Auxílio Brasil: como fazer cadastro para receber o novo Bolsa Família?

O Auxílio Brasil começa no dia 17 de novembro de 2021. Milhões de brasileiros serão beneficiados pelo novo programa de renda.

O novo Bolsa Família, denominado de Auxílio Brasil, já tem data para começar os pagamentos. A previsão é que os repasses sejam realizados a partir do dia 17 de novembro. Portanto, saiba como fazer cadastro para receber o novo Bolsa Família.

continua depois da publicidade

O Auxílio Brasil foi anunciado no mês de outubro pelo ministro da Cidadania, João Roma. O novo programa terá repasses de aproximadamente 20% a mais do que o Bolsa Família. Além disso, parcelas extras podem ser pagas para se chegar aos R$ 400 prometidos.

Recentemente, o presidente Jair Bolsonaro publicou decreto autorizando nove benefícios dentro do Auxílio Brasil.

Auxílio Brasil: como fazer o cadastro

De acordo com o governo federal, as pessoas que faziam parte do Bolsa Família serão inscritas de forma automática no Auxílio Brasil. Ou seja, não será necessário pedir para ser registrado no novo programa.

O governo também informou que pessoas em situação de situação de pobreza ou extrema pobreza, inscritas no Cadastro Único (CadÚnico), receberão o dinheiro do programa. O registro também será automático.

Portanto, a recomendação é que o interessado que não faz parte do Bolsa Família se registre no Cadastro Único para depois ser incluído no Auxílio Brasil. Veja quem pode:

  • Pessoa membro de família com renda mensal per capita de até meio salário mínimo;
  • Membro de família com renda mensal familiar total de até três salários mínimos;
  • Quem mora sozinho;
  • Quem tenha, na família, pessoas em situação de rua.

Como se registrar no Auxílio Brasil via CadÚnico

Como informado, o registro no Auxílio Brasil é automático. No entanto, é preciso que a pessoa faça parte do CadÚnico. Sendo assim, o interessado deve ir até o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do seu município com seu CPF ou Título de Eleitor em mãos.

Também é necessário levar um dos documentos abaixo para cada pessoa da família:

  • CPF;
  • RG;
  • Certidão de Nascimento;
  • Certidão de Casamento;
  • Carteira de Trabalho;
  • Título de Eleitor
  • Registro Administrativo de Nascimento Indígena (Rani), somente para indígenas.

Um servidor local fará uma entrevista e recolherá os documentos. Caso a pessoa cumpra os requisitos, ela será registrada no CadÚnico. Depois, o próprio governo se encarregará de incluir o beneficiário no Auxílio Brasil, conforme as regras do programa.

Dúvidas podem ser tiradas no número 0800 707 2003, de forma gratuita. O telefone é do atendimento da Caixa, responsável pelos pagamentos de programas sociais do governo.

Leia também

Concursos em sua
cidade