Haverá pagamento do abono PIS/Pasep 2021 ainda neste ano?

O Governo Federal atrasou o pagamento do abono PIS/Pasep 2021 devido a um remanejamento orçamentário. Entenda mais detalhes.

Geralmente, o pagamento do abono salarial PIS/Pasep para trabalhadores da iniciativa privada e do setor público acontece no segundo semestre do ano posterior ao ano-base de referência. Sendo assim, as transferências do benefício relativas a 2021 deveriam ocorrer entre julho e dezembro deste ano de 2022.

Leia também

Entretanto, o Governo Federal atrasou o pagamento do abono PIS/Pasep 2021 devido a um remanejamento orçamentário. Dessa forma, não há informações oficiais relacionadas ao calendário e cronograma de transferências aos profissionais, mas a expectativa é que aconteça no ano que vem, caso se torne prioridade do Governo Federal.

Apesar disso, existe uma ideia legislativa, publicada no portal e-Cidadania do Senado Federal, que pode antecipar a discussão da pauta. Com mais de 14,6 mil apoios, o texto de autoria do cidadão Charlesson Campos sugere que as transferências sejam feitas ainda neste semestre. Entenda mais a seguir:

Ideia legislativa propõe pagamento ainda em 2022

De acordo com o glossário do Senado Federal, uma ideia legislativa é uma proposição popular que tem autoria de um cidadão brasileiro no portal e-Cidadania. Neste sentido, é uma proposta para criação, modificação ou extinção de uma norma jurídica, com força de cidadania por ser enviada pela população, e não por um político.

Com a publicação no site, a ideia legislativa tem um prazo de quatro meses para obter 20 mil apoios, antes de ser oficialmente excluída. Caso alcance este marco no período determinado, a ideia legislativa se torna uma Sugestão Legislativa, a ser analisada pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado.

No geral, essa comissão especial é responsável pelo atendimento, gerenciamento e resposta às proposições populares. Após revisão e análise, o texto pode seguir para tramitação comum, mas como uma proposta legislativa que será enviada a outras comissões especiais, antes de seguir para a Câmara dos Deputados e para a Presidência.

Neste caso, a ideia legislativa do cidadão Charlesson Campos, residente do Maranhão, estará disponível na íntegra na internet até setembro, quando se cumpre o prazo máximo de quatro meses. No entanto, é uma das propostas mais populares e em discussão atualmente por conta do número de apoios angariados até o momento.

O texto proposto defende que a transferência do abono PIS/Pasep 2021 neste ano de 2022 irá corrigir os atrasos dos calendários e beneficiar os trabalhadores atingidos pela crise econômica.

Além disso, permitirá com que o próximo governo eleito assuma com menos atrasos e riscos na gestão, sem dever aos trabalhadores que aguardam o abono salarial. A ideia legislativa já soma 14,6 mil votos no portal e-Cidadania.

Quais são as informações sobre o abono PIS/Pasep de 2021?

Apesar do abono salarial PIS/Pasep de 2021 não ter um calendário definido, existem algumas regras de elegibilidade que são comuns ao benefício em todos os anos. Sendo assim, para receber o pagamento, os profissionais devem:

  • Ter um período mínimo de atuação e trabalho durante 30 dias, com carteira assinada na empresa;
  • Estar com cadastro regular e atualizado no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
  • Ter sido remunerado mensalmente com uma média de no máximo dois salários mínimos durante o ano-base do abono salarial;
  • Possuir os dados informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais ou pelo eSocial.

Leia também


você pode gostar também

Calendário INSS Setembro: 11 saques ainda serão liberados; veja datas

O calendário do INSS é dividido entre segurados que recebem o valor do piso nacional e aqueles que recebem acima dele.

Abono PIS/Pasep esquecido soma R$ 569,2 milhões; veja quem pode sacar

Beneficiários têm direito a receber, do abono PIS/Pasep, até R$ 1.212,00. Veja se possui algum valor esquecido.

Consulta do Auxílio Brasil de outubro será feita pelo CPF; saiba como

Mais de 20 milhões de brasileiros podem receber as parcelas em outubro. A consulta do Auxílio Brasil de R$ 600 será feita pelo CPF.

Recebe menos de R$ 1,6 MIL? Você pode ter direito ao salário-família

O salário-família é um direito trabalhista voltado para complementação de renda das pessoas que vivem com menos de R$ 1,6 mil por mês.

Quem tem direito ao FGTS esquecido de 2022? Montante é de R$ 9,2 bilhões

Os trabalhadores que ainda não movimentaram os valores referentes ao Saque Extraordinário têm direito a movimentar o FGTS esquecido até dezembro deste ano.

Casa Verde e Amarela: saiba como fazer simulação e participar do programa

O Casa Verde e Amarela oferece aos brasileiros a possibilidade de realizar uma simulação para conferir as condições de participar do programa habitacional do Governo Federal.