com poupança social digital no Caixa Tem e fica disponível por 120 dias.

Todavia, pelo aplicativo do Caixa Tem, o beneficiário consegue realizar compras em supermercados, padarias, farmácias e demais estabelecimentos com o cartão de débito virtual e QR Code. É possível também pagar contas de água, luz e telefone, gás e boletos em geral pelo aplicativo e por canais lotéricos.

Leia também

você pode gostar também

Benefício de R$ 1,2 mil é pago para ESTE grupo de trabalhadores

Uma iniciativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) garante a um grupo específico de trabalhadores um benefício de R$ 1,2 mil em parcela única. Saiba mais sobre o assunto.

Calendário Bolsa Família de Janeiro: veja todas as datas

O valor médio do Bolsa Família atualmente é de R$ 614,21; veja quem vai receber o pagamento nesta quinta-feira.

Aposentadoria INSS: veja quem terá as parcelas ainda nesta semana

Além da aposentadoria, o INSS também paga auxílio-doença e pensão aos segurados; confira o calendário de janeiro a seguir.

Prova de Vida: INSS terá 10 meses para provar que segurado está vivo

Saiu uma portaria que regulamenta os novos procedimentos necessários para realizar a prova de vida do INSS dos segurados.

Extrato da aposentadoria do INSS já pode ser consultado via app

Benefício recebeu reajuste, consequência da alta do salário mínimo, que passou a vigorar no começo de 2023.

Empresa é obrigada a pagar auxílio-creche para mães? Confira as regras

O auxílio-creche permite que mães tenham um lugar para deixar seus filhos enquanto trabalham. Contudo, muitos não sabem se a empresa é obrigada a pagar o auxílio às mulheres.