Alta no salário mínimo altera requisitos para entrar no CadÚnico

Salário mínimo em 2022 será de R$ 1212 e afetará requisitos de entrada no Cadastro Único. Veja as mudanças.

O governo federal determinou que o salário mínimo em 2022 será de R$ 1212. O piso nacional foi reajustado com valor levemente superior ao índice da inflação. Confira como a alta no salário mínimo altera os requisitos do CadÚnico.

Leia também

Vale lembrar que o reajuste do salário mínimo foi de cerca de 10,18%. Além de afetar o CadÚnico, o aumento do piso nacional incide nas aposentadorias, pensões, seguro-desemprego, BPC, abono do PIS/Pasep, entre outros.

Alteração dos requisitos do Cadastro Único

Entre os principais requisitos do Cadastro Único está a renda do beneficiário. Para que a pessoa faça parte do sistema, é necessário que ela esteja dentro do limite proposto pelo governo federal. Com a mudança do salário mínimo, ocorreram alterações. Portanto, veja abaixo os novos requisitos financeiros do CadÚnico:

  • Família com renda per capita de até meio salário mínimo (R$ 606);
  • Família com renda mensal de até três salários mínimos (R$ 3.636);
  • Pessoa com renda superior a três salários mínimos (R$ 3.636), conforme previsto em lei (inclusão em programas sociais).

Todos os demais requisitos e formas de ingresso no Cadastro Único não foram alterados, assim como a forma de ingresso, preferencialmente sendo feita em Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

Programas relacionados ao CadÚnico

Confira quais programas estão relacionados ao Cadastro Único (CadÚnico):

  • Programa Auxílio Brasil (antigo Bolsa Família);
  • Programa Minha Casa, Minha Vida (atual Casa Verde e Amarela);
  • Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI;
  • Programa Brasil Carinhoso;
  • Programa de Cisternas;
  • Tarifa Social de Energia Elétrica;
  • Fomento – Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais;
  • Telefone Popular;
  • Carta Social;
  • Pro Jovem Adolescente;
  • Bolsa Verde – Programa de Apoio à Conservação Ambiental;
  • Carteira do Idoso;
  • Aposentadoria para pessoa de baixa renda;
  • Passe Livre para Pessoas com Deficiência (PcD);
  • Isenção de taxas em concursos públicos (conforme a lei).

Leia também


você pode gostar também

Como fazer para conseguir o BPC de R$ 1,2 mil em 2022? Veja passo a passo

O Benefício de Prestação Continuada de R$ 1,2 mil em 2022 está disponível para as pessoas com 65 anos ou mais e pessoas com deficiência de qualquer idade no país.

Abono PIS/Pasep: quem pode sacar a bolada esquecida de R$ 562 milhões?

Beneficiários têm direito a receber, referente ao abono PIS/Pasep, até R$ 1.212,00. Veja se possui algum valor esquecido.

Auxílio Brasil dobrado em outubro? Veja quem pode receber até R$ 1,2 MIL

O valor do programa Auxílio Brasil pode ser aumentado com base em outros benefícios da chamada “cesta-raiz”.

Valor do PIS atualizado: veja qual é a mais nova previsão do abono 2023

Abono salarial possui como base de pagamento o valor do salário mínimo vigente. Confira as regras e saiba qual é o valor do PIS atualizado.

CNH Social 2023: veja regras e estados que oferecem gratuidade

A CNH Social 2023 é um programa criado pelo governo federal e oferecido pelos estados de forma independente. Sendo assim, as regras podem variar.

Calendário INSS: 8 saques serão liberados nesta semana; veja quem recebe

O calendário INSS terá 8 saques liberados nesta semana, ainda referentes ao mês-base de setembro para os segurados do instituto.