Auxílio Brasil de R$ 600 também está garantido em 2023? Veja o que se sabe

A proposta do Auxílio Brasil prevê pagamentos de R$ 600 apenas até o fim de 2022, mas candidatos à presidência querem manter o valor em 2023.

A PEC dos Benefícios, que prevê o pagamento do Auxílio Brasil no valor de R$ 600, foi promulgada pelo Congresso Nacional no dia 14 de julho. O texto define que o valor reajustado será temporário, com possíveis quatro parcelas entre agosto e dezembro de 2022.

Isso significa que os inscritos no programa deverão receber o ticket médio de R$ 400 mais adicional de R$ 200 até o final desse ano. Apesar de parlamentares terem tentado fazer com que os repasses fossem permanentes, a proposta passou com depósitos por tempo determinado.

Segundo a PEC, serão utilizados R$ 41,2 bilhões acima do teto de gastos para arcar com o Auxílio Brasil de R$ 600 e outros benefícios propostos. No entanto, nenhum deles está garantido para o próximo ano dentro do novo formato proposto. Isso, provavelmente, irá depender da próxima gestão.

Auxílio Brasil de R$ 600 pode ser continuado em 2023

Os candidatos à presidência da República já se posicionaram afirmando que pretendem continuar com os R$ 600 do Auxílio Brasil como ticket médio para 2023. “Conversei essa semana com o Paulo Guedes e esse valor será mantido a partir do ano que vem”, afirmou Jair Bolsonaro em convenção do seu partido neste domingo (24/07).

A fala do atual presidente foi dada após seu opositor, Luiz Inácio (Lula), ter dito ao Correio Braziliense que queria os pagamentos mais altos. “O PT queria que o auxílio fosse de 600 reais já em 2020. Bolsonaro que fez uma coisa engraçada: criou uma série de benefícios em período eleitoral que duram até dezembro. Depois disso, vale a palavra do Bolsonaro, que não vale nada”, disse.

Apesar de a PEC dos Benefícios ser reconhecida como eleitoreira, Lula afirmou que o Partido dos Trabalhadores era a favor da ampliação dos pagamentos. Além do Auxílio Brasil de R$ 600, o texto também aumenta o valor do Auxílio Gás. “O PT não vai ser contra. Se essa verba chegar para o povo, o povo tem mais que pegar o dinheiro e depois votar com sua consciência”, afirmou o candidato.

Secretário afirma que o benefício continuará em R$ 400

Nesta segunda-feira (25/07), secretário Especial do Tesouro e do Orçamento do Ministério da Economia, Esteves Colnago, se manifestou sobre o assunto. Segundo ele, a equipe econômica entende que a lei não obriga que o valor médio do programa aumente em 2023, uma vez que a PEC define repasses até dezembro de 2022.

Dessa forma, Colnago explica que o ticket médio deve ser de R$ 400 no Orçamento de 2023. “Hoje, nosso entendimento é que o marco legal não nos traria uma obrigação ou uma necessidade de colocar [o Auxílio Brasil de R$ 600] no PLOA [Projeto de lei Orçamentária Anual] para 2023″, pontuou.

De acordo com o secretário, conseguir manter o novo valor permanentemente seria “um desafio considerável”. Isso porque o aumento do benefício acarretaria na necessidade de adequar o teto de gastos e cortar despesas não obrigatórias pela metade, como afirmou Colnago.

Leia também

você pode gostar também

Casa Verde e Amarela: veja novas condições e como contratar em 2022

As novas regras permitem a inclusão de mais famílias brasileiras, além de facilitar as condições para as construtoras entregarem os projetos.

Saque triplo do FGTS é liberado em 2022; veja quem recebe a bolada

Soma de modalidades permite o saque triplo do FGTS em agosto de 2022. Confira cada uma delas e quem pode sacar.

Consulta do abono PIS/Pasep 2021 será feita pelo CPF; veja como verificar

Para fazer a consulta com CPF, só é possível acessar o site do Meu INSS ou da Caixa. Serviço também está disponível por aplicativos.

Auxílio Gás de R$ 110 ainda terá 9 saques em agosto; veja datas

Cerca de 5,4 milhões de pessoas serão beneficiadas pelo Auxílio Gás de R$ 110 ao longo do mês de agosto. Veja quem.

Auxílio Brasil de R$ 600: nova rodada é liberada hoje; veja quem recebe

Novo grupo deve receber os repasses do Auxílio Brasil de R$ 600 nesta quarta-feira (10/08). Saiba como consultar os pagamentos.

Calendário Auxílio de R$ 710 está em andamento; veja quem recebe o valor

Milhões de brasileiros em situação de vulnerabilidade podem receber o auxílio de R$ 710. Os pagamentos serão feitos entre 09 e 22 de agosto.