Calendário INSS: benefício é pago para novo grupo de segurados; veja datas

Pagamentos do calendário do INSS seguem o Número de Identificação Social (NIS). Repasses vão até 07 de dezembro.

O calendário do INSS paga benefício para um novo grupo nesta segunda (29/11). Os repasses seguem o dígito final do Número de Identificação Social (NIS). Conforme o cronograma, segurados com o NIS final 4 e que ganham até um salário mínimo (R$ 1.100,00) ganharão o dinheiro.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) conta com dois cronogramas de repasses, sendo um para aposentados e pensionistas com ganhos de até R$ 1.100,00 (um salário mínimo) e o outro é para segurados que recebem mais de um salário mínimo (mais de R$ 1.100,00).

Calendário INSS: pagamentos de até R$ 1.100,00

Veja o cronograma para aposentados e pensionistas do INSS recebem até um salário mínimo (R$ 1.100,00):

  • NIS final 1: 24/11;
  • NIS final 2: 25/11;
  • NIS final 3: 26/11;
  • NIS final 4: 29/11;
  • NIS final 5: 30/11;
  • NIS final 6: 01/12;
  • NIS final 7: 02/12;
  • NIS final 8: 03/12;
  • NIS final 9: 06/12;
  • NIS final 0: 07/12.

Calendário INSS: pagamentos acima de R$ 1.100,00

Por fim, o calendário do INSS para segurados que ganham mais de R$ 1.100,00 (acima de um salário mínimo):

  • NIS finais 1 e 6: 01/12;
  • NIS finais 2 e 7: 02/12;
  • NIS finais 3 e 8: 03/12;
  • NIS finais 4 e 9: 06/12;
  • NIS finais 5 e 0: 07/12.

Como consultar os pagamentos do INSS

De acordo com dados do próprio INSS, 35 milhões de aposentados e pensionistas são segurados do instituto. Essas pessoas vêm sofrendo com problema de solicitações não atendidas. Cerca de 1 milhão de pedidos não foram respondidos. Parte disso se deve ao déficit de 23 mil servidores. Ao mesmo tempo, o INSS prometeu que reduzirá a fila e solicitou um novo concurso ao Ministério da Economia.

Por enquanto, para consultar os pagamentos do INSS, a recomendação é que o interessado utilize o aplicativo Meu INSS (Android e iOS). Após o download, faça seu login e digite a senha. Em seguida, é só ir na opção de consulta. Se não tiver conta, basta criar uma gratuitamente.

Leia também

você pode gostar também