Auxílio Brasil dobrado em outubro? Veja quem pode receber até R$ 1,2 MIL

O valor do programa Auxílio Brasil pode ser aumentado com base em outros benefícios da chamada “cesta-raiz”.

O Auxílio Brasil valerá R$ 600 reais até o final do ano, um aumento de R$ 200 em relação ao valor original, de R$ 400. Contudo, com a adição de outros benefícios complementares, é possível aumentar o valor até R$ 1.220. Famílias com crianças de até três anos, estudantes com bolsa esportiva ou de iniciação científica e grávidas são igualmente contempladas.

Neste sentido, ao juntar todos os programas, caso a família cumpra os requisitos necessários, torna-se possível receber até R$ 1,2 mil. Antes, porém, é essencial entender quais são os auxílios disponíveis.

Programas adicionais ao Auxílio Brasil

De acordo com o Ministério da Cidadania, em adição ao programa de auxílio das famílias brasileiras, existem quatro benefícios da “cesta-raiz”, que aumentam o valor recebido. São eles:

  1. Benefício da Composição Familiar (BCF): são pagos pelo governo R$ 65 mensais a mais por pessoa caso a família tenha gestantes, lactantes e jovens de idade entre três a 21 anos incompletos. No caso das lactantes, são recebidas seis parcelas do benefício, e pessoas entre 18 e 21 anos devem estar matriculadas na escola, ou pelo menos ter concluído a educação básica;
  2. Benefício Primeira Infância (BPI): o BPI consiste em enviar parcelas de R$ 130 a mais por crianças no seio familiar que tenham até três anos incompletos;
  3. Benefício de Superação da Extrema Pobreza (BSP): o valor do BSP é calculado com base no objetivo da renda por pessoa da família superar o valor da linha de extrema pobreza, ou seja, R$ 105 por pessoa. Caso o valor total do Auxílio Brasil dividido pelo número de pessoas da família seja menor que R$ 105, é possível receber um valor a mais. O mínimo pago é de R$ 25;
  4. Benefício Compensatório de Transição (BComp): este benefício é pago às famílias que, durante o Bolsa Família, recebiam um valor maior, diminuído com a transição para o Auxílio Brasil. Com base no Ministério da Cidadania, é considerado o valor total dos benefícios do antigo programa no mês anterior ao fim dele, e o BComp é o montante suficiente para evitar prejuízos financeiros.

Além da cesta-raiz, existem ainda benefícios como a Bolsa de Iniciação Científica Júnior, o Auxílio Esporte Escolar e o Auxílio Inclusão Produtiva Rural.

A Bolsa de Iniciação Científica é paga para estudantes de famílias integradas no Auxílio Brasil que tenham recebido destaque em competições acadêmicas e científicas por todo o território nacional. O valor é de 12 parcelas de R$ 100, mais R$ 1 mil em uma parcela única.

O Auxílio Esporte Escolar é pago aos atletas de escolas com 12 a 17 anos incompletos. Igualmente, o valor é de 12 parcelas de R$ 100, mais R$ 1 mil.

Já o Auxílio Inclusão Produtiva Rural é oferecido às pessoas que moram em zona rural em extrema vulnerabilidade, ou seja, sem condições de investir em pequenas produções. As parcelas mensais são de R$ 200, e só é possível receber uma por família.

Como receber o Auxílio Brasil dobrado

De acordo com o Ministério da Cidadania, é possível receber o valor cheio de todos os benefícios além do Auxílio Brasil, mas é essencial preencher os pré-requisitos. Caso consiga, o valor fica em R$ 1.220 mensais.

Além disso, com a adição do Bolsa Iniciação Científica Júnior e do Auxílio Esporte Escolar, são oferecidos mais R$ 1 mil para a família, bem como as parcelas mensais. Deste modo, será possível receber mais R$ 2 mil no ano.

Leia também

você pode gostar também

Calendário do INSS: aposentadoria é depositada para mais um grupo

Nesta sexta-feira, o INSS também paga o benefício a pensionistas e a trabalhadores que recebem o auxílio-doença; veja o calendário de janeiro.

Como saber quanto vou receber de Abono PIS/Pasep? Saiba calcular

Com a chegada de 2023, muitos trabalhadores passam a aguardar pela liberação dos valores do abono PIS/Pasep. Saber quanto irá receber é essencial para se organizar durante os envios.

Desempregados podem ter acesso a transporte público gratuito

Projeto de Lei está tramitando na Câmara dos Deputados. Caso seja aprovado, população de baixa renda e desempregados podem ter acesso a transporte público gratuito.

CadÚnico dá direito à isenção em concurso público? Entenda as regras

Pagar a taxa de inscrição para participar de concursos públicos pode desestruturar as finanças de muitas pessoas; veja se o cadastro no banco de dados do governo ajuda.

Auxílio Gás terá sua primeira parcela de 2023 em fevereiro; confira o valor

O pagamento do Auxílio Gás, benefício destinado às famílias de baixa renda, ocorre a cada dois meses. A primeira parcela deste ano será paga em fevereiro.

Benefício de R$ 1,2 mil é pago para ESTE grupo de trabalhadores

Uma iniciativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) garante a um grupo específico de trabalhadores um benefício de R$ 1,2 mil em parcela única. Saiba mais sobre o assunto.