Confira 2 benefícios sociais destinados a crianças e adolescentes

Atualmente o Brasil tem quase 19 milhões de crianças e adolescentes vivendo em situação de vulnerabilidade econômica e social.

Os números da pobreza e extrema pobreza no Brasil vêm subindo de forma progressiva a cada ano. De acordo com o estudo “Cenário da Infância e Adolescência no Brasil 2021”, divulgado pela Fundação Abrinq, há 9,1 milhões de crianças e adolescentes, entre 0 a 14 anos, que vivem em situação de extrema pobreza e 9,7 milhões em situação de pobreza.

Os dados apontam que mais 45% de crianças e adolescentes entre 0 e 14 anos vivem em situação de vulnerabilidade econômica e social no país. Essa condição de vida acaba limitando as oportunidades dos jovens, uma vez que compromete o seu desenvolvimento educacional.

Assim, com objetivo de garantir acesso à cultura, lazer e direitos sociais de modo geral, alguns benefícios são direcionados para esse público.

2 benefícios sociais destinados a crianças e adolescentes

Benefício de Prestação Continuada (BPC)

O Benefício de Prestação Continuada garante o pagamento de um salário mínimo mensal para as pessoas com deficiência (PcDs), de qualquer idade, em situação de vulnerabilidade social.

Para receber o BPC, é preciso comprovar os seguintes requisitos:

  • Ter nacionalidade brasileira (nato ou naturalizado) ou nacionalidade portuguesa, desde que possua residência fixa no Brasil;
  • Ter deficiência a partir de qualquer idade;
  • Renda inferior a 1/4 de salário mínimo vigente, por pessoa na família;
  • Ter impedimento de natureza mental, intelectual, física ou sensorial, com alguma dificuldade ou que impossibilite a sua participação efetiva em sociedade, a longo prazo ou por, no mínimo, dois anos.

ID Jovem

A ID Jovem foi lançada com objetivo de garantir acesso à meia-entrada para eventos culturais ou esportivos. O benefício é concedido para adolescentes a partir de 15 anos até adultos de 29 anos, desde que sejam inscritos no CadÚnico e façam parte de família com renda de até dois salários mínimos por mês.

Para solicitar o ID Jovem, será necessário que o interessado cumpra as regras estabelecidas para o benefício social. Baixe o aplicativo da ID Jovem (Android e iOS) e realize o cadastro com suas informações pessoais.

Leia também

você pode gostar também