Auxílio Brasil passa a ter valor previsto para 2023; veja qual é

A PEC da Transição trouxe o novo valor previsto para o Auxílio Brasil em 2023, assim como as mudanças no programa.

Na última segunda-feira (28/11), o senador Marcelo Castro, relator do Orçamento Federal de 2023, apresentou a PEC da Transição no Congresso Nacional. A tramitação começará em breve, já que houve a assinatura mínima de 27 senadores, representando um terço do total na casa. Entre as medidas previstas, está o possível valor para o Auxílio Brasil no próximo ano, assim como as regras estabelecidas para o programa.

Em números específicos, a Proposta de Emenda à Constituição estabelece a retomada do Bolsa Família. Para isso, pretende deslocar o programa social do texto de teto de gastos durante os próximos 4 anos. Saiba mais a seguir:

Qual o novo valor previsto para o Auxílio Brasil em 2023?

Em primeiro lugar, o valor previsto para o Auxílio Brasil em 2023 é de R$ 600. Além disso, poderá ser adicionado um pagamento de R$ 150 para cada criança com até 6 anos nas famílias beneficiadas.

Entretanto, a proposta prevê o investimento de R$ 23 bilhões para além do teto de gastos a cada ano. Ao todo, estima-se que serão gastos cerca de R$ 198 bilhões fora desse limite federal para viabilizar as medidas, pois cerca de R$ 175 bilhões serão utilizados somente para bancar o Bolsa Família.

Em 2023, a previsão do governo eleito é que as regras do Auxílio Brasil, e também o público atendido, seja transferido para os moldes do antigo Bolsa Família. Sendo assim, poderá haver uma adaptação dos critérios de elegibilidade e manutenção dos beneficiários contemplados.

Atualmente, o Governo Federal, dirigido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) está realizando transferências mensais de R$ 600 para os brasileiros inscritos no programa social. Entretanto, a previsão é que essa medida seja encerrada em dezembro deste ano, quando a PEC dos Benefícios, aprovada em julho deste ano, será revogada.

Sobre a PEC da Transição

Com a apresentação no início da última semana de novembro, o projeto da PEC da Transição foi cadastrado no sistema do Congresso Nacional. A tramitação começará oficialmente em breve, pois houve a assinatura mínima de 27 senadores, representando um terço do total na casa.

Assim, o texto será possivelmente votado pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal antes do período das festividades do final do ano. Caso tenha aval positivo, o texto será encaminhado ao plenário antes de ir para a Câmara dos Deputados.

Ao todo, a equipe de transição pretende aprovar as regras até o dia 16 de dezembro, para garantir a inclusão no Orçamento de 2023. Os responsáveis pelo projeto poderão trabalhar para que as mudanças sejam aplicadas ao longo do encerramento do atual governo, dentro dos princípios da constitucionalidade.

Assim, o presidente eleito poderá assumir o cargo em janeiro de 2023 com as ferramentas disponíveis para executar os planos de governo. Apesar dessa apresentação, existem diversas etapas na negociação e tramitação da PEC da Transição no Congresso Nacional.

Sobretudo, a proposta enfrenta oposição de membros de partidos distintos que discordam com as estratégias do próximo governo. Ademais, as próprias instâncias, como as comissões especiais e Câmara dos Deputados, poderão apresentar alterações até que se alcance um consenso.

Mais do que os valores relativos ao Auxílio Brasil em 2023, a expectativa é que a PEC da Transição libere despesas relativas a outras medidas. Entre elas, estão as mudanças previstas para o aumento real do salário mínimo e a recomposição da Farmácia Popular.

Leia também

você pode gostar também

Benefício de R$ 1,2 mil é pago para ESTE grupo de trabalhadores

Uma iniciativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) garante a um grupo específico de trabalhadores um benefício de R$ 1,2 mil em parcela única. Saiba mais sobre o assunto.

Calendário Bolsa Família de Janeiro: veja todas as datas

O valor médio do Bolsa Família atualmente é de R$ 614,21; veja quem vai receber o pagamento nesta quinta-feira.

Aposentadoria INSS: veja quem terá as parcelas ainda nesta semana

Além da aposentadoria, o INSS também paga auxílio-doença e pensão aos segurados; confira o calendário de janeiro a seguir.

Prova de Vida: INSS terá 10 meses para provar que segurado está vivo

Saiu uma portaria que regulamenta os novos procedimentos necessários para realizar a prova de vida do INSS dos segurados.

Extrato da aposentadoria do INSS já pode ser consultado via app

Benefício recebeu reajuste, consequência da alta do salário mínimo, que passou a vigorar no começo de 2023.

Empresa é obrigada a pagar auxílio-creche para mães? Confira as regras

O auxílio-creche permite que mães tenham um lugar para deixar seus filhos enquanto trabalham. Contudo, muitos não sabem se a empresa é obrigada a pagar o auxílio às mulheres.