Piso da aposentadoria do INSS deve mudar em 2023; veja valor previsto

O governo federal deve reajustar o piso da aposentadoria do INSS de acordo com o mesmo índice de reajuste para o salário mínimo 2023.

Nova estimativa de reajuste sobre o salário mínimo para o próximo ano pode afetar o piso da aposentadoria do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Nesta quinta-feira, 15 de setembro, o Ministério da Economia anunciou mais uma mudança na previsão para o índice de inflação.

Leia também

Como os benefícios da Previdência são baseados no salário mínimo, devem sofrer alteração similar. De acordo com a pasta, o percentual caiu de 7,41% previstos na proposta de Lei Orçamentária Anual (PLOA) 2023 para 6,54%. Essa é a menor previsão vista até agora por meio do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Qual será o novo piso da aposentadoria do INSS?

piso da aposentadoria do INSS, piso do INSS, piso benefícios INSS
Foto: montagem / Pixabay – Canva PRO

As regras da Previdência Social determinam que o menor pagamento feito para os segurados deve equivaler a um salário mínimo. Desse modo, sempre que o piso nacional é atualizado, os repasses para aposentados e pensionistas também são e utilizam o mesmo índice de reajuste.

Atualmente, o salário mínimo vigora no valor de R$ 1.212 e, segundo o Ministério da Economia, pode ter um aumento de 6,54% em 2023. Com isso, o pagamento deve subir para R$ 1.292, sendo este também o possível novo valor do piso da aposentadoria do INSS.

No entanto, é preciso lembrar que a quantia é apenas uma previsão. Ou seja, ainda não é oficial. Isso porque, para fazer a correção, é preciso fechar a inflação de 2022, o que só irá acontecer no final do ano. Dessa forma, tanto o salário mínimo, como o menor benefício da Previdência devem ser confirmados em janeiro de 2023.

Mais previsões feitas em 2022

Antes do novo percentual ter sido divulgado, o Ministério da Economia já havia realizado outras três previsões. Sendo todas elas maiores do que a atual. As outras estimativas para o piso da aposentadoria do INSS em 2023 foram de:

  • 6,77%, alcançando o valor de R$ 1.294;
  • 8,10%, alcançando o valor de R$ 1.3104;
  • 7,41%, alcançando o valor de R$ 1.302 (informado na PLOA).

A partir disso, é possível perceber que o INPC varia e pode mudar novamente até o final de 2022. Por isso, é preciso aguardar o anúncio oficial dos valores para 2023.

Próximo lote da aposentadoria do INSS

Hoje, o Brasil têm cerca de 36 milhões de aposentados, segundo a Previdência Social. Desses, 64% recebem o piso da aposentadoria do INSS. Cerca de 35% têm direito a valores que vão de R$ 1.212,01 a R$ 7 mil, enquanto apenas 1% consegue atingir o teto dos benefícios.

Para o mês de setembro, uma nova rodada de pagamentos será realizada de acordo com o calendário previsto. Esse é definido com base no penúltimo dígito do Número do Benefício (NB), escalonando os segurados. Além disso, está dividido em dois cronogramas, sendo o primeiro para quem recebe até um salário mínimo:

  • Penúltimo dígito do NB 1: 26 de setembro de 2022;
  • Penúltimo dígito do NB 2: 27 de setembro de 2022;
  • Penúltimo dígito do NB 3: 28 de setembro de 2022;
  • Penúltimo dígito do NB 4: 29 de setembro de 2022;
  • Penúltimo dígito do NB 5: 30 de setembro de 2022.
  • Penúltimo dígito do NB 6: 03 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do NB 7: 04 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do NB 8: 05 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do NB 9: 06 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do NB 0: 07 de outubro de 2022.

O segundo calendário do INSS contempla os aposentados que têm direito a qualquer valor acima de R$ 1.212. Para esses, o repasse relativo à setembro será feito nas seguintes datas:

  • Penúltimo dígito do NB 1 ou 6: 03 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do NB 2 ou 7: 04 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do NB 3 ou 8: 05 de outubro de 2022
  • Penúltimo dígito do NB 4 ou 9: 06 de outubro de 2022;
  • Penúltimo dígito do NB 5 ou 0: 07 de outubro de 2022.

O extrato dos pagamentos pode ser obtido pela plataforma Meu INSS.

Leia também


você pode gostar também

Abono PIS/Pasep esquecido soma R$ 569,2 milhões; veja quem pode sacar

Beneficiários têm direito a receber, do abono PIS/Pasep, até R$ 1.212,00. Veja se possui algum valor esquecido.

Consulta do Auxílio Brasil de outubro será feita pelo CPF; saiba como

Mais de 20 milhões de brasileiros podem receber as parcelas em outubro. A consulta do Auxílio Brasil de R$ 600 será feita pelo CPF.

Recebe menos de R$ 1,6 MIL? Você pode ter direito ao salário-família

O salário-família é um direito trabalhista voltado para complementação de renda das pessoas que vivem com menos de R$ 1,6 mil por mês.

Quem tem direito ao FGTS esquecido de 2022? Montante é de R$ 9,2 bilhões

Os trabalhadores que ainda não movimentaram os valores referentes ao Saque Extraordinário têm direito a movimentar o FGTS esquecido até dezembro deste ano.

Casa Verde e Amarela: saiba como fazer simulação e participar do programa

O Casa Verde e Amarela oferece aos brasileiros a possibilidade de realizar uma simulação para conferir as condições de participar do programa habitacional do Governo Federal.

INSS paga benefício de quase R$ 9 MIL; veja quem recebe o adicional

Alguns aposentados do INSS têm direito a adicional sobre os pagamentos mensais e podem chegar a um benefício de quase R$ 9 mil.