Auxílio de R$ 2,4 mil do INSS será pago em 2022? Entenda a proposta

O projeto de lei em avaliação nas comissões especiais prevê o pagamento de uma parcela extra do BPC durante todos os anos no mês de dezembro.

O Projeto de Lei número 6394 de 2019, proposto pelo senador Ciro Nogueira (PP-PI), prevê o pagamento do 13º do Benefício de Prestação Continuada, com disponibilização do BPC em dobro no mês de dezembro. Neste sentido, altera a Lei Orgânica da Assistência Social para expandir o pagamento do benefício, de modo que os inscritos recebam dois salários mínimos no final do ano.

Atualmente, a proposta está sendo avaliada por parte das Comissões Especiais responsáveis. Em novembro de 2021, foi enviada para a Comissão de Assuntos Sociais e em junho deste ano seguiu para a relatoria, sob posse do senador Eduardo Gomes.

De acordo com o texto original, a proposta defende o pagamento em dobro no mês de dezembro de todos os anos, como uma forma de tratar os benefícios sociais com seriedade. Ademais, também defende o BPC/Loas como um programa essencial para atender as pessoas com deficiência e idosos no país.

Auxílio de R$ 2,4 mil do INSS: como irá funcionar a medida?

Caso aprovada, a proposta irá funcionar como uma espécie de 13º salário, prevendo o pagamento de duas parcelas do benefício no mês de dezembro. Portanto, os inscritos irão receber R$ 2,4 mil neste mês por parte do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Apesar disso, cabe ressaltar que o Benefício de Prestação Continuada não é uma aposentadoria. Desse modo, não exige contribuição prévia e também não prevê pensão por morte, sendo um pagamento de natureza pessoal, intransferível e vitalício.

Ainda que a medida preveja o pagamento de uma parcela extra, o programa não conta com o 13º salário do INSS. Portanto, não pode ser herdada por dependentes após a morte do beneficiário, e também não conta com outros benefícios previstos para aposentados e pensionistas.

Após avaliação e aprovação do texto nas comissões especiais, a proposta segue para revisão na Câmara dos Deputados. Se não houver alterações, com reenvio do projeto aos autores no Senado Federal, a iniciativa será avaliada pela Presidência da República, onde recebe veto ou sanção.

Mediante a sanção, a proposta é publicada no Diário Oficial da União e promulgada, passando a valer como lei no mesmo dia. Se o Projeto de Lei for implementado, o pagamento será realizado pelo INSS por meio da Caixa Econômica Federal. Independente das alterações, às regras de elegibilidade do benefício seguem inalteradas.

Quais são as regras gerais do BPC?

O Benefício de Prestação Continuada (BPC/Loas) é um programa social assistencial do INSS que prevê o pagamento de um salário mínimo mensal para idosos com mais de 65 anos, mas também pessoas com deficiência de qualquer idade que não consigam sustentar a própria família.

No caso das pessoas com deficiência, é necessário passar por uma avaliação social e médica que comprove a situação. Posteriormente, o laudo emitido pelo profissional do instituto deverá ser apresentado com os outros documentos para solicitação do benefício. No geral, o programa segue algumas regras de elegibilidade, são elas:

  • Ter cadastro regular e atualizado no CadÚnico;
  • Estar na categoria de pessoa idosa com 65 anos, ou mais, ou ser uma pessoa com deficiência em qualquer idade, desde que a condição seja um impeditivo a longo prazo;
  • Ter uma renda familiar per capita menor ou igual a ¼ do salário mínimo vigente em território nacional.

Leia também

você pode gostar também

Consulta do abono PIS/Pasep 2021 será feita pelo CPF; veja como verificar

Para fazer a consulta com CPF, só é possível acessar o site do Meu INSS ou da Caixa. Serviço também está disponível por aplicativos.

Auxílio Gás de R$ 110 ainda terá 9 saques em agosto; veja datas

Cerca de 5,4 milhões de pessoas serão beneficiadas pelo Auxílio Gás de R$ 110 ao longo do mês de agosto. Veja quem.

Auxílio Brasil de R$ 600: nova rodada é liberada hoje; veja quem recebe

Novo grupo deve receber os repasses do Auxílio Brasil de R$ 600 nesta quarta-feira (10/08). Saiba como consultar os pagamentos.

Calendário Auxílio de R$ 710 está em andamento; veja quem recebe o valor

Milhões de brasileiros em situação de vulnerabilidade podem receber o auxílio de R$ 710. Os pagamentos serão feitos entre 09 e 22 de agosto.

Calendário CadÚnico: veja quem deve atualizar cadastro nesta semana

O calendário CadÚnico para quem foi convocado a realizar a averiguação cadastral em 2022 se encerra no dia 12 de agosto.

Abono PIS/Pasep terá novo valor das parcelas em 2023; veja a previsão

Com o reajuste do salário mínimo vigente no país, os pagamentos referentes ao abono salarial dos anos-base 2021 e 2022 poderão ser modificados aos trabalhadores brasileiros.