Calendário do abono PIS/Pasep 2023 é proposto pelo governo; veja datas

Reunião do Codefat poderá aprovar as datas propostas para o calendário do abono PIS/Pasep 2023. Benefício paga até um salário mínimo.

O calendário do abono PIS/Pasep 2023, que deve beneficiar milhões de trabalhadores, já possui uma proposta com as datas de pagamento. O Codefat (Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador) fará uma análise e decidirá se irá ou não concordar com a sugestão do governo federal.

Vale lembrar que o PIS é repassado aos trabalhadores da iniciativa privada com carteira assinada, sendo feito pela Caixa Econômica Federal. Já o Pasep é repassado pelo Banco do Brasil aos servidores públicos.

Sobre o abono PIS/Pasep que será pago em 2023

O calendário do abono PIS/Pasep 2023 será voltado para os trabalhadores que atuaram ao longo do ano de 2021. Teoricamente, o benefício está atrasado. Até porque, geralmente, os depósitos são feitos em relação ao ano anterior.

Somente neste ano que o abono PIS/Pasep, com ano-base de 2020, foi liberado. Por isso, o calendário de 2023 contemplará os recursos para os trabalhadores ou servidores públicos que atuaram formalmente em 2021.

O calendário de 2023 é dividido em dois, sendo um para o PIS (Programa de Integração Social) e outro para o Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público):

Calendário do abono PIS em 2023

O calendário do PIS, proposto pelo governo, segue o mês de nascimento dos trabalhadores. Lembrando que o cronograma ainda precisa ser aprovado pelo Codefat.

Cada mês possui uma data de início de pagamento e uma de término. Confira:

  • Nascidos em janeiro: entre 15/02/2023 e 28/12/2023;
  • Nascidos em fevereiro: entre 15/02/2023 e 28/12/2023;
  • Nascidos em março: entre 15/03/2023 e 28/12/2023;
  • Nascidos em abril: entre 15/03/2023 e 28/12/2023;
  • Nascidos em maio: entre 17/04/2023 e 28/12/2023;
  • Nascidos em junho: entre 17/04/2023 e 28/12/2023;
  • Nascidos em julho: entre 15/05/2023 e 28/12/2023;
  • Nascidos em agosto: entre 15/05/2023 e 28/12/2023;
  • Nascidos em setembro: entre 15/06/2023 e 28/12/2023;
  • Nascidos em outubro: entre 15/06/2023 e 28/12/2023;
  • Nascidos em novembro: entre 17/07/2023 e 28/12/2023;
  • Nascidos em dezembro: entre 17/07/2023 e 28/12/2023.

Calendário do abono Pasep em 2023

O cronograma do Pasep segue o dígito final do número de inscrição do trabalhador. Veja o cronograma proposto pelo governo:

  • Dígito final 0: entre 15/02/2023 e 28/12/2023;
  • Dígito final 1: entre 15/03/2023 e 28/12/2023;
  • Dígito final 2: entre 17/04/2023 e 28/12/2023;
  • Dígito final 3: entre 17/04/2023 e 28/12/2023;
  • Dígito final 4: entre 15/05/2023 e 28/12/2023;
  • Dígito final 5: entre 15/05/2023 e 28/12/2023;
  • Dígito final 6: entre 15/06/2023 e 28/12/2023;
  • Dígito final 7: entre 15/06/2023 e 28/12/2023;
  • Dígito final 8: entre 17/07/2023 e 28/12/2023;
  • Dígito final 9: entre 17/07/2023 e 28/12/2023.

Codefat decidirá sobre o calendário do PIS/Pasep

A decisão sobre o calendário do abono PIS/Pasep 2023 será feita pelo Codefat possivelmente no dia 15 de dezembro de 2022, durante uma reunião. O conselho é formado por representantes do governo federal, por empregados e empregadores.

A ideia é que todos estejam de acordo com as datas para não haver divergências e problemas. Caso o calendário seja aprovado, os repasses começarão em fevereiro de 2023.

Quem tem direito ao abono PIS/Pasep

Para receber o abono PIS/Pasep, além de ser servidor público ou trabalhar na iniciativa com carteira assinada, o beneficiário deve cumprir as regras abaixo:

  • Estar inscrito no PIS ou no Pasep há ao menos cinco anos;
  • Receber, em média, até dois salários mínimos;
  • Estar registrado no e-social ou na RAIS;
  • Ter trabalhado, no mínimo, por 30 dias durante o ano-base do pagamento (ou seja, 2021);
  • Não ser empregado doméstico;
  • Não ser registrado por uma pessoa física.

O abono PIS/Pasep realiza o pagamento de até um salário mínimo para o trabalhador que tenha atuado durante todo o ano-base. Caso a pessoa tenha trabalhado por tempo menor, receberá de forma proporcional.

Leia também

você pode gostar também

Auxílio Gás terá sua primeira parcela de 2023 em fevereiro; confira o valor

O pagamento do Auxílio Gás, benefício destinado às famílias de baixa renda, ocorre a cada dois meses. A primeira parcela deste ano será paga em fevereiro.

Benefício de R$ 1,2 mil é pago para ESTE grupo de trabalhadores

Uma iniciativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) garante a um grupo específico de trabalhadores um benefício de R$ 1,2 mil em parcela única. Saiba mais sobre o assunto.

Calendário Bolsa Família de Janeiro: veja todas as datas

O valor médio do Bolsa Família atualmente é de R$ 614,21; veja quem vai receber o pagamento nesta quinta-feira.

Aposentadoria INSS: veja quem terá as parcelas ainda nesta semana

Além da aposentadoria, o INSS também paga auxílio-doença e pensão aos segurados; confira o calendário de janeiro a seguir.

Prova de Vida: INSS terá 10 meses para provar que segurado está vivo

Saiu uma portaria que regulamenta os novos procedimentos necessários para realizar a prova de vida do INSS dos segurados.

Extrato da aposentadoria do INSS já pode ser consultado via app

Benefício recebeu reajuste, consequência da alta do salário mínimo, que passou a vigorar no começo de 2023.