Abono de R$ 6,2 MIL: segunda parcela será paga em setembro

A segunda parcela do abono de R$ 6,2 mil é para servidores da Educação que atuam nas áreas de ensino e administrativas.

O governo de Sergipe (SE) liberou abono de R$ 6,2 mil para servidores da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc). O repasse foi aprovado em junho pela Assembleia Legislativa do estado e dividido em duas parcelas de R$ 3,1 mil, das quais a primeira foi repassada no final do mês de julho.

A segunda está prevista para ser transferida na folha de pagamento de setembro. De acordo com a Seduc, cerca de 16 mil profissionais devem ser contemplados. A expectativa é de que a medida ajude a injetar em torno de R$ 100 milhões na economia local.

Quem vai receber o abono de R$ 6,2 mil

A pasta informou, que o abono de R$ 6,2 mil é para os trabalhadores que estiveram em exercício no mês de junho de 2022. Isso vale tanto para os lotados em unidades de ensino, como na área administrativa. Sendo assim, estão incluídos:

  • Integrantes do Magistério da Rede Pública Estadual;
  • Servidores efetivos e servidores ocupantes de cargo em comissão;
  • Funcionários contratados por tempo determinado para atender à necessidade temporária de excepcional interesse público;
  • Servidores cedidos de outros órgãos ou entidades para a Seduc visando atender necessidade temporária.

Segundo o governo estadual, o benefício tem caráter excepcional, utilizando recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e da Manutenção e Desenvolvimento do Ensino (MDE).

Reajuste para os servidores da Educação

Além do abono de R$ 6,2 mil, os servidores da Educação também receberão reajuste da gratificação. O grupo contemplado é composto por professores que atuam no interior de Sergipe. O aumento está em torno de 204,5% e inclui todas as faixas de pagamentos, considerando a distância entre moradia e lotação.

Dessa forma, o governo estadual irá elevar as gratificações:

  • De R$ 95,64 para R$ 291,26 no caso de professores que precisam percorrer até 30 km para trabalhar;
  • De R$ 189,38 para R$ 576,70 no caso de professores que precisam percorrer entre 31 km e 50 km para trabalhar;
  • De R$ 284,06 para R$ 865,01 no caso de professores que precisam percorrer entre 51 km e 70 km para trabalhar;
  • De R$ 378,75 para R$ 1.153,36 no caso de professores que precisam percorrer entre 71 km e 90 km para trabalhar;
  • De R$ 473,44 para R$ 1.441,61 no caso de professores que precisam percorrer acima de 90 km para trabalhar.

Leia também

você pode gostar também

Consulta do abono PIS/Pasep 2021 será feita pelo CPF; veja como verificar

Para fazer a consulta com CPF, só é possível acessar o site do Meu INSS ou da Caixa. Serviço também está disponível por aplicativos.

Auxílio Gás de R$ 110 ainda terá 9 saques em agosto; veja datas

Cerca de 5,4 milhões de pessoas serão beneficiadas pelo Auxílio Gás de R$ 110 ao longo do mês de agosto. Veja quem.

Auxílio Brasil de R$ 600: nova rodada é liberada hoje; veja quem recebe

Novo grupo deve receber os repasses do Auxílio Brasil de R$ 600 nesta quarta-feira (10/08). Saiba como consultar os pagamentos.

Calendário Auxílio de R$ 710 está em andamento; veja quem recebe o valor

Milhões de brasileiros em situação de vulnerabilidade podem receber o auxílio de R$ 710. Os pagamentos serão feitos entre 09 e 22 de agosto.

Calendário CadÚnico: veja quem deve atualizar cadastro nesta semana

O calendário CadÚnico para quem foi convocado a realizar a averiguação cadastral em 2022 se encerra no dia 12 de agosto.

Abono PIS/Pasep terá novo valor das parcelas em 2023; veja a previsão

Com o reajuste do salário mínimo vigente no país, os pagamentos referentes ao abono salarial dos anos-base 2021 e 2022 poderão ser modificados aos trabalhadores brasileiros.