Nova rodada do abono PIS/Pasep está disponível; saiba consultar pelo CPF

A nova rodada do abono PIS/Pasep faz referência ao lote adicional de pagamentos do abono, oferecido pela Caixa Econômica Federal.

Uma nova rodada do abono PIS/Pasep foi liberada na última segunda-feira (17), configurando um lote adicional de pagamentos do abono salarial. Oferecido pela Caixa Econômica Federal, os valores serão destinados a cerca de 1,1 milhão de trabalhadores, sendo que cada beneficiário pode receber até R$ 1.212, valor que corresponde a um salário mínimo.

Leia também

Com base nas informações da Caixa, tais valores se referem a benefícios antigos, revisados e solicitados na Justiça, ou aqueles que não foram sacados durante calendários já encerrados, ou seja, de 2016 a 2020.

Vale lembrar que a quantia recebida varia com base na quantidade de meses trabalhados pelo beneficiado. Igualmente, é necessário se atentar ao ano-base em questão, que é considerado para o cálculo.

É comum que cada trabalhador receba, em média, R$ 398,99, mesmo que existam parcelas que cheguem ao valor total de um salário mínimo.

Nova rodada do abono PIS/Pasep: valores

Neste sentido, em relação aos meses trabalhados, os funcionários podem receber os seguintes valores do abono:

  • 1 mês: R$ 101;
  • 2 meses: R$ 202;
  • 3 meses: R$ 303;
  • 4 meses: R$ 404;
  • 5 meses: R$ 505;
  • 6 meses: R$ 606;
  • 7 meses: R$ 707;
  • 8 meses: R$ 808;
  • 9 meses: R$ 909;
  • 10 meses: R$ 1.010;
  • 11 meses: R$ 1.111;
  • 12 meses: R$ 1.212.

O abono é enviado de forma automática a todos os trabalhadores que são correntistas da Caixa. Para os demais, o dinheiro é depositado em uma Poupança Social Digital, que pode ser aberta automaticamente pela Caixa. A conta é gratuita e pode ser movimentada pelo aplicativo Caixa Tem.

É importante ter em mente que o total recebido depende de alguns critérios exigidos ao trabalhador. Assim, para receber o abono PIS/Pasep, é preciso cumprir os seguintes requisitos:

  • Ter trabalhado com registro formal por pelo menos 30 dias durante o ano-base;
  • Ter recebido, em média, até dois salários mínimos;
  • Estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
  • Ter seus dados corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Como consultar nova rodada do abono PIS/Pasep pelo CPF

A consulta do abono pode ser feita de várias maneiras por meio do CPF. A mais rápida é por meio do site Meu INSS, plataforma que centraliza outros serviços além do PIS e do tempo de contribuição do trabalhador.

Após acessar o portal, só é preciso fazer o login ou cadastro. Feito o cadastro, com o preenchimento dos dados necessários, o cidadão deve fazer o login novamente. No menu inicial, no canto superior direito, estarão disponíveis o nome do trabalhador, NIT/PIS e CPF.

O abono salarial também pode ser conferido por meio do site da Caixa, fazendo o login e informando o número do CPF.

Já em aplicativos, a consulta do programa pelo CPF é feita pelo app da Carteira de Trabalho Digital, Caixa Trabalhador, Caixa Tem e o próprio app do FGTS.

A conferência da nova rodada ainda está disponível por telefone, no número da Previdência Social (135), informando o CPF. Após selecionar a opção 5, os responsáveis devem confirmar os dados cadastrais e informar o número do PIS. O atendimento ocorre de segunda a sábado, das 7h às 22h.

Sobre o PIS/Pasep

O Programa de Integração Social (PIS) é uma ferramenta criada para auxiliar trabalhadores formais da iniciativa privada. Já o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) é destinado aos servidores públicos. Ambos possuem direito aos valores liberados do abono salarial.

É possível saber se possui ou não direito ao abono por meio do app da Carteira de Trabalho Digital, consultando a opção “Benefícios”, e então “Abono salarial”.

Leia também


você pode gostar também

Aposentados podem se tornar MEIs sem perder o benefício do INSS?

A crise econômica está forçando os aposentados a consultarem a possibilidade de se tornar MEIs sem perder o benefício do INSS, mas existem regras sobre isso na legislação previdenciária.

Auxílio Brasil: veja quem tem prioridade para ser aprovado no programa

Os inscritos no Auxílio Brasil devem aguardar os procedimentos do Ministério da Cidadania para receber os pagamentos, mas existe um público que tem prioridade para ser aprovado no programa.

Auxílio Brasil terá calendário diferente em dezembro; entenda

O Auxílio Brasil é um programa social do Governo Federal que atende as famílias vulneráveis. Confira calendário de dezembro e o valor das parcelas.

Bolada do INSS de até R$ 72,7 mil: saiba consultar se você tem dinheiro a receber

Beneficiários do INSS que ganharam ações podem ter valores a receber. O dinheiro será pago a mais de 100 mil segurados do instituto.

Auxílio Moradia em São Paulo: confira regras e quem tem direito

Confira abaixo detalhes sobre o Auxílio Moradia, programa disponível no estado de São Paulo, e entenda quais famílias podem ter direito ao benefício.

Calendário Saque FGTS 2023: veja todas as datas previstas para ano que vem

O calendário FGTS 2023 vai contar com 12 saques na modalidade aniversário. Essa é optativa e deve ser solicitada até o mês de resgate.