Teto dos benefícios do INSS deve ficar acima de R$ 7 mil em 2022

Aposentados e pensionistas do INSS podem ter benefícios maiores devido a inflação e a uma medida no Congresso.

O Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) ainda não definiu os valores para 2022. Entretanto, com a alta da inflação, já é possível fazer projeções. Portanto, em 2022, espera-se que o teto do INSS passe dos R$ 7 mil.

continua depois da publicidade

A apresentação oficial dos dados para o ano que vem ainda não tem data. É provável que o INSS ainda esteja acertando os últimos detalhes como o Ministério da Economia, principal responsável pela circulação de dinheiro público no país.

Teto do INSS em 2022

Os repasses do INSS seguem o salário mínimo. Por sua vez, o piso nacional é elevado de acordo com a inflação, conforme determina a constituição. Em 2021, com a crise econômica, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que mede a inflação, disparou.

Sendo assim, a Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia possui a previsão de que a alta nos preços chegue a 10,04%. Por isso, o governo já fez sua previsão para o teto do INSS, seguindo justamente o valor do índice da inflação.

continua depois da publicidade

No entanto, o deputado federal Hugo Leal (PSD - RJ) apresentou uma medida que modifica ligeiramente os valores do Projeto de Lei Orçamentária Anual. Nela, a correção dos valores seria de 10,18% (contra 10,04% do governo).

Caso a proposta do deputado seja aprovada, o teto do INSS saltará de R$ 6.433,57 para R$ 7.079,50. Esse seria o primeiro reajuste acima da inflação desde o ano de 2018, ainda no governo Temer.

Ao mesmo tempo a previsão do salário mínimo está em R$ 1.210,00, tendo sido aprovado no Congresso Nacional. Caso a proposta passe, o piso do INSS será de R$ 1.212,00, R$ 2 a mais. Ou seja, o impacto, ao menos na prática, será pequeno para a maioria dos aposentados e pensionistas.

continua depois da publicidade

Compartilhe essa notícia

Leia também

Concursos em sua
cidade