Quem tem direito ao auxílio-creche em 2022? Veja como pedir

O auxílio-creche é um benefício previsto na lei que empresas privadas devem pagar para mães que tenham filhos na primeira infância.

Leia também

A Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) reúne uma série de normas a serem cumpridas pelas empresas e seus funcionários, bem como os direitos dos trabalhadores. Entre eles está o pagamento do auxílio-creche, com o objetivo de ajudar mulheres que tenham filhos pequenos.

Leia também

O pagamento desse benefício é uma obrigação das empresas privadas que tenham, entre o seu quadro de pessoal, 30 ou mais mulheres com idade superior a 16 anos. A instituição é obrigada a garantir um espaço para as crianças durante o período de trabalho. Em alguns locais, o auxílio é estendido a homens que sejam pais de acordo com as regras da empresa.

Quem tem direito ao auxílio-creche em 2022?

auxílio-creche
Foto: Reprodução / Pexels

De acordo com a CLT, empresas devem garantir um espaço para trabalhadoras formais, mães de crianças com idade entre 0 e 6 meses, deixarem seus filhos no horário de trabalho. Esse local deve ficar dentro do prédio da empresa, para que as mães possam cuidar e amamentar seus filhos.

Com isso, essas mulheres têm direito a dois intervalos durante a jornada em que estiverem exercendo suas atividades laborais. Cada pausa deve ser de 30 minutos. No entanto, nem todas as instituições conseguem ter uma creche dentro do seu prédio. Sendo assim, o empregador deve pagar o auxílio-creche às suas funcionárias.

A partir disso, essas mães podem procurar alguma creche próxima ao local de trabalho para deixar as crianças. Apesar da faixa etária prevista para os filhos seja de até seis meses de idade, a lei não estabelece um prazo limite que deve ser cumprido.

O repasse deve ser feito, pelo menos, durante o período de amamentação. Contudo, é possível ser estendido até a criança completar seis anos, dando cobertura à toda primeira infância. É importante lembrar que a regra é válida para empresas que tenham, no mínimo, 30 mulheres contratadas com idade superior a 16 anos.

Como solicitar o auxílio-creche

Antes de mais nada, é preciso entender que o valor do auxílio-creche não é definido na CLT. Ou seja, o benefício pode variar conforme o que for decidido por cada empresa dentro de suas políticas internas. Dependendo da situação, podem haver acordos entre empregador e funcionária.

Algumas empresas, inclusive, podem oferecer o benefício para homens. Se você se encaixa em todos os requisitos do programa, poderá solicitar o pagamento diretamente no setor de Recursos Humanos do local onde trabalha. Para isso, é necessário preencher um formulário de requisição contendo as seguintes informações:

  • Nome da funcionária que é mãe;
  • Certidão de nascimento do filho;
  • Horário de permanência na creche;
  • Valor da mensalidade da creche escolhida;
  • CNPJ, endereço e telefone da creche.

No caso de crianças que sejam enteadas, é necessário apresentar certidão de casamento ou união estável com o genitor.

Proposta visa ampliar o auxílio-creche

No dia 31 de agosto deste ano, foi aprovada pelo Senado Federal uma medida provisória (MP) propondo uma mudança nas regras do benefício. Segundo a MP 1.116/2022, amplia a ajuda para as mães de crianças com até seis anos de idade incompletos ou que sejam pessoas com deficiência (PcD).

Sendo assim, o texto aumenta a concessão oficial do auxílio-creche de seis meses para 5 anos e 11 meses. A medida institui o Programa Emprega + Mulheres, que conta com as seguintes normas:

  • Flexibilização do horário de trabalho;
  • Qualificação de mulheres para ascensão profissional;
  • Apoio às mães que estão retornando ao trabalho após a licença-maternidade;
  • Antecipação de férias.

A MP já passou pela Câmara dos Deputados e pelo Senado, tendo recebido parecer favorável nas duas Casas Legislativas. agora, a proposta aguarda decisão presidencial de sanção ou veto.

Leia também

Leia também


você pode gostar também

BPC: qual é o período máximo para análise e concessão de R$ 1,2 MIL?

O período máximo para análise e concessão dos pagamentos mensais do BPC por parte do INSS foi atualizado em junho deste ano, a partir do acordo feito com o STF.

Trabalhou entre 1971 e 1988? Bolada do PIS/Pasep está disponível para saque

De acordo com a Caixa Econômica Federal, a bolada do PIS/Pasep totaliza R$ 24,6 bilhões em recursos destinados para quem trabalhou entre 1971 e 1988.

Saque FGTS é liberado para 18 cidades; valor máximo é de R$ 6,2 MIL

A Caixa vai liberar o saque do FGTS por calamidade nas regiões atingidas por desastres ambientais. Confira os critérios de saque.

Auxilio Brasil é pago para novo grupo; veja calendário completo

Esta é a segunda parcela com o valor mínimo de R$ 600, que vigorará até dezembro, conforme emenda constitucional promulgada em julho pelo Congresso Nacional.

13º salário do INSS: veja calendário da cota única que será paga em 2022

A parcela única do 13º salário do INSS é paga a todos os segurados que, neste ano, receberam o auxílio por motivos específicos.

Auxílio Brasil de R$ 1 mil é realidade; veja quais famílias têm direito

Algumas famílias inscritas no Auxílio Brasil podem receber adicional de R$ 1 mil em pagamento único caso cumpram requisitos específicos.