Auxílio emergencial retroativo: pais solteiros recebem até R$ 3 mil; entenda

Pagamentos do auxílio emergencial para pais solteiros foi determinado pelo Congresso Nacional. Medida beneficiará milhares de pessoas.

O auxílio emergencial terminou os seus pagamentos ainda no ano de 2021. Entretanto, um grupo de pessoas terá direito a receber novos repasses. No caso, pais solteiros poderão receber até R$ 3 mil do benefício. Entenda o motivo.

Vale lembrar que o auxílio emergencial foi pago durante o momento mais crítico da pandemia, como forma de mitigar os problemas econômicos. Em 2020, foram pagas cinco parcelas de R$ 600 (mães solteiras ganhavam o dobro) e quatro de R$ 300. Em 2021, novos repasses foram feitos, com valores que variavam conforme a situação da pessoa.

Pais solteiros recebem até R$ 3 mil do auxílio emergencial

Quando as cinco primeiras parcelas do auxílio emergencial (ainda em 2020) foram pagas, o público geral recebeu R$ 600. No entanto, mães solteiras tinham direito a receber o dobro. Na época, pais solteiros, nas mesmas condições, foram impedidos de obter o benefício dobrado.

Um ano depois, o Projeto de Lei (PL) 14.171/21 foi proposto no Congresso. Segundo ele, houve uma desigualdade durante os cinco primeiros pagamentos do auxílio emergencial, em relação aos pais solteiros. O texto foi aprovado e determinou que houvesse o reparo financeiro para evitar futuros problemas judiciais para a União.

Assim, ficou determinado que os pais solteiros receberão o dinheiro conforme a quantidade de parcelas de R$ 600 que ganharam ao longo de 2020 do auxílio emergencial:

  • Quem recebeu cinco parcelas de R$ 600 em 2020: pagamento de R$ 3.000;
  • Quem recebeu quatro parcelas de R$ 600 em 2020: pagamento de R$ 2.400;
  • Quem recebeu três parcelas de R$ 600 em 2020: pagamento de R$ 1.800;
  • Quem recebeu duas parcelas de R$ 600 em 2020: pagamento de R$ 1.200;
  • Quem recebeu uma parcela de R$ 600 em 2020: pagamento de R$ 600.

Os repasses serão feitos no Caixa Tem (Android e iOS), da mesma maneira que ocorria durante os pagamentos regulares do auxílio emergencial. É possível consultar os depósitos por meio do site do benefício. Basta informar os dados pessoais.

Leia também

você pode gostar também