Auxílio-inclusão de R$ 606: quem tem direito? Veja as novas regras

O auxílio-inclusão é um benefício assistencial do INSS para os beneficiários inscritos no Benefício de Prestação Continuada que estão retornando ao mercado de trabalho.

O auxílio-inclusão consiste numa medida de incentivo do Governo Federal para beneficiários do Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social (BPC/Loas). Neste sentido, garante o pagamento de um valor mensal extra para os inscritos que estão em processo de retorno ao mercado de trabalho.

Leia também

No geral, a atuação no mercado de trabalho cancela a elegibilidade do BPC/Loas, mas o auxílio-inclusão ajuda nessa transição para que o cidadão não fique sem renda. Portanto, funciona como uma espécie de substituição temporária, mas também possui regras de elegibilidade específicas. Entenda mais a seguir:

Como funciona o auxílio-inclusão?

Para solicitar o auxílio-inclusão, os cidadãos precisam atender às seguintes regras de elegibilidade:

  • Ter recebido ou estar recebendo o Benefício de Prestação Continuada nos últimos 5 anos;
  • Começar uma atividade remunerada, na iniciativa pública ou privada, com remuneração inferior a dois salários mínimos;
  • Possuir renda familiar per capita mensal igual ou inferior a ¼ do salário mínimo no momento do requerimento do auxílio-inclusão
  • Possuir cadastro regular e atualizado no Cadastro Único;
  • Possuir cadastro regular no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF).

Por via de regra, o valor do auxílio-inclusão corresponde a 50% do pagamento do Benefício de Prestação Continuada, o que equivale a metade de um salário mínimo. Sendo assim, segue o valor vigente no território nacional, passando por modificações a cada reajuste.

Os brasileiros podem receber esse benefício enquanto estiverem atendendo os critérios de elegibilidade, de modo que qualquer alteração represente o cancelamento das transferências. No entanto, o benefício é revogado caso o cidadão receba qualquer tipo de aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença ou seguro desemprego.

Portanto, o auxílio-inclusão não é cumulativo com outros benefícios e programas. Além disso, o BPC/Loas é suspenso enquanto há transferência dos valores relativos à reinserção no mercado de trabalho.

Sobretudo, o auxílio-inclusão é um benefício de fomento profissional e estímulo ao trabalho, principalmente às pessoas com deficiência e idosos com mais de 65 anos. Assim como o BPC, este programa é mantido pelo Instituto Nacional do Seguro Social, mas não equivale a uma aposentadoria.

Como solicitar o auxílio-inclusão?

O primeiro passo para a solicitação é entrar no Meu INSS, pelo site ou aplicativo, disponível para Android e iOS. Logo em seguida, clique em “Novo pedido” para abrir uma solicitação, sem esquecer de informar o nome do serviço ou benefício que está sendo requisitado.

Após realizar esse procedimento, basta seguir as instruções e avançar na inscrição. No geral, é preciso informar alguns documentos pessoais, como número do CPF, número de inscrição do beneficiário e também o número social do Cadastro Único.

Para acompanhar o pedido, é possível acompanhar a guia “Consultar Pedidos” dentro da plataforma do Meu INSS. Através do Meu INSS, pode-se consultar detalhes da solicitação e o status do benefício. Comumente, o período máximo de atendimento e análise do INSS para concessão do auxílio-inclusão é de 30 dias úteis.

Leia também


você pode gostar também

Aposentados podem se tornar MEIs sem perder o benefício do INSS?

A crise econômica está forçando os aposentados a consultarem a possibilidade de se tornar MEIs sem perder o benefício do INSS, mas existem regras sobre isso na legislação previdenciária.

Auxílio Brasil: veja quem tem prioridade para ser aprovado no programa

Os inscritos no Auxílio Brasil devem aguardar os procedimentos do Ministério da Cidadania para receber os pagamentos, mas existe um público que tem prioridade para ser aprovado no programa.

Auxílio Brasil terá calendário diferente em dezembro; entenda

O Auxílio Brasil é um programa social do Governo Federal que atende as famílias vulneráveis. Confira calendário de dezembro e o valor das parcelas.

Bolada do INSS de até R$ 72,7 mil: saiba consultar se você tem dinheiro a receber

Beneficiários do INSS que ganharam ações podem ter valores a receber. O dinheiro será pago a mais de 100 mil segurados do instituto.

Auxílio Moradia em São Paulo: confira regras e quem tem direito

Confira abaixo detalhes sobre o Auxílio Moradia, programa disponível no estado de São Paulo, e entenda quais famílias podem ter direito ao benefício.

Calendário Saque FGTS 2023: veja todas as datas previstas para ano que vem

O calendário FGTS 2023 vai contar com 12 saques na modalidade aniversário. Essa é optativa e deve ser solicitada até o mês de resgate.